Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


São Sebastião do Rio de Janeiro
Archidiœcesis Sancti Sebastiani Fluminis Ianuarii
Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro
Localização
País  Brasil
Dioceses Sufragâneas Diocese de Barra do Piraí-Volta Redonda
Diocese de Duque de Caxias
Diocese de Itaguaí
Diocese de Nova Iguaçu
Diocese de Valença
Estatísticas
Área 1,721 km²
Informação
Rito Latino
Criação da Diocese 19 de julho de 1575
Elevação a Arquidiocese 27 de abril de 1892
Padroeiro São Sebastião
Governo da Arquidiocese
Arcebispo Orani João Tempesta
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana (Leste 1)
Contatos
Endereço Rua Benjamin Constant, 23/502
Página Oficial http://arqrio.org/

A Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (Archidioecesis Sancti Sebastiani Fluminis Ianuarii) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica no Brasil. É a Sé Metropolitana da Província Eclesiástica de São Sebastião do Rio de Janeiro. Pertence ao Conselho Episcopal Regional Leste I da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Em 1565, quando a cidade do Rio de Janeiro foi fundada por Estácio de Sá, o território era de jurisdição espiritual da Bahia. Dez anos depois, em 19 de julho de 1575, o Papa Gregório XIII, por meio da bula In supereminenti militantis Ecclesiae, criou a Prelazia de São Sebastião do Rio de Janeiro, continuando sob a administração do então Bispado de São Salvador da Bahia. O território da nova prelazia estendia-se desde a Capitania de Porto Seguro, até o Rio da Prata.

Já em 16 de novembro de 1676, o Papa Inocêncio XI elevou a prelazia à categoria de Diocese, com a bula Romani Pontificis pastoralis sollicitudo, sendo sufragânea da Sede Metropolitana da Bahia, criada na mesma data, também sendo a ela subordinada a nova Diocese de Olinda. Ao longo da História do Brasil, da Diocese do Rio de Janeiro foram desmembradas 131 arquidioceses, dioceses e prelazias.

O Papa Leão XIII elevou a diocese à categoria de Arquidiocese e Sé Metropolitana por meio da bula Ad universas orbis Ecclesias de 27 de abril de 1892, sendo desta forma reorganizada a hierarquia eclesiástica brasileira, agora com 2 sedes metropolitanas: Bahia e Rio de Janeiro.

São Pio X, no Consistório de 1905, criou o primeiro cardeal do Brasil e de toda a América Latina, Dom Joaquim Arcoverde de Albuquerque Cavalcanti. A partir desta data, os arcebispos do Rio de Janeiro passaram a receber o chapéu cardinalício.

A Arquidiocese do Rio de Janeiro tem como padroeiro principal o mártir São Sebastião, que deu nome à cidade, e como padroeira secundária Santa Ana.

Demografia e paróquias[editar | editar código-fonte]

Arquidiocese do rio.svg

Em 2004 a arquidiocese contava com uma população aproximada de 5.857.895 habitantes, com 60,7 % de católicos. O território da diocese é de 1.721 km.2, organizado em 246 paróquias.

Atualmente a Arquidiocese tem sua organização principal gerada nos Vicariatos, todos unidos ao governo do Arcebispo. Os Vicariatos são os seguintes: Vicariato Episcopal Jacarepaguá, Vicariato Episcopal Leopoldina, Vicariato Episcopal Norte, Vicariato Episcopal Oeste, Vicariato Episcopal Sul, Vicariato Episcopal Suburbano, Vicariato Episcopal Urbano, Vicariato da Comunicação Social, Vicariato dos Bens Temporais e Vicariato da Caridade Social.

A Arquidiocese tem 4 Basílicas Menores: Basílica Menor da Imaculada Conceição, Basílica Menor de Nossa Senhora de Lourdes, Basílica Menor de Santa Teresinha do Menino Jesus e a Basílica Menor do Imaculado Coração de Maria.

Quatro Santuários, sendo destes, dois, arquidiocesanos: Santuário Arquidiocesano de Nossa Senhora das Graças da Medalha Milagrosa, Santuário Arquidiocesano do Cristo Redentor do Corcovado, Santuário de Nossa Senhora de Loreto e o Santuário de Nossa Senhora da Penha.

Prelados, bispos e arcebispos[editar | editar código-fonte]

Arcebispos
Nome Período Notas
Dom José Pereira da Silva Barros 1892 — 1893
Dom João Fernando Santiago Esberard 1893 — 1897
Dom Joaquim Cardeal Arcoverde de Albuquerque Cavalcanti 1897 — 1930 Primeiro cardeal do Brasil.
Dom Sebastião Leme Cardeal da Silveira Cintra 1930 — 1942
Dom Sebastião Leme da Silveira Cintra 1921 — 1930 Arcebispo coadjutor.
Dom Jaime Cardeal de Barros Câmara 1943 — 1971
Dom Eugênio Cardeal de Araújo Sales 1971 — 2001 Falecido
Dom Eusébio Oscar Cardeal Scheid, SCJ 2001 — 2009 Arcebispo Emérito
Dom Orani João Cardeal Tempesta, O.Cist. 2009 Atual
Bispos
Dom Roque Costa Souza 2012 Atual Bispo auxiliar.
Dom Luiz Henrique da Silva Brito 2012 Atual Bispo auxiliar.
Dom Pedro Cunha Cruz 2010 Atual Bispo auxiliar.
Dom Nelson Francelino Ferreira 2010 Nomeado Bispo da Diocese de Valença
Dom Paulo César Costa 2010 Atual Bispo auxiliar.
Dom Edson de Castro Homem 2005 Atual Bispo auxiliar.
Dom Antônio Augusto Dias Duarte 2005 Atual Bispo auxiliar.
Dom Dimas Lara Barbosa 2003 — 2011 Nomeado Arcebispo da Arquidiocese de Campo Grande
Dom Assis Lopes 2003 — 2011 Bispo Auxiliar Emérito.
Dom Edney Gouvêa Mattoso 2005 — 2010 Nomeado Bispo da Diocese de Nova Friburgo
Dom Wilson Tadeu Jönck, SCJ 2003 — 2010 Nomeado Bispo da Diocese de Tubarão, atual Arcebispo da Arquidiocese de Florianópolis.
Dom Filippo Santoro 1996 — 2004 Nomeado Bispo Diocese de Petrópolis, atual Bispo de Taranto (Itália)
Dom Augusto José Zini Filho 1994 — 2003 Nomeado Bispo da Diocese de Limeira
Dom Rafael Llano Cifuentes 1990— 2004 Bispo Emérito da Diocese de Nova Friburgo.
Dom Narbal da Costa Stencel 1987 — 2002 Bispo auxiliar.
Dom José Carlos de Lima Vaz, SJ 1986 — 1995 Bispo Emérito da Diocese de Petrópolis.
Dom João d'Ávila Moreira Lima 1982 — 2002 Bispo auxiliar.
Dom José Palmeira Lessa 1982 — 1987 Nomeado Arcebispo da Arquidiocese de Aracaju.
Dom Romeu Brigenti 1979 — 2001 Bispo auxiliar.
Dom Affonso Felippe Gregory 1979 — 1987 Bispo auxiliar.
Dom Celso José Pinto da Silva 1978 — 1981 Bispo auxiliar.
Dom Karl Josef Romer 1975 — 2002 Bispo Auxiliar Emérito.
Dom Carlos Alberto Etchandy Gimeno Navarro 1975 — 1981 Faleceu como Arcebispo da Arquidiocese de Niterói
Dom Eduardo Koaik 1973 — 1979 Bispo Emérito da Diocese de Piracicaba.
Dom Mário Teixeira Gurgel, SDS 1967 — 1971 Bispo auxiliar.
Dom Alberto Trevisan, SAC 1966 — 1973 Bispo auxiliar.
Dom José Alberto Lopes de Castro Pinto 1964 — 1976 Bispo auxiliar.
Dom Waldyr Calheiros Novaes 1964— 1966 Bispo auxiliar.
Dom José Gonçalves Costa, CSSR 1962 — 1969 Bispo auxiliar.
Dom Cândido Rubens Padín, OSB 1962 — 1966 Bispo auxiliar.
Dom Francis Mansour Zayek 1962 — 1966 Bispo auxiliar.
Dom Honorato Piazera, SCJ 1959 — 1961 Bispo auxiliar.
Dom Wilson Laus Schmidt 1957 — 1962 Bispo auxiliar.
Dom Othon Motta 1955 — 1959 Bispo auxiliar.
Dom José Vicente Távora 1954 — 1957 Bispo auxiliar.
Dom Hélder Pessoa Câmara 1952 — 1964 Bispo auxiliar.
Dom Rosalvo Costa Rego 1946— 1954 Bispo auxiliar.
Dom Jorge Marcos de Oliveira 1946 — 1954 Bispo auxiliar. Nomeado bispo da Diocese de Santo André.
Dom Sebastião Leme da Silveira Cintra 1911 — 1916 Bispo auxiliar.
Dom Joaquim Silvério de Sousa 1909 — 1910 Bispo auxiliar. 11º Dom José Pereira da Silva Barros 1891 — 1892]]
10º Dom Pedro Maria de Lacerda 1868 — 1890
Dom Pedro de Santa Mariana e Sousa, OCD 1841 — 1864 Bispo auxiliar.
Dom Manuel do Monte Rodrigues de Araújo 1839 — 1863
Dom José Caetano da Silva Coutinho 1807 — 1833
Dom José Joaquim Justiniano Mascarenhas Castelo Branco 1773 — 1805
Dom Vicente da Gamal Leão 1756 — 1773 Bispo coadjutor.
Dom Frei Antônio do Desterro Malheiro, OSB 1745 — 1773 chamado Dom Frei Antônio do Desterro
Dom Frei João da Cruz Salgado de Castilho, OCD 1739 — 1745 chamado Dom Frei João da Cruz.
Dom Frei Antônio de Guadalupe, OFM 1723 — 1739
Dom Frei Francisco de São Jerônimo de Andrade, CSJ 1700 — 1721
Dom José de Barros Alarcão 1680 — 1700
Dom Frei Manuel Pereira, OP 1676 Sem tomar posse até 1680
Prelados
Padre Bartolomeu Simões Pereira 1577 — 1597
Padre João da Costa -
Padre Bartolomeu Lagarto - Não tomou posse.
Padre Mateus da Costa Aborim 1606 — 1629
Dom Máximo Pereira, OSB 1629
Padre Lourenço de Mendonça 1631 — 1637
Padre Antônio de Marins Loureiro 1643
Padre Manuel de Sousa e Almada 1661 — 1670
Padre Francisco da Silveira Dias 1671 — 1681 Prelado e Administrador Apostólico.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Small Mitre.svg Circunscrições eclesiásticas católicas do Brasil — Regional Leste I
(Rio de Janeiro)
Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg

Província Eclesiástica de São Sebastião do Rio de Janeiro
Barra do Piraí - Volta Redonda | Valença | Itaguaí | Nova Iguaçu | Duque de Caxias

Província Eclesiástica de Niterói
Nova Friburgo | Campos | Petrópolis