Beats Electronics

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Beats By Dr. Dre)
Ir para: navegação, pesquisa
Beats By Dr.Dre
Beats Electronics logo.svg
Slogan People aren't hearing all the music.

As pessoas não estão ouvindo toda a música.

Tipo Capital Aberto
Fundação Califórnia (2006)
Sede Santa Monica,Califórnia  Estados Unidos
Pessoas-chave Dr.Dre: Fundador

Jimmy Lovine: CEO e cofundador

Luke Wood: Presidente

Scott Henry: Chefe Financeiro e Vice-presidente

Matthew Frederick:Vice-presidente

Empregados 300
Produtos Headphones, Equipamentos de Áudio
Faturamento Aumento $ 1,5 bilhões (2013)[1]
Página oficial beatsbydre.com

pt.beatsbydre.com

Beats By Dr. Dre ou Beats Electronics é uma empresa americana de headphones e equipamentos de áudio situada em Santa Monica, Califórnia. A companhia foi fundada pelo famoso rapper Dr. Dre, junto a Interscope-Geffen-A&M, comandada por Jimmy Iovine. No começo foram licenciados várias tecnologias de áudios para serem empregadas nos produtos da empresa, e sendo adquirido em 2012 o site de streaming MOG para a entrada no mercado musical online.

Entre 2009 e 2012 os produtos eram fabricados pela empresa Monster Cable, mas com a expiração do contrato, a Beats Electronics passou a fabricar seus próprios produtos. Em 2014 a Apple anunciou que adquiriu a Beats por 3 bilhões de dólares.

História[editar | editar código-fonte]

A empresa foi fundada em 2006 e lançou seu primeiro produto em 2008,os auscultadores Beats By Dr. Dre Studio. A Monster Cable conseguiu um contrato de 5 anos para que os headphones da Beats By Dr. Dre fossem fabricados e desenvolvidos por ela. Para promover os produtos, cantores de Pop e Hip-hop americanos foram contratados. Assim começou a propaganda dos produtos em videoclipes musicais.[2] [3] [4]

Em agosto de 2011, a fabricante de celulares e smartphones HTC adquiriu uma participação de 50,1% da Beats por 309 milhões de dólares.[5] A compra foi feita para que a companhia pudesse concorrer com outras fabricantes e incorporar as tecnologias Beats By Dre em seus aparelhos.[6] Apesar disso, a HTC permitiu que a empresa continuasse a operar como uma empresa autônoma.[6]

Em 12 de Janeiro de 2012, a BusinessWeek informou que a Beats e a Monster não haviam renovado contrato e iriam acabar a parceria até o final de 2012. Como resultado, a Beats começou a fabricar seus próprios produtos, e teve como objetivo dobrar o quadro de funcionários para 300. A Monster também passou a fabricar seus próprios fones de ouvidos competindo indiretamente com a empresa do Dr. Dre. Seus produtos são voltados para um publico mais velho.[2] Em outubro de 2012, a Beats revelou seus dois primeiros produtos após o rompimento com a Monster , lovine acreditava que a empresa teria mais autocontrole sobre seu próprio destino. Ele comentou: "Some of our competitors are cheap engineers who have never been to a recording studio. You can't just stick someone's name on a headphone that doesn't know anything about sound" ou em tradução livre: "Alguns de nossos concorrentes são engenheiros baratos que nunca estiveram em um estúdio de gravação. Você não pode colocar o nome de alguém que não sabe nada sobre musica em um fone".[2] [7] [8]

HTC vende sua parte[editar | editar código-fonte]

Em Julho de 2012, a HTC vendeu metade de sua parte por U$150 milhões, mas manteve-se como a maior acionista, com 25,1%.[9] [5] .Em Agosto de 2013, surgiram boatos de que os fundadores da Beats planejavam comprar a parte que ainda estava com a HTC para irem em busca de um novo parceiro[10] [11] . No dia 27 de Setembro de 2013, a HTC confirmou que venderia sua parte até o final do ano, enquanto ao mesmo tempo o Grupo Carlyle faria um investimento minoritário na empresa de Dr. Dre e lovine.[12]

Aquisição pela Apple[editar | editar código-fonte]

Em 8 de maio de 2014, surge boatos sobre a compra da Beats pela Apple Inc. pelo valor de US$ 3,2 bilhões, a aquisição envolveria o serviço de streaming Beats Music e a divisão que fabrica fones de ouvido e alto-falantes[13] [14] . No dia 28 de maio de 2014, a Apple confirmou a compra da Beats por US$3 bilhões através de uma nota em seu site.[15]

No dia 28 de maio de 2014, foi feito o anúncio oficialmente pela Apple, a aquisição da Beats Electronics por US$ 3 bilhões (cerca de R$ 6,7 bilhões).. No comunicado oficial, a Apple afirma que a negociação inclui uma oferta de compra de cerca de US$ 2,6 bilhões à vista e aproximadamente US$ 400 milhões que serão pagos ao longo do tempo com ações.[16]

Com isso, os headphones da Beats só poderão ser usados pela HP até maio de 2015, pois, serão fabricados apenas para ser utilizados em iOS. Um dia após o anúncio, foi lançado o Solo².[17]

Produtos[editar | editar código-fonte]

Áudio Pessoal[editar | editar código-fonte]

Beats By Dre Studio

Inicialmente, os primeiros produtos eram chamados apenas de Beats By Dr.Dre Headphones, no qual o slogan afirmava que com os produtos era possível ouvir a verdadeira música, ouvir o que artista ouve e ouvir a música da maneira correta:da forma que ela é feita[18] [19] [20] .Em outubro de 2012, foram lançados os primeiros produtos frutos do rompimento com a Monster: O Beats Executive, com sistema de cancelamento de ruídos e o Beats By Dre Pill alto-falante portátil.[2] A lista atualmente é Beats Studio Beats Pro Beats Studio 2013 Beats Solo Beats Solo HD Beats Solo2 Beats Solo Wireless Beats Studio Wireless Beats Studio 2013 Beats Executive Power Beats IBeats UrBeats HeartBeats (edição especial Lady Gaga) JustBeats (edição especial Justin Bieber) Beats Pro Detox (edição especial Dr.Dre) Beats Pro Weezy (edição especial Lil Wayne) BeatBox BeatBox Portable Beats Pill Beats Pill XL

Som Automotivo[editar | editar código-fonte]

Em 2011,um contrato entre a Chrysler e a Beats, permitiu que a tecnologia de áudio da empresa de Dr.Dre fosse implementado nos carros fabricados pela Chrysler. O primeiro veiculo no âmbito dessa parceria foi o 2012 Chrysler 300S, um carro de luxo, que veio incluso com 10 alto-falantes Beats.[11] [21]

Áudio Beats[editar | editar código-fonte]

A empresa passou a licenciar a tecnologia Beats e o nome da marca para outras fabricantes. Entre elas está a HP, que passou a implementar essas tecnologias nos computadores pessoais fabricados por ela[22] .Originalmente reservado para a linha premium de laptops Envy, o sistema já está incluso em praticamente todos os produtos fabricadas atualmente.

A HTC ao adquirir ações da companhia passou a implementar essas mesmas tecnologias em seus smartphones, sendo os primeiros: HTC Sensation XE / XL e logo depois a linha HTC One.[23] [24] [25]

Referências

  1. http://www.nytimes.com/2014/01/12/arts/music/beats-music-enters-online-streaming-market.html?_r=0
  2. a b c d Cliff Edwards. "Beats Electronics Is Breaking Up with Monster", 12 de Janeiro de 2012. Página visitada em 24 de Dezembro de 2013.
  3. From Lemmy to Snooki, celebs are desperate to sell you headphones BBC. Visitado em 27 de Agosto de 2013.
  4. How Dr. Dre Made $300 Headphones a Must-Have Accessory Time. Visitado em 24 de Dezembro de 2013.
  5. a b After HTC Sale, Dr. Dre and Jimmy Iovine Gain Control of Beats Headphones Media Decoder The New York Times. Visitado em 24 de Dezembro de 2012.
  6. a b Sandoval, Greg. HTC to acquire majority stake in Dr. Dre's Beats CNET. Visitado em 24 de Dezembro de 2013.
  7. Jimmy Iovine on Beats by Dre Parting With Monster: 'We Have to Control Our Own Destiny' Billboard. Visitado em 24 de Dezembro de 2013.
  8. Beats By Dre Debuts First Post-Monster Cable Products Billboard. Visitado em 24 de Dezembro de 2013.
  9. Jonathan Standing & Clare Jim. "HTC Just Sold Back Half Of Its Holdings In Beats Electronics", 24 de Julho de 2012. Página visitada em 24 de Dezembro de 2012.
  10. Dr Dre's Beats to pull plug on HTC in favour of new business partner The Guardian. Visitado em 24 de Dezembro de 2013.
  11. a b Straight Outta HTC: Beats Audio May Have a New Solo Project Bloomberg Businessweek. Visitado em 24 de Dezembro de 2013.
  12. Yu-Huay Sun. "HTC to Sell Back Stake in Beats Electronics for $265 Million", 27 de Setembro de 2013. Página visitada em 24 de Dezembro de 2013.
  13. http://www.tecmundo.com.br/apple/54406-apple-esta-comprando-a-beats-por-us-3-2-bilhoes.htm
  14. http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2014/05/apple-esta-perto-de-comprar-beats-por-us-32-bilhoes-diz-fonte.html
  15. http://www.apple.com/pr/library/2014/05/28Apple-to-Acquire-Beats-Music-Beats-Electronics.html
  16. http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2014/05/apple-compra-fabricante-de-fones-beats-por-us-3-bilhoes.html
  17. http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2014/05/beats-anuncia-o-headphone-solo2-um-dia-apos-compra-pela-apple.html
  18. Are Beats by Dr. Dre headphones worth the money? Consumer Reports. Visitado em 29 November 2013.
  19. How Beats by Dre knocked out better headphones The Age. Visitado em 24 de Dezembro de 2013.
  20. Evans, Joel. Review: Beats by Dr. Dre headphones Geek.com. Visitado em 24 de Dezembro de 2013.
  21. Meet The Boss Behind Chrysler's Image Makeover; He Is French Forbes. Visitado em 24 de Dezembro de 2013.
  22. HP Envy 14: Plenty of Power in a Stylish Package PC World. Visitado em 24 de Dezembro de 2013.
  23. Amar Toor (September 14, 2011). HTC Sensation XE gets official, packing 1.5GHz dual-core CPU and Beats Audio Engadget. Visitado em 24 de Dezembro de 2013.
  24. Segan, Sascha (26 de Fevereiro de 2012). Hands On With the HTC One X, S, and One V PC Magazine. Visitado em 24 de Dezembro de 2013.
  25. Velazco, Chris (19 de Setembro de 2012). HTC Officially Reveals The 8X: 4.3-Inch 720p Display, 1.5GHz Dual-Core Processor, Beats Audio TechCrunch. Visitado em 24 de Fevereiro de 2013.


Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.