Steve Wozniak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde janeiro de 2013). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Steve Wozniak
Informática, engenharia eletrônica
Dados gerais
Nome de nascimento Stephen Gary Wozniak
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Nascimento 11 de agosto de 1950 (64 anos)
Local São José, Califórnia
 Estados Unidos
Cônjuge Alice Robertson (m. 1976–1980), Candice Clark (m. 1981–1987), Suzanne Mulkern (m. 1990–2004), Janet Hill (m. 2008–atualidade)
Atividade
Campo(s) Informática, engenharia eletrônica
Alma mater Universidade da Califórnia em Berkeley
Conhecido(a) por Fundação da Apple Inc.
Prêmio(s) Prêmio Grace Murray Hopper (1979), Medalha Nacional de Tecnologia e Inovação (1985), National Inventors Hall of Fame (2000)
Notas Página pessoal

Stephen Gary Wozniak, conhecido como Steve Wozniak (São José, 11 de agosto de 1950), é um engenheiro eletricista e cientista da computação, co-fundador da Apple, Inc., junto com Steve Jobs. Foi pioneiro na iniciativa de colocar computadores disponíveis para o consumidor comum. A engenhosidade de Stephen Wozniak, sua persistência e criatividade permitiu-lhe iniciar a revolução do computador pessoal.

Inspiração e seus primeiros passos[editar | editar código-fonte]

As primeiras inspirações de Wozniak vieram de seu pai, que foi um engenheiro da Lockheed, e de um personagem de ficção literário: Tom Swift. Seu pai contaminou-o com a fascinação por eletrónica e frequentemente participava das criações do jovem Woz. Tom Swift, por outro lado, foi para Woz um exemplo da liberdade de criação, conhecimento científico e da habilidade de encontrar soluções para problemas. Tom Swift ainda iria ilustrar os grandes prêmios que o inventor receberia. Hoje, Wozniak retorna aos livros de Tom Swift e os lê para crianças como uma forma de inspiração.

Os valores de Woz foram moldados durante anos pela sua família: filosofia cristã, ética de radioamadores (ajudando pessoas em emergências), livros (a atitude utilitária e humanitária) e outros.

Como um último impulso para sua vida, Wozniak adorava todos os projetos que requeriam grande esforço mental. Ele aprendeu as bases da matemática e da eletrônica com seu pai. Quando Woz tinha 11 anos, construiu a sua própria estação de radioamador, e obteve uma licença de radioamador. Aos 13 anos, foi eleito presidente do clube de eletrónica de sua escola, e ganhou o primeiro prémio em uma feira de ciências por uma calculadora baseada em transístores.Ainda aos 13 anos, construiu seu primeiro computador que foi a base técnica para o seu sucesso posterior.

Juntamente com John Draper, construiu Blue Boxes (caixas azuis), dispositivos com os quais era possível burlar o sistema telefônico da AT&T ao emular pulsos (veja phreaking). Com Steve Jobs, que ele conheceu trabalhando como um empregado de verão na HP, ele vendia estas caixas.

O começo da Apple[editar | editar código-fonte]

Em 1975, Woz deixou a Universidade da Califórnia e construiu um computador que eventualmente se tornaria bem sucedido em todo o seu país. Entretanto, ele estava intensamente envolvido no trabalho do Homebrew Computer Club em Palo Alto, um grupo local de hobistas de eletrônica. Seu projeto não tinha ambições maiores.

No clube de Palo Alto ele encontrou Steve Jobs. Jobs, cinco anos mais novo que Woz, tinha saído do Reed College em 1972. Jobs e Wozniak concluíram que um computador completamente montado e barato estava a caminho. Eles venderam alguns de seus bens (e.g. a calculadora científica da HP de Woz e a mini-van Volkswagen de Jobs), obtendo US$1.300, e montaram o primeiro protótipo na garagem de Jobs. O primeiro computador era inexpressivo para os padrões de hoje, mas em 1975 ele era uma surpreendente invenção. Na simplicidade do uso ele estava anos à frente do Altair, que começou a ser comercializado no início de 1975. O Altair não tinha monitor e nem memória interna. Ele recebia comandos através de um conjunto de chaves e um programa simples necessitava de milhares de ligações sem um erro para funcionar. A saída do Altair era apresentada na forma de luzes que piscavam. O Altair era ótimo para verdadeiros geeks, mas ele não era utilizável por um grande público. Ele vinha em um kit para montagem. O computador de Woz, por outro lado, denominado Apple I, era uma unidade totalmente montada e funcional que continha um microprocessador de US$ 25 e uma única placa de circuito impresso com memória ROM. Em 1 de abril de 1976, Jobs e Wozniak formaram a Apple Computer, Inc.. Wozniak deixou seu trabalho na Hewlett-Packard e tornou-se vice-presidente com a responsabilidade de pesquisa e desenvolvimento na Apple. O Apple I custava US$ 666,66 (Wozniak disse mais tarde que o valor não tinha relação com o número da besta, e o atribuiu porque gostava de números repetidos.). Jobs e Wozniak venderam os primeiros 25 computadores a um comprador local.

Wozniak pode então se concentrar o tempo todo em melhorar e consertar as deficiências do Apple I e adicionar novas funcionalidades. O Apple I levou à companhia perto de um milhão de dólares. Seu novo projeto era manter as mais importantes características: simplicidade e usabilidade. Woz introduziu um monitor de alta resolução gráfica no Apple II. Seu computador passou a ser capaz de mostrar figuras no lugar de apenas letras: "Eu integrei a alta resolução. São apenas dois chips. Eu não sei se as pessoas utilizarão isto." Em 1978, projetou um drive de disquete de baixo custo. Ele e Randy Wigginton escreveram um sistema operacional simples.

Além de suas habilidades com o hardware, Wozniak escreveu muitos dos programas que executavam no Apple. Ele escreveu um interpretador Basic, um jogo de Breakout (que foi também uma razão para adicionar som ao computador), o código necessário para controlar o drive de disquetes, e muito mais. Com relação aos programas, o Apple II se tornou mais atrativo para os usuários empresariais devido à famosa e pioneira planilha eletrônica Visicalc de Dan Bricklin e Bob Frankston. Em 1980, a Apple se tornou pública e fez de Jobs e Wozniak milionários. Com 27 anos, Jobs foi o mais jovem a aparecer no Fortune 500 em 1982, um caso raro antes da era ponto-com.

Casualmente, em 1978, quando a companhia baixou o preço do Apple II, ela ajudou a lançar um outra carreira meteórica, de Mitch Kapor. Kapor conseguiu dinheiro suficiente para comprar o seu próprio Apple. Inspirado pelo VisiCalc e encontrando com seus inventores, ele acabou por desenvolver o Lotus 1-2-3 e dominou o mercado de planilhas eletrônicas por vários anos.

O declínio da Apple[editar | editar código-fonte]

Durante anos o Apple II foi a principal fonte de receita da Apple que garantiu a sobrevivência da companhia, quando a sua direção se responsabilizou pela criação de aventuras menos rentáveis como o mal sucedido Apple III e o Lisa, que durou pouco tempo. Foi devido aos grandes lucros do Apple II que a Apple foi capaz de desenvolver o Macintosh, vendê-lo, e gradualmente torná-lo em uma máquina que está agora no centro dos produtos da Apple. Neste sentido, Wozniak pode ser considerado como o financiador principal do Mac.

Em fevereiro de 1981, Steve Wozniak sofreu um acidente com o seu aeroplano. Como resultado, ele teve uma perda temporária da memória de curto prazo. Ele não se lembrava do acidente e, por um tempo, nem mesmo sabia que se tinha envolvido num acidente. Ele começou a juntar os fatos de conversas com as outras pessoas. Ele perguntou então a sua esposa se ele se tinha envolvido em algum tipo de acidente. Quando ela lhe contou sobre o sucedido, a sua memória de curto prazo restabeleceu-se.

Woz ficou menos entusiasmado com seu trabalho na Apple. Ele casou-se e retornou para a Universidade de Berkeley com o nome de "Rocky Clark" para obter sua graduação em 1982 em ciência da computação, bem como engenheiro eletricista. Em 1983 ele decidiu retornar ao centro de desenvolvimento da Apple. Entretanto, ele queria ser não mais do que apenas um engenheiro e um fator motivacional para os trabalhadores da Apple.

O fim de uma era[editar | editar código-fonte]

Woz deixou a Apple definitivamente em 6 de fevereiro de 1985, nove anos após ter fundado a companhia. Wozniak fundou então uma empresa de curta duração, chamada CL9, que desenvolvia aparelhos de controle-remoto. Rancoroso, Jobs ameaçou seus fornecedores da perda de negócios com a Apple se fizessem negócios com Wozniak. Wozniak pôde encontrar outros fornecedores, mas ficou desapontado com o comportamento amargo de seu antigo amigo.

Mais tarde, Jobs foi obrigado a deixar a Apple por causa de lutas pelo poder. Wozniak e Jobs são orgulhosos de terem originado uma ética anticorporativista no meio dos grandes do mercado de computadores. Jobs orientou-se à sua (nem sempre) inovadora visão com o NeXT, enquanto Woz dedicou-se ao ensino (ensinava estudantes de 5° ano) e a atividades caritativas no campo da Educação.

Reconhecimento e o que aconteceu depois[editar | editar código-fonte]

Steve Wozniak recebeu a Medalha Nacional de Tecnologia e Inovação em 1985. Em setembro de 2000, Steve Wozniak foi incluído na National Inventors Hall of Fame.

Após deixar a Apple Inc., Woz forneceu todo o dinheiro, além de uma boa parte de suporte técnico, para a escola do distrito de Los Gatos. Em 2001, Woz fundou a empresa Wheels Of Zeus, uma companhia que produz soluções sem fio.

Como um tributo para Steve Jobs após sua morte (falecido dia 5 de outubro de 2011), Woz acampou durante 20 horas[1] [2] em frente a uma loja da Apple Inc. na Califórnia,[3] de forma a ser o primeiro cliente do estabelecimento a comprar o iPhone 4S.[4] [5] [6] [7]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Steve Wozniak
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Steve Wozniak


Apple logo black.svg Portal Apple Inc.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.