Stephanie Kwolek

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de de:Stephanie Kwolek. Ajude e colabore com a tradução.


Stephanie Kwolek
Química
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Nascimento 31 de julho de 1923
Local New Kensington
Morte 18 de junho de 2014 (90 anos)
Atividade
Campo(s) Química
Instituições DuPont
Alma mater Universidade Carnegie Mellon
Conhecido(a) por Invenção do Kevlar
Prêmio(s) Medalha Howard N. Potts (1976), National Inventors Hall of Fame (1995), Medalha Nacional de Tecnologia e Inovação (1996), Medalha Perkin (1997), Prêmio Lemelson–MIT (1999)

Stephanie Louise Kwolek (New Kensington, 31 de julho de 192318 de junho de 2014[1] ) foi uma química polaco-estadunidense, inventora do p-fenilenodiamina com cloreto de tereftaloila, mais conhecida como Kevlar, uma fibra de alta resistência mecânica, de cor dourada, que pode atingir mais de cinco vezes a resistência do aço. Atualmente o Kevlar é empregado na fabricação de coletes balísticos e equipamento de segurança.

Kwolek nasceu no subúrbio de Pittsburgh em New Kensington, Pensilvânia em 1923.[2] Seu pai, John Kwolek morreu quando ela tinha dez anos de idade. Kwolek atribui seu interesse pela ciência a seu pai e pela moda a sua mãe, Nellie Zajdel Kwolek.[2] Em 1946 obteve o grau de Química no Margaret Morrison Carnegie College da Universidade Carnegie Mellon.[3] Kwolek tinha o plano de se converter em médica e achou que poderia consegui-lo depois de obter o dinheiro suficiente a partir de um trabalho temporário no campo da química para poder se matricular na escola de medicina.[3]

Ganhou inúmeros prémios por seu trabalho em química de polímeros.


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.