Brasfoot

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brasfoot

Tela de abertura do Brasfoot 2011
Distribuidora(s) SiliconAction[1]
Criador(es) Emmanuel dos Santos
Local de origem  Brasil
Gênero(s) esporte
Primeiro título Brasfoot 2003
2003
Último título Brasfoot 2014
2014
Portal Portal de jogos eletrônicos

Brasfoot é um série de jogos de gerenciamento de clubes de futebol (manager) para Windows, criada por Emmanuel dos Santos, distribuída pela SiliconAction[1] e lançada inicialmente em 2003. Baseado no similar português Elifoot, porém com maior jogabilidade[2] [3] , a versão mais atual do Brasfoot é o Brasfoot 2014[2] . O jogo é o primeiro de seu gênero no Brasil, sendo considerado o mais bem sucedido devido a sua simplicidade[2] . O jogador tem como objetivo é tornar-se o melhor dos técnicos, alternando-se na administração tática e financeira de sua equipe.

Características[editar | editar código-fonte]

É possível jogar campeonatos e copas nacionais, campeonatos internacionais, estaduais (só no Brasil) e jogos com seleções. Se ele tiver bons resultados, pode ser chamado por equipes melhores, se não, corre o risco de ser demitido e ter que treinar clubes mais fracos.[4]

Como treinador, é possível escalar os jogadores, formular táticas e improvisar as posições dos jogadores. O técnico é o responsável pelas finanças do clube onde treina, podendo negociar os direitos e salário dos jogadores, controlar o preço dos ingressos e ampliar o estádio.[2]

Cada futebolista tem um valor para sua força, que tende a diminuir conforme ele envelheça, e até duas características, entre dez possíveis, nas quais ele se destaca mais.[2] Aquele que for artilheiro em alguns campeonatos proporciona uma premiação para seu time.[2]

O Brasfoot possui um editor de times que permite fazer diversas alterações, deleções e adições de equipes e jogadores.[2]

Nas versões demo, o treinador começa na quarta divisão e que disputa apenas a copa e o campeonato nacionais do Brasil ou da Espanha. A versão não paga também restringe o improviso de jogadores dentro de seu setor.[2]

 Recepção do Brasfoot
Resenha crítica
Publicação Nota
Info Online[4] 7,2/10
Pontuação global
Publicação Nota média
Baixaki[2] 4,5/5

Brasfoot 2010[editar | editar código-fonte]

A oitava versão do jogo, Brasfoot 2010, foi lançada dia 23 de fevereiro de 2010. Nesta edição, o time pode ser escalado posicionando os jogadores diretamente num gramado. Para tal, a inteligência artificial do jogo foi reformulada.[1]

Brasfoot 2011[editar | editar código-fonte]

Foram adicionadas à versão de 2011 do jogo a Recopa Sul-Americana e a Supercopa Europeia. Os valores de salários e a renovação de contratos dos jogadores passaram por mudanças. Nesta versão, também aparecem os uniformes oficiais dos clubes que disputam as série A e B no Brasil e e divisões espanholas.[2]

Brasfoot 2012[editar | editar código-fonte]

Algumas da novidades confirmadas nessa edição são:

  • Copa Sul-Americana em formato de mata-mata;
  • Ex-jogadores poderão se tornar técnicos;
  • Eleição dos jogadores time da semana após rodada do campeonato nacional;
  • Eleição do time do ano;
  • Nacionalidade do técnico;
  • Possibilidade de usar uniforme reserva e terceiro uniforme;
  • Melhoras no sistema do jogo;
  • Ranking por reputação;
  • Ajustes em vários sistemas do jogo.
  • Troféu Bola de Ouro

Brasfoot 2013[editar | editar código-fonte]

O Brasfoot 2013 foi lançado no dia 26 de Março de 2013, tendo como novidades:

  • Mudanças no Editor de Equipe (possibilidade de realizar buscas por jogadores, exibir equipes sem escudos e/ou sem camisas, entre outras)
  • Copa do Brasil com 64 times
  • Disputa da Libertadores e da Liga dos Campeões já na primeira temporada

Brasfoot 2014[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Simulador de técnico "BrasFoot 2010" vem no dia 23 (em português) UOL Jogos (19 de fevereiro de 2010). Visitado em 22 de fevereiro de 2010.
  2. a b c d e f g h i j Brasfoot (em português) Baixaki (16 de fevereiro de 2011). Visitado em 17 de fevereiro de 2011.
  3. CHAVES, Lincoln (29 de novembro de 2009). Simples, histórico, tradicional (em português) Trivela. Visitado em 31 de janeiro de 2010.
  4. a b BARRIENTOS, Gustavo (25 de junho de 2009). Brasfoot 2009 (em português) Info Online. Visitado em 19 de novembro de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]