Cabreúva (São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Cabreúva
Igreja matriz

Igreja matriz
Bandeira de Cabreúva
Brasão de Cabreúva
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 24 de março
Gentílico cabreuvano
Prefeito(a) Henrique Martin (PDT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Cabreúva
Localização de Cabreúva em São Paulo
Cabreúva está localizado em: Brasil
Cabreúva
Localização de Cabreúva no Brasil
23° 18' 28" S 47° 07' 58" O23° 18' 28" S 47° 07' 58" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Macro Metropolitana Paulista IBGE/2008 [1]
Microrregião Jundiaí IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes norte: Indaiatuba e Itupeva, ao sul: Pirapora do Bom Jesus e Araçariguama, ao leste: Jundiaí e a oeste: Itu.
Distância até a capital 78 km
Características geográficas
Área 259,807 km² [2]
População 41 643 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 160,28 hab./km²
Clima Tropical de Altitude Cwa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,774 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 950 650,979 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 22 721,65 IBGE/2008[5]
Página oficial

Cabreúva é um município do estado brasileiro de São Paulo situado nas coordenadas: 23º18'27" S e 47º07'59" W. De acordo com o censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2010, sua população é de 41.643 habitantes.[3] Possui uma área territorial de 259,8 km². Está inserida na Aglomeração Urbana de Jundiaí.[6]

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundada no início do século XVIII por um membro da família Martins e Ramos, do Município de Itu, que subiu o rio Tietê à procura de um lugar para instalar-se até encontrar um vale situado entre três serras - que viriam a ter os nomes de "Japi", "Guaxatuba" e "Taguá". Inicialmente dedicou-se ao cultivo de cana-de-açúcar para a fabricação de aguardente, com a instalação de um engenho. Tal atividade daria origem à base da economia local durante várias décadas, justificando o apelido do município: "Terra da Pinga".

O nome do município é originário da árvore Cabreúva do tipo pardo (Myrocarpus Frondosus, da família Leguminosae-Papilionoideae) conhecida pelos indígenas a região como "Kaburé-Iwa" (Árvore da Coruja).

Feriados Municipais[editar | editar código-fonte]

24 de março: Dia do Aniversário municipal.
15 de setembro: Dia de Nossa Senhora da Piedade, Padroeira do Município.

Geografia[editar | editar código-fonte]

A paisagem é dominada por duas formações geográficas destacadas: as serras (Japi, Guaxatuba e Taguá) e o Rio Tietê.

Clima[editar | editar código-fonte]

Cabreúva está acima do Trópico de Capricórnio, na Zona Tropical do hemisfério Sul, O clima de Cabreúva é influenciado pela altitude(C). Os verões são quentes e úmidos(a), a Primavera e o Outono são estações de Transição entre o verão e o inverno, sendo mais úmidas quando tende ao verão e mais secas quando tendem ao inverno. O inverno é a época de estiagem das chuvas, e enfim, é a estação seca(W), não tendo uma frequência pluviométrica na estação. O Clima se define então como: Tropical de Altitude tipo Cwa na classificação Classificação_climática_de_Köppen-Geiger.

As altitudes no município variam entre 640 m no centro do município até 1.200 no alto da Serra do Japi.

O município possui uma área territorial total de 261 km², sendo 96 km² de área urbana e 165 km² de área rural, tendo como municípios vizinhos ao norte: Indaiatuba e Itupeva, ao sul: Pirapora do Bom Jesus e Araçariguama, ao leste: Jundiaí e a oeste: Itu.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2010

População Total: 41.643

  • Urbana: 35.295
  • Rural: 6.348
  • Homens: 21.114
  • Mulheres: 20.529

Densidade demográfica (hab./km²): 160,28

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 16,02

Expectativa de vida (anos): 71,14

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,56

Taxa de Alfabetização: 90,05%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,774

  • IDH-M Renda: 0,709
  • IDH-M Longevidade: 0,769
  • IDH-M Educação: 0,845

(Fonte: IPEADATA)

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. a b Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. Alckmin lança Câmara de Desenvolvimento Metropolitano. SP Notícias - Governo do Estado de São Paulo (30 de março de 2011). Página visitada em 02 de abril de 2011.

Galeria de fotos[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]