Canaã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde abril de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
knaʿn
Canaã
Blank.png
Neolitico tardio – Idade do ferro I
Localização de Canaã
Mapa de Canaã nos tempos patriarcais.
Continente Asia
Região Médio oriente
País Israel, Palestina, Libano, região costeira da Siria e Jordânia
Capital várias
Língua oficial Línguas cananitas
Religião Mitologia cananeia
Governo Monarquia
Período histórico Antiguidade
 • Neolitico tardio Fundação
 • Idade do ferro I Dissolução
Precedido por
Sucedido por
Blank.png Megalitismo
Fenícia Blank.png
Arão Blank.png
Moab Blank.png
Amon Blank.png
Filístia Blank.png
Sículos Blank.png
Ugarit


Canaã é a antiga denominação da região correspondente à área do atual Estado de Israel (inclusive as Colinas de Golã), da Faixa de Gaza, da Cisjordânia, de parte da Jordânia (uma faixa na margem oriental do Rio Jordão), do Líbano e de parte da Síria (uma faixa junto ao Mar Mediterrâneo, na parte sul do litoral da Síria) (Números 34:1-15 e Deuteronômio 3:8).

A cidade canaanita de Ugarit foi redescoberta em 1928 e muito do conhecimento moderno sobre os cananeus advém das escavações arqueológicas naquela área. Ugarit era uma cidade-estado, anteriormente vista como uma cidade fenícia pelos historiadores. Esta certeza já não existe.[1] A partir da descoberta naquelas ruínas do primeiro alfabeto que se tem notícia e da vasta literatura de Ugarit, descobriu-se que esta era de origem cananéia e foi vassala do Egito durante longo período, apesar de ter tido influência de vários povos, principalmente mesopotâmicos. Um de seus deuses foi Baal, muito citado na Bíblia.

Comparada aos desertos circundantes, a terra de Canaã era uma terra de fartura, onde havia uvas e outras frutas, azeitonas e mel, daí ter sido vista por Abraão - originário da região do actual Iraque - como a "terra prometida", "onde corre leite e mel".

Segundo a Bíblia, Canaã era a terra prometida por Deus ao seu povo, desde o chamado de Abrão (ou Abraão), que habitava a cidade caldéia de Ur, no sul da Mesopotâmia. De acordo com a tradição, Deus chamou Abrão e lhe ordenou que fosse para a terra chamada Canaã, o que teria motivado o longo êxodo dos hebreus, que teria durado muitas décadas, até que os descendentes de Abraão a alcançaram. Canaã passou então a ser por eles denominada terra de Israel.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Ainda de acordo com a Bíblia, o nome Canaã é alusivo a filho Noé, ao qual se atribui a origem dos cananeus, conforme relato de Gênesis capítulo 10. Canaã seria a duodécima geração depois de Adão: Adão > Sete > Enos > Quenã > Malalel > Jarede > Enoque > Metusalém > Lameque > Noé > > Canaã

Após o Dilúvio, Cã teria se deparado com Noé embriagado, tendo visto a sua nudez em sua tenda e contado o fato a seus irmãos, em vez de cobrir o pai (Gênesis 9:22). Quando recobrou a consciência, Noé amaldiçoou Cã, Canaã, referindo-se a ele como o "servo dos servos" (Gênesis 9:25) "e disse: Maldito seja Canaã; seja servo dos servos de seus irmãos".

Segundo uma certa linha de interpretação, ao proferir tais palavras, Noé estaria profetizando que um dos descendentes de Sem, Abraão, iria herdar a terra dos cananeus.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre história israelense e judaica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.