Sem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sem, filho de Noé (gravura de 1553)

Sem é um personagem biblico, do Antigo Testamento, do livro do Gênesis. Segundo a história bíblica, Sem foi um dos filhos de Noé, irmão de Cam e de Jafé. O texto bíblico informa que Noé, com a idade de quinhentos anos gerou a Sem, Cam e Jafé.




Contexto[editar | editar código-fonte]

Devido à corrupção generalizada da raça humana, Deus havia resolvido destruir a Terra através de um Dilúvio e pôr um fim àquela sociedade violenta. Noé, porém, foi escolhido por Deus para ser salvo através de uma arca junto com sua família. Segundo a narrativa bíblica, o dilúvio ocorreu quando Noé tinha seiscentos anos, o que significa que Sem e seus irmãos já seriam pelo menos centenários.

E era Noé da idade de seiscentos anos, quando o dilúvio das águas veio sobre a terra. E entrou Noé, e seus filhos, e sua mulher, e as mulheres de seus filhos com ele na Arca, por causa das águas do dilúvio . (Gênesis 7:6-7)[1]

Quando terminou o dilúvio, Noé e sua família saíram da Arca e foram abençoados por Deus e teriam povoado a Terra.

Registre-se que, somente depois do dilúvio, é que Sem aparece como um personagem, embora secundário, pois até então o seu nome é apenas mencionado como um dos filhos de Noé.

Diz a Bíblia que, depois do dilúvio, Noé tornou-se Lavrador e plantou uma vinha. Ao colher os frutos e se embriagar com vinho, o patriarca teria ficado nu em sua tenda, fato que foi delatado por seu filho Cam. Respeitosos, Sem e seu irmão, Jafé, vieram cobrir a nudez do pai, com os seus rostos virados para que não vissem as partes íntimas de Noé. Então, quando Noé despertou da embriaguez alcoólica, amaldiçoou Canaã, porque não podia amaldiçoar Cam , já que ele havia sido abençoado por Deus. Nóe também abençoou Sem .

E disse: Maldito seja Canaã. Servo dos servos será de seus irmãos.
E acrescentou: bendito seja YHWH, o Deus de Sem; e seja-lhes Canaã por servo.
Dilate Deus a Jafé, e habite Jafé nas tendas de Sem; e seja-lhes Canaã por servo
(Gênesis 9:25-27) [2]

Prosseguindo, o texto bíblico relata que Sem, com a idade de cem anos, gerou filhos, sendo o terceiro deles Arpachade (ou Arfaxad), dois anos depois do dilúvio. Depois disso, ainda viveu mais quinhentos anos, sendo pai de muitos filhos (Elão, Assur, Arfaxad, Lud e Arão) e chegando aos seiscentos anos de vida. Assim, calcula-se que Sem teria alcançado até a décima geração de sua descendência, isto é, até o patriarca Jacó.

Abraão e também fazem parte da descendência de Sem. Abraão teria herdado o sacerdócio e a terra da Palestina, e teria sido cumprida a maldição de Noé - segundo a qual Canaã seria servo de Sem e Jafé.

Por sua vez, o livro de Gênesis, em seu capítulo 10, verso 30, diz que os descendentes de Sem teriam habitado uma vasta região no Oriente:

E foi a sua habitação desde Messa, indo para Sefar, montanha do Oriente.[3]

Contudo, essas regiões mencionadas não são devidamente identificadas pela geografia atual, sendo que uma interpretação do texto bíblico induz que tal localização poderia referir-se às terras que foram ocupadas pelos filhos de um descendente de Sem - Joctã.

Quanto aos filhos de Sem, o Gênesis , em seu capítulo 10, menciona cinco nomes: Elão, Assur, Arpachade, Lude e Arã.

Segundo a tradição, Sem seria o patriarca das populações semitas..

Longevidade de Sem[editar | editar código-fonte]

De acordo com o texto bíblico, Noé teria vivido 950 anos. Tinha 500 anos quando gerou a Sem, Cam e Jafé. Com a idade de 600 anos, enfrentou o dilúvio e ainda viveu mais três séculos e meio, o que significa que poderia ter falecido nos dias de Abraão, já na décima geração de seus descendentes.

No entanto, Sem, teria vivido 600 anos dos quais 500 foram após o dilúvio.

De acordo com a tabela abaixo, criada com base em informações bíblicas (principalmente Gênesis 11:7-33), Sem não apenas alcançou Abraão, como também viveu até a época de Isaque e Jacó.

Pode-se dizer também que Sem viveu mais do que seu filho Arpachade que morreu com 438, isto é, antes do pai falecer. E, como a longevidade dos patriarcas foi diminuindo, Sem pode ter enterrado todos os seus descendentes até Abraão, com exceção de Éber que teria falecido 29 anos depois de seu bisavô.

Há uma teoria não muito aceita na teologia de que Sem teria sido o rei e sacerdote Melquisedeque que interagiu com Abraão. Após ter mudado de nome, Sem teria se apresentado a Abraão como o rei de Salém. E, devido à sua experiência com o Deus de Noé, ele teria passado os seus ensinamentos a Abraão. No entanto, essa teoria é contestada pelo fato de que a ascendência e a descendência de Melquisedeque é desconhecida e o aparecimento deste personagem seria uma espécie de cristofania ou teofania enquanto a linhagem de Sem é demonstrada pela Bíblia.

Idades dos patriarcas
nome idade ao ser pai idade ao morrer
Adão 130 930
Sete 105 912
Enos 90 905
Cainan 70 910
Mahalalel 65 895
Jarede 162 962
Enoque 65 foi trasladado por Deus, portanto ele vive até hoje no 3º Céu.
Matusalém 187 969
Lameque 182 777
Noé 500 950
Sem 100 600
Arpachade 35 438
Selá 30 433
Éber 34 464
Pelegue 30 239
Reú 32 239
Serugue 30 230
Naor 29 148
Terá 70 205
Abraão 100 175
Isaque 60 180

Descendentes de Sem[editar | editar código-fonte]

Sem é tradicionalmente considerado o ancestral do povo semita; religiosos e árabes se consideram filhos de Sem através de Arpachade (assim, semitas). Na opinião de alguns estudiosos europeus do século XVII (por exemplo, John Webb), o povo da China e da Índia descendeu dele também.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]


[[Categoria