Jafé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Março de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Trechos sem fontes poderão ser removidos.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.
O mapa estilizado "T e O",faz alusão à Europa como o lar dos descendentes de Jafé, a África sendo dos descendentes de Cam e a Ásia lar dos descendentes de Sem.

Jafé ou Jafet foi o terceiro filho de Noé, segundo o relato do Gênesis. A tradição judia descreve-o como o fundador da cidade Jafa.

Biografia baseada na Bíblia[editar | editar código-fonte]

Noé teve três filhos, Sem, Cam e Jafé,[1] que nasceram e se casaram antes do Dilúvio.[2] Os filhos de Jafé, que nasceram após o Dilúvio,[3] foram Gômer, Magogue, Madai, Javã, Tubal, Meseque e Tiras.[4]

Quando Noé ficou bêbado e Cam o viu nu, levando com que Noé amaldiçoasse Canaã, filho de Cam, as frases relacionadas a Jafé foram que ele seria dilatado por Deus, que Jafé habitaria as tendas de Sem e que Canaã serviria a Jafé.[5]

Informação religiosa[editar | editar código-fonte]

Segundo a Bíblia, em Génesis 10:5 estão os progenitores de todas as raças humanas da actualidade. Desta forma, existe quem defenda que se dividiram da seguinte forma:[carece de fontes?]

Este seria o conhecimento que os autores do antigo testamento tinham do mundo no século VII A.C., data em que ele possivelmente teria sido reeditado.[carece de fontes?]

Informações de outros livros[editar | editar código-fonte]

Segundo o Livro dos Jubileus, Jafé era filho de Noé e Enzara, filha de Rake'el, e nasceu no primeiro ano da sexta semana do 25o jubileu, sendo o mais novo dos três filhos de Noé.[6] Sua esposa se chamava Adataneses.[7]

Informação histórica relacionada[editar | editar código-fonte]

Foram encontrados documentos que justificam a existência de um personagem idêntico ao de Noé na região suméria. Os relatos de cheias e chuvas torrenciais são imensos . Ziusudra, Utnapistin, Atrahasis são apenas exemplos de alguns "Noés" da história suméria. Alguns estudiosos defendem a ideia de que os dilúvios não foram catástrofes universais, mas sim ocorrências locais em larga escala, para as quais o povo, desprevenido, não tinha capacidade de prever[carece de fontes?]. Enquanto a essa divergência ainda não existe unanimidade entre a comunidade científica.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Árvore genealógica baseada em Gênesis:

 
 
 
 
 
 
 
 
Lameque
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Noé
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Sem
 
Cam
 
Jafé
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Gômer
 
Magogue
 
Madai
 
Javã
 
Tubal
 
Meseque
 
Tiras

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre a Bíblia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.