Clara Zetkin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Clara Zetkin
Deputada da República de Weimar
Período de governo 1920 - 1933
Vida
Nascimento 5 de julho de 1857
Wiederau, Reino da Saxônia War ensign of the German Empire Navy 1848-1852.svg
Morte 20 de junho de 1933
Flag of the Soviet Union.svg Arkhangelskoïe, União Soviética
Dados pessoais
Cônjuge Friedrich Zundel (1899 - 1928)
Partido KPD

Clara Josephine Zetkin, nascida Eißner, (Wiederau, 5 de julho de 1857Arkhangelskoye, 20 de junho de 1933) foi uma professora, jornalista e política marxista alemã. É uma figura histórica do feminismo. Foi dirigente do Socorro Vermelho Internacional. Seu corpo repousa na muralha do Kremlin, em Moscou.

Em 26 de agosto de 1910, durante uma conferência internacional de mulheres socialistas realizada na Casa do Povo (Folket Hus), em Copenhaga, Clara Zetkin lançou a ideia de criar um Dia Internacional da Mulher.[1]

Depois de ter sido membro da ala esquerda do Partido Social-Democrata da Alemanha (SPD) até 1917, juntou-se ao Partido Social-Democrata Independente da Alemanha (USPD) (pacifistas) filiando-se à corrente revolucionária representada pela Liga Spartacus. Essa corrente daria origem, durante a Revolução Alemã de 1918-1919, ao Partido Comunista da Alemanha (KPD), pelo qual Clara Zetkin será deputada no Reichstag durante a República de Weimar, de 1920 a 1933.

Referências

  1. Le Monde diplomatique Brasil, abril de 2007. Copenhaga, contracultura e repressão, por René Vásquez Díaz.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.



O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Clara Zetkin