Debaser

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Debaser"
Single de Pixies
do álbum Doolittle
Lançamento 22 de Setembro de 1997
Formato(s) CD
Gravação Novembro de 1988 na Downtown Recorders, Boston, Massachusetts
Gênero(s) Rock alternativo
Duração 2:52
Gravadora(s) 4AD
Composição Black Francis
Produção Gil Norton
Cronologia de singles de Pixies
Último
Último
"Head On"
(1992)
"Bam Thwok"
(2004)
Próximo
Próximo

"Debaser" é uma canção da banda de rock alternativo norte-americana Pixies, sendo a primeira faixa do seu álbum de 1989 Doolittle. A canção foi escrita e cantada por Black Francis e foi produzida por Gil Norton durante as sessões de gravação de Doolittle.

"Debaser" foi mais tarde lançada como single em 1997 para promover a compilação Death to the Pixies. O single surgiu em três formas: ao vivo, estúdio e demo.

Letra e significado[editar | editar código-fonte]

A letra é baseada num filme surrealista francês de Luis Buñuel e Salvador Dalí chamado Un chien andalou. O filme inicia com uma cena na qual o olho de uma mulher é cortado por uma lâmina, referenciada na canção através do verso "Slicin' up eyeballs/I want you to know". De acordo com Black Francis:

Eu desejo que Buñuel fosse vivo. Ele fez este filme sobre nada em particular. O título em si não tem sentido. Com a minha forma estúpida, pseudo-escolar, naive, entusiasta, avant-garde e amadora de ver Un chien andalou (duas vezes), eu pensei: 'Yeah, vou fazer uma canção sobre isto.' [Canta:] "Un chien andalou".... Soa demasiado a francês, por isso vou cantar "un chien andalusia", soa bem, não?'[1]

O título "Debaser" faz referência ao facto que Un chien andalou degrada a moralidade e os padrões de arte, segundo Black Francis. Na mais antiga versão da canção, o verso "un chien andalusia" era originalmente "Shed, Appolonia!", referência à co-estrela no filme Purple Rain.[2]

Covers[editar | editar código-fonte]

Os Rogue Wave gravaram uma cover de "Debaser" em 2007 para a banda-sonora da série de TV The OC, surgindo na compilação The OC Mix 6: Covering Our Tracks. versão acústica ao vivo, mais lenta e em piano também pode ser ouvida no website da banda.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Sisario, Ben. Doolittle. Continuum, 2006.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Black Francis, traduzido de uma entrevista em espanhol, acessado a 21-03-08
  2. Sisario, p. 80.