Fulas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fulas, Fulanis
=East - Fulbe.jpg
Mulheres fulas na Província do Leste, nos Camarões.
População total

30 milhões[1] 10 a 13 milhões (2005)[2]

Regiões com população significativa
Guiné, Nigéria, Camarões, Senegal, Mali,
Serra Leoa, República Centro Africana,
Burkina Faso, Benim, Níger, Gâmbia,
Guiné Bissau, Gana, Chade, Mauritânia,
Sudão e Costa do Marfim.
Línguas
Fula
Religiões
Islamismo
Grupos étnicos relacionados
Wolof e Serer

Os fulas ou fulanis (em fula: Fulɓe) são um grupo étnico que compreende várias populações espalhadas pela África Ocidental, mas também na África Central e no Norte de África sudanês. Os países africanos por onde se encontram incluem a Mauritânia, o Senegal, a Guiné, a Gâmbia, o Mali, a Nigéria, a Serra Leoa, o Benim, o Burquina Faso, a Guiné-Bissau, os Camarões, a Costa do Marfim, o Níger, o Togo, a República Centro-Africana, o Gana, a Libéria, até ao Sudão, a leste. Os fulas não são o grupo maioritário em nenhum destes países, com excepção da Guiné.

São povos tradicionalmente nómadas que praticam a pastorícia.

Referências

  1. Fontes variam amplamente sobre a população. Mushanga, p. 166, diz "por volta 20 million"; Nzewi (cotados em Agawu), p. 31, diz "sobre 15 milhões"; Okafor, p. 86, diz "sobre vinte e cinco milhões"; Okpala, p. 21, diz "ao redor de 30 milhões"; e Smith, p. 508, diz "aproximadamente 20 milhões".
  2. Ndukwe 16 (1996) dá um valor de 10 milhões; Gordon, "Adamawa Fulfulde", diz 13 milhões de falantes de todas as formas de Fulfulde.
Ícone de esboço Este artigo sobre etnologia ou grupos étnicos é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.