Glândula de Skene

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Clitóris,
Pequenos lábios (labia minora ou ninfas),
Uretra,
Glândula de Skene,
Vagina,
Glândula de Bartholin.

Próstata feminina ou as glândulas de Skene ou glândulas parauretrais são as glândulas mucosas cujo nome vem do médico estadunidense Alexander Skene (1838 - 1900).

É no vestíbulo da vulva, espaço em forma de triângulo com vértice voltado para cima delimitado pelas ninfas, que fica mais perto da vagina do que do clitóris, que nas margens laterais desembocam os ductos das glândulas de Skene, que segregam uma enzima chamada PDE5, que intervém na excitação feminina, na ejaculação feminina.

Ou também chamadas de Ductos Parauretrais de Skene: de calibre pequeno – se abrem exatamente de cada lado do meato uretral - podem ser infectados pelos gonococos.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.