Grande Itália

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa da "Grande Itália", tal como concebido em 1940: a linha laranja mostra as áreas na Europa e Norte da África a serem incluídos no Projeto 1940. A linha verde mostra a maior extensão de controle militar italiano na zona do Mediterrâneo, em Novembro de 1942 (em vermelho as áreas controladas pelos britânicos)

A Grande Itália ou Itália Imperial, foi um projeto ambicioso previsto pela Itália fascista, cujo o objetivo era criar um império italiano por meio do expansionismo, além do irredentismo, reivindicava territórios da Córsega, Nice, Dalmácia, Malta, para complementar a região da bacia do Mediterrâneo, territórios coloniais, com populações de imigrantes italianos ou dentro da esfera de influência italiana, como a Albânia, Montenegro, a Tunísia e a Líbia. A intenção era criar um Estado italiano com seções não-italianas que seriam assimiladas e a colonização italiana seria promovida. A expansão desses territórios teria permitido à Reino de Itália uma oportunidade de reconquistar a posição dominante no mar Mediterrâneo, perdida desde a queda do Império Romano.

A Itália, após a Primeira Guerra Mundial, estava tomada por uma série de convulsões sociais, ressentida ao desprezo com que fora tratada no pós-guerra pelos aliados (uma vez que as medidas do Tratado de Versalhes não lhe foram satisfatórias, pois não atenderam suas pretensões imperialistas e aos seus problemas sociais), que lhe concederam o que considerava "migalhas territoriais insignificantes", havia se curvado à ascensão do fascista Benito Mussolini. O país, envolveria-se numa aventura imperialista dispendiosa, a conquista da Etiópia em 1935, que esgotou as suas finanças e poucou acrescentou em termos de preparação para uma guerra moderna. O Estado fascista não estava preparado económica e militarmente quando se envolveu no turbilhão da Segunda Guerra Mundial, o que levaria a Itália a diversas derrotas militares e colocaria um fim ao seu projeto imperialista da "Grande Itália", que pretendia ressuscitar o Império Romano.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.