Igarapé (Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde janeiro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Município de Igarapé
"Cidade menina"
Bandeira de Igarapé
Brasão de Igarapé
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 1 de março
Fundação 1 de março de 1963
Gentílico igarapeense
Lema Construindo um Novo Caminho
Prefeito(a) José Carlos Gomes Dutra (PPS)
(2013–2016)
Localização
Localização de Igarapé
Localização de Igarapé em Minas Gerais
Igarapé está localizado em: Brasil
Igarapé
Localização de Igarapé no Brasil
20° 04' 12" S 44° 18' 07" O20° 04' 12" S 44° 18' 07" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Metropolitana de Belo Horizonte IBGE/2008[1]
Microrregião Belo Horizonte IBGE/2008[1]
Região metropolitana Belo Horizonte
Municípios limítrofes São Joaquim de Bicas, Mateus Leme, Juatuba, Betim, Itaguara.
Distância até a capital 48 km
Características geográficas
Área 109,930 km² [2]
População 34 879 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 317,28 hab./km²
Altitude entre 819 e 1 434 m
Clima Tropical de altitude
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,753 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 289 377,004 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 8 777,78 IBGE/2008[5]
Página oficial

Igarapé é um município da Região Metropolitana de Belo Horizonte, no estado de Minas Gerais, no Brasil. Seu atual prefeito é José Carlos Gomes Dutra.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

"Igarapé" é um termo de origem tupi que significa "caminho de canoas", através da junção dos termos ygara (canoa) e apé (caminho)[6] .

História[editar | editar código-fonte]

Até o século XVII, o atual estado de Minas Gerais era habitada por índios do tronco linguístico macro-jê. A partir desse século, essas tribos foram quase exterminadas pela ação dos bandeirantes procedentes de São Paulo, que chegaram à região em busca de escravos e de pedras preciosas[7] .

Em 1931, foi criado o distrito pela lei 50. Ainda em 1931, o decreto 10 002, de 30 de julho, transferiu a sede do distrito de São Joaquim de Bicas para o povoado do Barreiro, com o nome de Igarapé. Pertencia ao município de Pará de Minas. O decreto-lei 148, de 30 de dezembro de 1938, transferiu o distrito de Igarapé do município de Pará de Minas para o de Mateus Leme.

A luta travada por Miguel Henriques da Silva e outros em 1958 em prol da emancipação política do município viu nascer seus frutos quando, a 30 de dezembro de 1962, a Assembleia Legislativa do estado de Minas Gerais aprovou a Lei 2 764, criando o município de Igarapé. Igarapé ficou pertencendo ao município de Mateus Leme até 1963, época em que foi instalado o município de Igarapé. O município de Igarapé foi oficialmente instalado no dia primeiro de março de 1963, em sessão solene, realizada sob a presidência de Murilo de Oliveira.[8] [9] [10]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localizado na região sudeste da zona metalúrgica, nas proximidades do paralelo 20º sul e 43º oeste, tem, como ponto mais alto, Pico do Itatiaiuçu, a 1 434 metros de altitude e como ponto mais baixo a Foz Córrego Gavião, a 819 metros de altitude.

  • Área: 110,08 km²

* Distâncias aproximadas aos principais centros em quilômetros:

  • Belo Horizonte: 35
    • Rio de Janeiro: 465
    • São Paulo: 545
    • Brasília: 785
    • Vitória: 570

O município limita-se com os seguintes municípios:

    • Ao sul - São Joaquim de Bicas, Brumadinho e Itatiaiuçu.
    • Ao norte - Juatuba e Betim.
    • A oeste - Mateus Leme.
    • A leste - São Joaquim de Bicas.

Clima e Vegetação:

Seu clima é o tropical de altitude. Possui uma vegetação predominante de cerrado e relevo montanhoso.

Principais Bairros[editar | editar código-fonte]

    • Centro / Três Poderes / Padre Eustáquio / São Miguel / Santa Monica / Vale Do Amanhecer / Marechal Rodom / Cidade Nova / JK / Aparecida / Resplendor / Vila Rica / Jardim Das Roseiras / Itatiaiuçu / Novo Horizonte / São Sebastião / Canarinho / Novo Igarapé / Pousada Del Rey / Fernão Dias / Veterinária / Condomínio Fazenda Solar .

Principais Avenidas e Ruas[editar | editar código-fonte]

Avenida Governador Valadares: - Principal avenida de Igarapé, corta o Centro de uma ponta a outra, começando na Avenida Fernão Dias e terminando na Avenida Duque De Caxias, nela esta localizada a Prefeitura de Igarapé, o Escola Estadual Professora Maria de Magalhães Pinto, que e patrimônio histórico, a galeria Shopping Igarapé e o Multishop, a 7ª Cia. da Policia Militar de Minas Gerais, os bancos Itau e Banco do Brasil, Também a Praça Miguel Henriques da Silva.

Avenida Professor Clóvis Salgado: - Avenida Mais Movimentada de Igarapé, começa no Centro na Avenida Fernão Dias, e segue cortando os bairro Santa Monica, Padre Eustáquio, Marechal Rondon, União, Vale Do Amanhecer e terminando no Cidade Clube Residencial, no entroncamento com as Avenidas Cristiano Chaves de Oliveira e Avenida Dezesseis. Nela esta Localizada a Praça Miguel Henriques da Silva, a Praça das lavadeiras, o Estádio Municipal Bernadino da Silva Couto, a Escola Cristiano Chaves de Oliveira e o Terminal Rodoviário de igarapé (ponto final dos ônibus intermunicipais)

Avenida Fernão Dias: - Avenida segue o trajeto da rodovia Fernão dias em ambos os lados, sendo que começa e termina na mesma, cortando os bairros Campina Verde, São Mateus, Estâncias Paraopeba, Novo Horizonte, São Sebastião, Centro, Madre Liliane, Nossa Senhora do Carmo, Bela Vista, Itatiaiuçu e o Distrito Industrial. Nela esta localizada As duas trincheiras de retorno da rodovia, a praça São Cristóvão, o portal de Igarapé

Rua João Rosa: - Rua de mão unica, que começa na Avenida Sanitária no Bairro Santa Monica, corta o bairro São Miguel e termina na Avenida Fernão Dias, mais preciso na trincheira da Fernão dias no Centro, nela está localizado o prédio da antiga prefeitura, alem do SINE de Igarapé e o Banco do Bradesco.

Avenida Berenice de Magalhães Pinto: - Avenida Localizada no Centro, Começa no entroncamento da Avenida Professor Clóvis Salgado e Governador Valadares e termina na Avenida Fernão Dias, nela está localizada a Praça Miguel Henriques da Silva e a Praça São Cristóvão, e a agência da Caixa Econômica Federal. Nesta avenida também ficava localizado um dos mais tradicionais bares da cidade o "Bar do Vilela" que durante anos foi ponto de encontro de amigos de toda a região.

Avenida Getúlio Vargas: - Inicia - se no Centro na Avenida Professor Clóvis Salgado, cortando os bairros Padre Eustáquio, Cafezal, Pacaembu, Atenas até terminar no Fernão Dias na Rua Felipe dos Santos, nela está localizada a Praça das Lavadeiras, Praça Ribeiro e Santos e o trevo do bairro Atenas.

Rua Silva Couto: - Inicia-se na Avenida Fernão Dias no bairro Itatiaiuçu, atravessando os bairros Meriti, Retiro Vicentino de Paulo, Resplendor e terminando na Avenida Castelo Branco no bairro Vila Rica, nela esta localizada a Praça Sebastião Amaro Sobrinho, a garagem da Lagoense e o Cemitério Municipal do Vila Rica.

Principais Praças[editar | editar código-fonte]

Praça Yançu Steuman / Praça Miguel Henriques da Silva (Praça Da matriz) - É a principal Praça de Igarapé, localizada No Centro Da cidade no entroncamento das Avenidas Governador Valadares, Berenice de Magalhães Pinto, Professor Clóvis Salgado e Rua Alexandre Nunes. E conhecida por ser ponto de encontro dos moradores de Igarapé,e também pelas maiorias das festas e circuitos culturais do município serem realizadas na mesma. Onde também se localiza a Igreja da matriz.

Praça São Cristóvão - Localizada No Centro De Igarapé, no entrocamento das Avenidas Berenice de Magalhães Pinto com Avenida Fernão Dias e Rua Tiradentes, na praça se localiza um altar dedicado a São Cristóvão.

Praça das Lavadeiras (Praça dos Correios) - Também Localizada no Centro, está no Entroncamento das Avenidas Professor Clóvis Salgado com Getúlio Vargas e ruas Alexandre Nunes e José Amâncio dos Santos.

Praça Sebastião Amaro Sobrinho - Localizada no Bairro Itatiaiuçu, no entroncamento das Ruas Silva Couto com Karez Wana Neto e Rua A, nessa praça se localiza a pista de Skate, ponto de encontro de Jovens de diversas tribos.

Praça Ribeiro e Santos - Localizada no bairro Padre Eustáquio, no entroncamento da Avenida Getúlio Vargas Com as Ruas São Vicente e Francisco Fernandes. Nesta Praça está Localizado o Espaço da musica, onde o ensaios da banda municipal Lira da Santo Antônio.

Rodovia que serve ao município[editar | editar código-fonte]

Igarapé está aliada ao sistema viário de rodovia, que liga a cidade aos principais centros industriais do país pela BR 381 - Rodovia Fernão Dias ( Trecho BH-São Paulo), beneficiando assim o seu crescimento.

Transporte Intermunicipal[editar | editar código-fonte]

Para Belo Horizonte

  • 3332 - Igarapé via Magna Seatting / Belo Horizonte
  • 3333 - Igarapé via Roseira / Belo Horizonte
  • 3334 - Igarapé / Belo Horizonte
  • 3337 - Igarapé via Resplendor / Belo Horizonte
  • 3802 - Itatiaiuçu via Igarapé / Belo Horizonte


Para Contagem

  • 3338 - Igarapé via Magna Seatting / Estação Eldorado
  • 3339 - Igarapé via Resplendor via Magna Seatting / Estação Eldorado - (Apenas Domingo/Feriado)
  • 3343 - Igarapé / Estação Eldorado
  • 3344 - Igarapé via Roseira / Estação Eldorado


Para Betim

  • 3345 - Igarapé via Roseira / Betim - Atendimento Apoio Mineiro
  • 3346 - Igarapé via Roseira / Betim
  • 3347 - Igarapé / Betim - Atendimento Apoio Mineiro
  • 3348 - Igarapé via Magna Seatting / Betim
  • 3350 - Igarapé via Resplendor via Magna Seating / Betim - (Apenas Domingo/Feriado)
  • 3351 - Igarapé / Betim


Para São Joaquim de Bicas

  • 3975 - Igarapé / São Joaquim De Bicas
  • 3980 - Igarapé / Nossa Senhora Da Paz
  • 3985 - Igarapé / Nossa Senhora da Paz via São Joaquim de Bicas

Feriados Municipais[editar | editar código-fonte]

  • 01 de Março - Emancipação Política.
  • 13 de Junho - Comemora o dia de Santo Antônio, padroeiro do município.
  • 20 de novembro - Dia da Consciência Negra.

Região Metropolitana[editar | editar código-fonte]

Igarapé faz parte da Região Metropolitana de Belo Horizonte, também conhecida pela abreviatura RMBH ou simplesmente Grande Belo Horizonte, é a terceira maior aglomeração urbana do Brasil, com uma população de 5.152.217 habitantes, conforme o Censo Estimativo de 2013, sem contar o colar metropolitano. Seu produto metropolitano bruto (PMB) somava em 2010 cerca de 132,9 bilhões de reais.

Pedra Grande[editar | editar código-fonte]

A Pedra Grande com 1.434 metros de altitude está situada na Serra de Itatiaia, no limite dos municípios de Igarapé, Mateus Leme e Itatiaiuçu. Localiza-se a 8km do centro de Igarapé. Do alto tem-se uma vista privilegiada da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

O Decreto Municipal n.º 1.318, de 1º de outubro de 2008, formaliza o tombamento do bem cultural denominado "Conjunto Natural e Paisagístico da Pedra Grande". Por determinação desse Decreto, quaisquer intervenções no local dependem de prévia deliberação do Conselho Deliberativo Municipal do Patrimônio Cultural de Igarapé.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. NAVARRO, E. A. Método moderno de tupi antigo: a língua do Brasil dos primeiros séculos. 3ª edição. São Paulo. Global. 2005. p. 79.
  7. Revista de história.com.br. Disponível em http://www.revistadehistoria.com.br/secao/capa/o-ouro-vermelho-de-minas-gerais. Acesso em 13 de maio de 2013.
  8. Denominações da cidade. igarapemg.com.br (inativo) / web.archive.org (2005). Página visitada em 24 de junho de 2012.
  9. IBGE - cidades@ - Histórico - IGARAPÉ (mg). ibge.gov.br. Página visitada em 24 de junho de 2012.
  10. Igarapé - Histórico. biblioteca.ibge.gov.br (2008). Página visitada em 24 de junho de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.