Betim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Dezembro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Município de Betim
"Contorno de Betim"

"Cidade Industrial"

Vista parcial de Betim

Vista parcial de Betim
Bandeira de Betim
Brasão de Betim
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 17 de dezembro de 1938
Gentílico betinense
Prefeito(a) Carlaile Pedrosa (PSDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Betim
Localização de Betim em Minas Gerais
Betim está localizado em: Brasil
Betim
Localização de Betim no Brasil
19° 58' 04" S 44° 11' 52" O19° 58' 04" S 44° 11' 52" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Metropolitana de Belo Horizonte IBGE/2008[1]
Microrregião Belo Horizonte IBGE/2008[1]
Região metropolitana Belo Horizonte
Municípios limítrofes Contagem, Ibirité, Juatuba, Mário Campos, Sarzedo, Igarapé, São Joaquim de Bicas e Esmeraldas
Distância até a capital 26 km
Características geográficas
Área 346 km² [2]
População 388 873 hab. IBGE/2012[3]
Densidade 1 123,91 hab./km²
Altitude 860 m
Clima tropical de altitude
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,749 alto PNUD/2010[4]
PIB R$ 25 314 345,580 mil (BR: 16º) – IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 58 938,14 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura http://www.betim.mg.gov.br/

Betim é um município brasileiro do estado de Minas Gerais e faz parte da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Possui 388.873 habitantes (IBGE/2012).[3] e a 5ª maior cidade do estado e uma das 50 maiores cidades do Brasil.

Em 2013 sediará a nona edição do mundial de clubes de voleibol masculino, que será disputado de 15 a 20 de outubro de 2013 no Ginásio Divino Braga.[6]

História[editar | editar código-fonte]

Há poucos registros sobre a ocupação da região de Betim antes da chegada dos lusos-brasileiros no século XVIII. No seu território, foram encontrados vestígios líticos lascados (área de implantação da alça viária que interliga as rodovias federais BR 381 e BR 262). O Museu da Cidade abriga também vestígios líticos polidos (lâminas de machado) encontrados nos bairros Capelinha e Açude. Betim foi ocupado por luso-brasileiros a partir do final do século XVII, quando sertanistas e aventureiros paulistas descobriram metais e pedras preciosas em Minas. Três cartas de sesmaria foram concedidas em seu atual território em 1711, sendo a mais conhecida a que foi concedida ao bandeirante Joseph Rodrigues Betim, genro de Borba Gato e ligado à bandeira de Fernão Dias. Seu primeiro núcleo de povoação a ganhar relevância foi o Arraial da Bandeirinha, responsável pela ereção da Capela Nova do Monte do Carmo, que depois deu nome à região. Conhecida desde então como Capela Nova do Betim, a região se consolidou como ponto de parada de tropeiros e produção para o abastecimento das regiões mineradoras de Minas. Foi elevada a distrito em 1801 e a município em 1938, em reforma administrativa empreendida pelo governo do estado. Grande impulso econômico aconteceu na década de 1960, com a instalação da Refinaria Gabriel Passos e da Fiat Automóveis, por iniciativa do governador Rondon Pacheco. A industrialização de Betim mudou seu caráter de cidade interiorana, multiplicando sua população e diversificando sua cultura.[7]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Filadelfia (região de Betim)[editar | editar código-fonte]

A cidade possui diversos bairros. O bairro Residencial Mirassol foi criado na década de 1980, e posteriormente cancelado.[8]

Principais monumentos[editar | editar código-fonte]

  • Monumento de emancipação do Município, localizado na confluência da Av. Gov. Valadares com Av. Amazonas.
  • Monumento de inauguração da Rodovia Fernão Dias, localizado na confluência desta com a Av. Bandeirantes.
  • Monumento à Antiga Matriz de N. Sra. do Carmo, demolida em 1969. Este monumento fica na Praça Milton Campos
  • Monumento aos 60 anos da emancipação do Município, localizado na cabeceira da Av. Juscelino Kubitschek

Bens culturais tombados[editar | editar código-fonte]

  • Casa da Cultura Josephina Bento
  • Capela de Nossa Senhora do Rosário
  • Estação Ferroviária
  • Colégio Comercial Betinense (atual Museu da cidade)
  • Portal da Colônia Santa Isabel
  • Conjunto Urbano da Colônia Santa Isabel
  • Acervo de objetos da Antiga Matriz e do Padre Osório Braga
  • Capela São Sebastião do Bairro Amazonas
  • Usina Hidrelétrica Dr. Gravatá
  • Monumento à Inauguração da Rodovia Fernão Dias
  • Caixa D’Água do Complexo Praça Milton Campos
  • Assentamento Dois de Julho do MST (Antiga Fazenda Ponte Nova)

Bens culturais registrados[editar | editar código-fonte]

  • Reinado de Nossa Senhora do Rosário
  • Folia de Reis do Bairro Santo Afonso

A política de proteção do patrimônio cultural é desenvolvida pela Fundação Artístico Cultural de Betim - FUNARBE, com acompanhamento do Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural.

principais Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

  • Horto Municipal e Ginásio Poliesportivo Divino Braga
  • Casa da Cultura Josefina Bento
  • Barragem Várzea das Flores
  • Parque de Exposições David Gonçalves Lara
  • Centro Artístico Cultural Frei Estanislau - Imbiruçu
  • Centro Popular de Cultura Frei Francisco Van Der Poel (Frei Chico) - PTB
  • Capela de Nossa Senhora do Rosário
  • Igreja de São Sebastião (várzea das Flores)
  • Capela de São Sebastião (do bairro Amazonas)
  • Igreja de Nossa Senhora do Carmo
  • Salão do Encontro (SASFRA) importante centro de artesanato cujo trabalho tornou a arte betinense reconhecida mundialmente
  • Colônia Santa Isabel
  • Museu Paulo Araújo Moreira Gontijo
  • Praça da Cacimba
  • Igreja de São Cristóvão (réplica da antiga Matriz demolida em 1969)
  • Estação Ferroviária
  • Parque Ecológico Vale Verde (bairro vianópolis)

Feriados municipais[editar | editar código-fonte]

  • 16 de julho - Comemora o dia da padroeira do município, Nossa Senhora do Carmo.
  • 20 de novembro - Dia da Consciência Negra.
  • Curiosidade: 17 de dezembro - Emancipação Política do Município de Betim, não é feriado municipal.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. a b Censo Populacional 2012. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. SadaCruzeiro.com.br. SADA CRUZEIRO E FIVB ANUNCIAM MUNDIAL DE CLUBES EM BETIM, EM OUTUBRO (em português brasileiro). Página visitada em 30 de setembro de 2013.
  7. Betim terá shopping com rodoviária às margens da BR-381
  8. Raquel Tomanik (2003). Proposta metodológica de montagem de um SIG aplicado à classificação de irregularidades na ocupação urbana: o caso do bairro São João em Betim. Página visitada em 4 de Dezembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]