Jean-Paul Belmondo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Jean-Paul Belmondo
Jean-Paul Belmondo em 2001
Nacionalidade França francês
César
Melhor Ator - 1989: Itinéraire d'un enfant gâté
Jean-Paul Belmondo no Festival de Cannes de 2011

Jean-Paul Belmondo (Neuilly-sur-Seine, 9 de Abril de 1933) é um ator francês.

É filho do famoso escultor parisiense Paul Belmondo (1898-1982) e da dançarina Madeleine Belmondo. É também conhecido como Bébel.

Na juventude, não foi muito bem nos estudos, mas desenvolveu uma grande paixão pelo box e pelo futebol.

Pensou em se tornar boxeador profissional, mas desistiu após duas lutas.

Começou a atuar aos 17 anos de idade. Em 1954, conseguiu o ingresso no Conservatório de Paris e iniciou sua carreira no cinema em 1955, com diversos papéis secundários.

Sua primeira grande performance foi em À bout de souffle (Breathless) de Jean-Luc Godard em (1960), que o tornou um dos grandes atores da Nouvelle Vague.

Em 1964 esteve no Brasil para filmar O Homem do Rio, em cenas coloridas no qual aparece a recém-fundada Brasília, uma relíquia histórica da nova capital.

Em 2001, foi internado por duas semanas, devido a um acidente vascular cerebral, mas se recuperou de forma excelente.

Filmografia[editar | editar código-fonte]