Jornada Mundial da Juventude

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jornada Mundial da Juventude
Giornata mondiale della gioventù
A Cruz e o Ícone Mariano, símbolos oficiais das jornadas
Primeira edição 1986
Edição atual 2016(previsão)
Período 2 e 3 anos, entre julho e agosto
Gênero Católico
Ingresso pago, contribuições econômicas
Idealizado por João Paulo II
Página oficial http://www.vatican.va/gmg/

A Jornada Mundial da Juventude também conhecido como JMJ ou originalmente em italiano Giornata mondiale della gioventù ou GMG é um evento religioso instituído pelo Papa João Paulo II em 20 de dezembro de 1985,[1] que reúne milhões de católicos de todo o mundo, sobretudo jovens. Com duração de cerca de uma semana, promove eventos da Igreja Católica para os jovens e com os jovens.
Reúne milhares de jovens para celebrar e aprender sobre a fé católica, para conhecer melhor a doutrina católica e para construir pontes de amizade e esperança entre continentes, povos e culturas, além de compartilhar entre si a vivência da espiritualidade.
Inspirado por grandes encontros de jovens do mundo em eventos especiais ocorridos no Domingo de Ramos em Roma, dos anos de 1984 e 1985, o Papa João Paulo II estabeleceu a Jornada Mundial da Juventude como um evento anual (que passou depois a ser com intervalos de dois ou três anos) com o objetivo de alcançar novas gerações de católicos, propagando assim os ensinamentos da Igreja.

O evento é realizado numa cidade escolhida pelo Papa. Nos anos intermediários, as Jornadas são vividas localmente, no Domingo de Ramos, pelas dioceses ao redor do mundo. Para cada Jornada, o Papa sugere um tema, retirado de um versículo bíblico. Assim, cada Jornada possui um hino baseado no tema, patronos, intercessores e um logotipo. Durante a JMJ, acontecem eventos como catequeses, adorações, missas, momentos de oração, palestras, partilhas e shows, tudo em diversas línguas.[2]

Na edição de 1995, em Manila, Filipinas o evento reuniu cerca de 4 milhões de pessoas, uma das maiores concentrações de católicos da história. A JMJ de 2013, realizada no Rio de Janeiro, Brasil, reuniu cerca de 3,7 milhões de jovens, sendo a segunda maior concentração de jovens da história deste evento.

Apesar de ser organizada pela Igreja Católica, a JMJ é um convite a todos os jovens do mundo.

…a esperança de um mundo melhor está numa juventude sadia, com valores, responsável e, acima de tudo, voltada para Deus e para o próximo.
 

História[editar | editar código-fonte]

Origem[editar | editar código-fonte]

Entre 1983 e 1984, no 1950º aniversário da Ressurreição de Jesus, foi realizado em Roma o Ano Santo da Redenção.No programa foi inserido o Jubileu Internacional da Juventude próximo do Domingo de Ramos, naquela ocasião trezentos mil jovens de diversas partes do mundo, foram acolhidos por cerca de seis mil famílias romanas. Em virtude disso, o Papa João Paulo II deu uma cruz de madeira para simbolizar aos jovens "como um símbolo do amor de Cristo pela humanidade, e anunciem a todos que somente na morte e ressurreição de Cristo podemos encontrar a salvação e a redenção". Desde então, a cruz peregrina, participa de vigílias internacionais e visitou dezenas de países em todos os continentes em todas as Jornadas.

O ano de 1985 foi proclamado o Ano Internacional da Juventude. João Paulo II teve a oportunidade de repetir a experiência do ano anterior, promovendo um novo encontro, que ele chamou de trezentos e cinquenta jovens , novamente no Domingo de Ramos. Nesta ocasião, o Papa estabeleceu oficialmente a Jornada Mundial da Juventude, com a primeira ideia de ser comemorado anualmente apenas uma semana antes da Páscoa.Contudo, a instituição oficial da JMJ pelo Papa João Paulo II só ocorreria em 20 de dezembro de 1985, e a Iª JMJ ocorreria no Domingo de Ramos de 1986.[3]
A partir de então, passou a ser organizada a cada dois anos, como regra geral (algumas, a partir de 2000 ocorreram com três anos de intervalo). Cada evento é organizado em diferentes cidades do mundo. Desde então, o departamento do Vaticano responsável pela organização e coordenação das Jornadas Mundiais da Juventude é o Pontifício Conselho para os Leigos, cujo "Seção Juventude" foi criado para este fim , em 1985 [2] .

Papa João Paulo II[editar | editar código-fonte]

Roma 1986[editar | editar código-fonte]

A primeira edição foi realizada em Roma, em 23 de março de 1986. Na ocasião, João Paulo II dirigiu-se aos jovens de todo o mundo com a letra Sempre pronto a dar testemunho da esperança que há em vós, dando, assim, a nomeação a todos para o próximo ano não está de volta a Roma , mas em Buenos Aires. Nos anos ímpares , a reunião será realizada em uma cidade do mundo, escolhido pelo papa.

Buenos Aires 1987[editar | editar código-fonte]

Em 1987, os jovens foram convocados a Buenos Aires, onde 1 milhão de participantes ouviram as mensagens do Papa, como esta:

Repito ante vós o que venho dizendo desde o primeiro dia do meu pontificado: que vós sois a esperança do Papa, a esperança da Igreja.
 

Santiago de Compostela 1989[editar | editar código-fonte]

Dois anos depois, 600 mil jovens foram em peregrinação à cidade espanhola de Santiago de Compostela.

Częstochowa 1991[editar | editar código-fonte]

Em 1991, 1,5 milhão pessoas participaram da Jornada no santuário mariano da cidade polonesa de Częstochowa e o Papa João Paulo II foi o primeiro Papa a falar em esperanto. Depois da queda do Muro de Berlim, essa foi a primeira ocasião em que os jovens do Leste Europeu puderam participar livremente do evento.

Denver 1993[editar | editar código-fonte]

Meio milhão de jovens encontraram o Papa João Paulo II em 1993, na cidade americana de Denver, diante do impressionante cenário das Montanhas Rochosas.

Manila 1995[editar | editar código-fonte]

Um dos maiores encontros católicos de todos os tempos teve lugar em Manila, nas Filipinas, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude de 1995. As estimativas foram que mais de 4 milhões de jovens estiveram presentes no evento, cujo tema foi "Assim como o Pai me enviou, também Eu vos envio" (João 20:21).

Paris 1997[editar | editar código-fonte]

Em 1997, foram muitos jovens que responderam ao convite do Papa para a Jornada em Paris, que terminou com um evento reunindo quase um milhão de pessoas.

Roma 2000[editar | editar código-fonte]

O Jubileu do ano 2000 converteu-se também no jubileu das Jornadas Mundiais da Juventude, pois a celebração dos 2000 anos do nascimento de Jesus Cristo refletiu como tema para as celebrações do evento. A Jornada de 2000 marcou pelo mais belo hino "Emmanuel", cantado originalmente em italiano, inglês, francês e espanhol, e foi tido como um "hino de todas as jornadas". Cerca de 2,5 milhões de jovens, segundo a imprensa local, reuniram-se em Roma para um novo encontro com o Papa.

Toronto 2002[editar | editar código-fonte]

A cidade canadense de Toronto foi a sede do encontro de 2002, onde 800 mil pessoas encontraram-se para a última Jornada com o peregrino João Paulo II. O Papa lembrou a todos que o espírito jovem é algo que não pode ser sufocado:

Vós sois jovens e o Papa é idoso, e ter 82 ou 83 anos não é a mesma coisa que ter 22 ou 23. Todavia, ele continua a identificar-se plenamente com as vossas esperanças e as vossas aspirações. Juventude de espírito, juventude de espírito! Embora eu tenha vivido no meio de muitas trevas, sob duros regimes totalitários, tive suficientes motivos para me convencer de maneira inabalável de que nenhuma dificuldade e nenhum temor é tão grande a ponto de poder sufocar completamente a esperança que jorra sem cessar no coração dos jovens.
 

Papa Bento XVI[editar | editar código-fonte]

Colónia 2005[editar | editar código-fonte]

A Jornada entre os dias 16 e 21 de Agosto de 2005 em Colónia, na Alemanha (Jornada Mundial da Juventude de 2005, Weltjugendtag Köln 2005 em alemão), foi a primeira após a morte do Papa João Paulo II. O evento foi presidido pelo Papa Bento XVI naquela que foi a primeira viagem internacional do seu pontificado. Mais de um milhão de jovens se ajoelharam junto com o Papa na vigília de 20 de agosto. Na Missa de Envio de 21 de agosto, Thomas Gabriel (compositor e músico alemão) compôs a Missa mundi (Missa Mundial), representando os cinco continentes em estilo e instrumentação: um Kyrie europeu influenciado pelo estilo de J. S. Bach, um Gloria sul-americano com flautas de pã e instrumentos de corda, um Credo asiático com sitar, um Sanctus africano com tambores, e um Agnus Dei australiano com didjeridus.

Sydney 2008[editar | editar código-fonte]

Em 15 de julho de 2008, em Sydney na Austrália, iniciou-se a Jornada Mundial da Juventude de 2008 sob o tema: "Recebereis a força do Espírito Santo, que virá sobre vós, e sereis Minhas testemunhas" (Atos 1:8).

Madrid 2011[editar | editar código-fonte]

De 16 a 21 de agosto de 2011, Madrid reuniu cerca de 1,5 milhão de jovens para a Jornada Mundial da Juventude de 2011, com o tema "Arraigados e edificados em Cristo, firmes na fé" (Colossenses 2:7).

Papa Francisco[editar | editar código-fonte]

Rio de Janeiro 2013[editar | editar código-fonte]

No dia 21 de agosto de 2011, ao concluir a Missa de envio no aeródromo de Quatro Ventos em Madrid (Espanha), o Papa Bento XVI anunciou que a seguinte Jornada Mundial da Juventude seria na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Ao fazer o esperado anúncio, o Santo Padre disse:

agrada-me anunciar agora que a sede da próxima Jornada Mundial da Juventude, em 2013, será o Rio do Janeiro(...)Peçamos ao Senhor desde este instante que assista com sua força a quantos deverão pô-la em marcha e aplaine o caminho para os jovens de todo o mundo para que possam reunir-se novamente com o Papa nessa bela cidade brasileira(...)Antes de nos despedirmos e depois que os jovens da Espanha entreguem aos do Brasil a cruz das Jornadas Mundiais da Juventude, como Sucessor de Pedro confio todos os aqui presentes esta grande tarefa: levem o conhecimento e o amor de Cristo por todo mundo
 

A JMJ do Rio de Janeiro foi a primeira com a participação do Papa Francisco. O evento reuniu 3,7 milhões de fiéis e é considerado pelo RankBrasil – Recordes Brasileiros o maior evento cristão do país.

Cracóvia 2016[editar | editar código-fonte]

Marcador do evento atual
Este artigo ou seção contém informações sobre um evento futuro.
É possível que contenha informações de natureza especulativa e seu conteúdo pode mudar drasticamente.

Foi anunciado pelo Papa Francisco, na Missa de Envio no Rio de Janeiro, que a próxima Jornada Mundial da Juventude será realizada na cidade de Cracóvia, na Polónia. A Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora ainda não foram entregues aos poloneses, o que deve ocorrer, segundo a previsão, no Domingo de Ramos de 2014, em Roma.[5] O tema da JMJ em Cracóvia já foi anunciada pelo Papa e será baseada nas bem-aventuranças do Evangelho, tal como as Jornadas Arquidiocesanas precedentes que servirão de preparação para o evento em 2016. O lema será "Bem-aventurados os misericordiosos, porque encontrarão misericórdia" (Mateus 5:7)[6] , pois estas mesmas jornadas mundiais vão decorrer na cidade das revelações da Divina Misericórdia a Santa Faustina.

Aspectos Culturais e Tradições das Jornadas[editar | editar código-fonte]

A Jornada Mundial da Juventude é um evento como qualquer outro direcionado ao público jovem, porém com a dimensão católica de oração e de evangelização. Possui, como forte aspecto cultural, a presença e a unidade entre inúmeras nações e culturas diferentes: conhecer essas culturas, principalmente a do país anfitrião, e perceber o desaparecimento de fronteiras através da fé em comum. No entanto, o motivo principal do evento não é tal aspecto cultural nem a presença do Papa, mas sim um encontro espiritual segundo a fé católica em Jesus Cristo. O Papa Bento XVI, em seu balanço à Cúria Romana, criticou a tendência de a JMJ ser vista como um simples festival de rock eclesial, pois o evento é uma "festa que só surgiu após um longo caminho exterior e interior, tornando-se uma festa da fé em Cristo".[7]

Tradicionalmente, os jovens levam para o evento bandeiras de seus países (ou também de seus estados/províncias quando é da nação-sede) para mostrar sua presença nos eventos e facilitar a identificação dos grupos. Levam também bandeiras ou outras declarações nacionais de grupos, movimentos ou pastorais de que participam, proclamando suas músicas próprias e nacionais, lemas e metas dentro da Igreja Católica. Outra tradição no evento é a troca de bandeiras, camisetas, artigos religiosos (cruzes, ícones, terços, bótons e outros) e outros artigos, como forma de iniciar novas amizades e promover o acolhimento entre as culturas. Conversas sobre a realidade do país dos outros jovens é muito comum e existe um grande intercâmbio cultural e social. Há também como tradição a peregrinação dos jovens, que devem se deslocar a pé para as catequeses da semana (locais próximos aos alojamentos) e para o local da Vigília e da Missa de Envio (normalmente distante em cerca de 10 quilômetros). E ainda, a tradição da acolhida ao Papa, que inclui sua aparição pública, desde a corrida do papamóvel até o encerramento do evento com a Missa de Envio.[8]

A Cruz e o Ícone das Jornadas[editar | editar código-fonte]

História da Cruz da JMJ

A Cruz da JMJ ficou conhecida por diversos nomes: Cruz do Ano Santo, Cruz do Jubileu, Cruz da JMJ, Cruz Peregrina, muitos a chamam de Cruz dos Jovens porque ela foi entregue pelo papa João Paulo II aos jovens para que a levassem por todo o mundo, a todos os lugares e a todo tempo.

A cruz de madeira de 3,8 metros foi construída e colocada como símbolo da fé católica, perto do altar principal na Basílica de São Pedro durante o Ano Santo da Redenção (Semana Santa de 1983 à Semana Santa de 1984). No final daquele ano, depois de fechar a Porta Santa, o Papa João Paulo II deu essa cruz como um símbolo do amor de Cristo pela humanidade. Quem a recebeu, em nome de toda a juventude foram os jovens do Centro Juvenil Internacional São Lourenço em Roma. Estas foram as palavras do Papa naquela ocasião:

Meus queridos jovens, na conclusão do Ano Santo, eu confio a vocês o sinal deste Ano Jubilar: a Cruz de Cristo! Carreguem-na pelo mundo como um símbolo do amor de Cristo pela humanidade, e anunciem a todos que somente na morte e ressurreição de Cristo podemos encontrar a salvação e a redenção
 
Papa João Paulo II, Roma - 1984,

Os jovens acolheram o desejo do Santo Padre. Levaram a cruz ao Centro São Lourenço, que se converteria em sua morada habitual durante os períodos em que ela não estivesse peregrinando pelo mundo.

Desde 1984, a Cruz da JMJ peregrinou pelo mundo, através da Europa, além da Cortina de Ferro, e para locais das Américas, Ásia, África e Oceania, estando presente em cada celebração internacional da Jornada Mundial da Juventude. Em 1994 a Cruz começou um compromisso que, desde então, se tornou uma tradição: sua jornada anual pelas dioceses do pais sede de cada JMJ internacional, como um meio de preparação espiritual para o grande evento.

O Ícone de Nossa Senhora

Em 2003, o Papa João Paulo II deu aos jovens um segundo símbolo de fé para ser levado pelo mundo, acompanhando a Cruz da JMJ: o Ícone de Nossa Senhora, Salus Populi Romani, uma cópia contemporânea de um antigo e sagrado ícone encontrado na primeira e maior basílica para Maria a Mãe de Deus, no ocidente, Santa Maria Maior.

Hoje eu confio a vocês o Ícone de Maria. De agora em diante ele vai acompanhar as Jornadas Mundiais da Juventude, junto com a Cruz. Contemplem a sua Mãe! Ele será um sinal da presença materna de Maria próxima aos jovens que são chamados, como o Apóstolo João, a acolhe-la em suas vidas
 
Papa João Paulo II, Roma - 18ª Jornada Mundial da Juventude, 2003,
Papa Bento XVI continua o legado

O Papa Bento XVI, continuando o legado de seu predecessor, falou na cerimônia de entrega da Cruz e do Ícone da JMJ de um grupo de jovens alemães para uma delegação de jovens australianos no Domingo de Ramos de 2006, enfatizando porque o Ícone de Maria acompanha a peregrinação, junto com a Cruz da JMJ.

Nossa Senhora esteve presente no cenáculo com os Apóstolos quando eles estavam esperando por Pentecostes. Que ela seja vossa mãe e guia. Que ela vos ensine a receber a palavra de Deus, a valorizá-la e meditá-la em seu coração (Lucas 2:19) como ela fez com sua vida. Que ela possa encorajar-vos a dizer o vosso "sim" ao Senhor ao viver "a obediência da fé". Que ela possa ajudar-vos a permanecer fortes na fé, constantes na esperança, perseverantes na caridade, sempre atentos à palavra de Deus. Ao observarmos Maria no Ícone carregando seu Filho, ela nos ensina como levá-lo para o mundo.
 
Papa Bento XVI, 2006,

Milhões de jovens, desde 1985, participaram das Jornadas Mundiais da Juventude. Centenas de milhares continuam participando a cada JMJ, da graça do evento pelo seu encontro com a Cruz e com o Ícone da JMJ. Esses símbolos são apresentados ao mundo de forma mais contundente pelos jovens que os levam, não por alguns momentos ou horas, mas pelo exemplo diário de suas vidas cristãs.

Pré-Jornadas[editar | editar código-fonte]

Uma Pré-Jornada envolve todos os eventos anteriores a uma Jornada Mundial da Juventude, com o objetivo de preparação espiritual ao evento.

  • Em primeiro lugar, as peregrinações da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora, símbolos das jornadas, pelas dioceses e arquidioceses do país, atendendo a todas as regiões até chegar na cidade-sede nos últimos dias antes da semana da JMJ. No Brasil, em função da JMJ-Rio2013, essas peregrinações levaram o nome "Bote Fé Brasil".
  • Em segundo lugar, os "Dias nas Dioceses", ou seja, dias anteriores ao evento nos quais os jovens estrangeiros ficam em outras cidades do país anfitrião para conhecer as culturas regionais e orar junto a essa comunidade. A ideia dos Dias nas Dioceses surgiu com a JMJ de Paris, em 1997, e tem caráter opcional na jornada, porém facilita a evangelização dos jovens. No Brasil, em função da JMJ-Rio2013, esses dias levaram o nome "Semana Missionária" devido ao viés de missão, no qual o jovem contribui na evangelização da juventude.[9]

Todas as Jornadas Mundiais da Juventude[editar | editar código-fonte]

Fonte: Vaticano [nota 1]

Edição Ano Data Sede Público Tema Hino Observações
0 1984 15 de abril Roma,
Vaticano
300 000 [10] Ano Santo da Redenção: Uma festa de esperança Resta qui con noi

[Italiano]

I 1985 31 de março Roma,
Vaticano
350 000 [10] Ano Internacional da Juventude
II 1987 1112 de abril Buenos Aires,
 Argentina
1 000 000 "Assim conhecemos o Amor que Deus tem por nós e confiamos nesse Amor" (I João 4:16) Un Nuevo Sol

[Espanhol]

  • Primeira JMJ fora da Europa
IV 1989 1920 de agosto Santiago de Compostela,
 Espanha
600 000 "Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida" (Jo 14,6) Somos los Jóvenes del 2000

[Espanhol]

VI 1991 1015 de agosto Częstochowa,
 Polónia
1 600 000 "Vocês receberam o Espírito que os adota como filhos" (Rm 8,15) Abba Ojcze

[ Polonês Italiano Espanhol]

VIII 1993 1015 de agosto Denver,
 Estados Unidos
900 000 "Eu vim para que tenham Vida, e a tenham plenamente" (Jo 10,10) We Are One Body

[Inglês]

X 1995 1015 de janeiro Manila,
Filipinas
4 000 000 [11] "Assim como o Pai me enviou, também Eu vos envio" (Jo 20,21) Tell the World of His Love

[Inglês]

XII 1997 1924 de agosto Paris,
 França[12]
1 200 000 "Mestre, onde moras? Vinde e vereis" (Jo 1,38-39) Maître et Seigneur, Venu chez nous

[Francês]

XV 2000 1520 de agosto Roma,
Vaticano
 Itália
2 000 000 "E o Verbo se fez Carne e habitou entre nós" (Jo 1,14) Emmanuel

[Italiano, Inglês, Francês ,Espanhol]

XVII 2002 2328 de julho Toronto,
 Canadá
800 000 "Vós sois o sal da terra... Vós sois a luz do mundo" (Mt 5,13-14) Lumière du Monde/Light of the World

[ Francês Inglês Espanhol Italiano]

XX 2005 1621 de agosto Colônia,
 Alemanha
1 200 000[13] [14] "Viemos adorá-Lo" (Mt 2,2) Venimus Adorare Eum

[ Alemão Latim Francês Espanhol Inglês Italiano]

XXIII 2008 1520 de julho Sydney,
 Austrália
500 000[15] "Recebereis a força do Espírito Santo, que virá sobre vós, e sereis Minhas testemunhas" (Atos 1:8) Receive the Power

[ Inglês Italiano Espanhol Francês]

XXVI 2011 1621 de agosto Madrid,
 Espanha[16]
2 000 000[17] [18] [19] "Enraizados e edificados em Cristo... firmes na Fé" (Cl 2,7)[20] Firmes en la Fe

[ Espanhol Inglês Francês Italiano Alemão Polonês]

XXVIII 2013 2328 de julho Rio de Janeiro,
 Brasil[21]
3 700 000[22] "Ide e fazei discípulos entre todas as nações" (Mt 28,19) Esperança do Amanhecer
XXXI 2016 2631 de julho (ainda não confirmado pelo Papa) Cracóvia,
 Polónia
A definir "Bem-aventurados os que são misericordiosos, porque encontrarão misericórdia" (Mt 5,7)[24] A definir
  • Após 25 anos a JMJ retorna a Polônia
  • A Polônia se torna o terceiro país a sediar o evento em duas edições
  • Essa JMJ será uma homenagem ao Papa João Paulo II

Jornadas Diocesanas da Juventude[editar | editar código-fonte]

As Jornadas Diocesanas da Juventude (abreviado em JDJ) são realizadas a nível regional e diocesano sempre no Domingo de Ramos e com um tema diferente para meditar. Uma vez que a JDJ acontece no Domingo de Ramos, o evento quase sempre inclui a tradicional Missa de Ramos, ou Missa do Domingo da Paixão, quando se comemora a chegada triunfal de Jesus a Jerusalém. Música, oração, oportunidades de confissão e adoração ao Santíssimo Sacramento também podem fazer parte da celebração das Jornadas Diocesanas.[25]

Data Tema
23 de março de 1986 Estejam sempre preparados para responder a qualquer que lhes pedir a razão da vossa esperança. I Pedro 3:15
27 de março de 1988 Fazei o que Ele vos disser. João 2:5
8 de abril de 1990 Eu sou a videira, vós sois os ramos. João 15:5
12 de abril de 1992 Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho. Marcos 16:15
27 de março de 1994 Como o Pai me enviou, também Eu vos envio a vós. João 20:21
31 de março de 1996 Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna. João 6:68
5 de abril de 1998 O Espírito Santo vos ensinará todas as coisas. João 14:26
28 de março de 1999 O Pai vos ama. João 16:27
8 de abril de 2001 Se alguém quer vir depois de mim, negue a si mesmo, tome cada dia a sua cruz, e siga-me. Lucas 9:23
13 de abril de 2003 Eis aí a tua mãe! João 19:27
4 de abril de 2004 Queremos ver Jesus. João 12:21
9 de abril de 2006 A tua palavra é lâmpada para os meus pés e luz para o meu caminho. Salmos 119:105
1° de abril de 2007 Como eu vos amei, assim amai-vos também uns aos outros. João 13:34
5 de abril de 2009 Colocamos nossa esperança no Deus vivo. I Timóteo 4:10
28 de março de 2010 Bom Mestre, o que devo fazer para ganhar a vida eterna? Marcos 10:17
1° de abril de 2012 Alegrai-vos sempre no Senhor. Filipenses 4:4
13 de abril de 2014 Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino do Céu. Mateus 5:3
29 de março de 2015 Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus. Mateus 5:8

[26] [27]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. O Caminho das Jornadas Mundiais da Juventude (em espanhol). Página visitada em 8 de agosto de 2013.
  2. ABC da Jornada_Portal Ecclesia. Página visitada em 24 de julho de 2013.
  3. 1986_I Jornada Mundial da Juventude. Página visitada em 8 de agosto de 2013.
  4. O Papa anuncia que a seguinte JMJ será no Rio de Janeiro em 2013 (21 de agosto de 2011).
  5. http://www.rio2013.com/pt/noticias/detalhes/3531/simbolos-da-jmj-serao-entregues-a-polonia-no-domingo-de-ramos
  6. http://www.news.va/pt/news/papa-escolhe-os-temas-das-tres-proximas-jornadas-m
  7. http://noticias.cancaonova.com/noticia.php?id=271950
  8. http://en.wikipedia.org/wiki/World_Youth_Day
  9. http://www.juventudeniteroi.org.br/semanamissionaria/sm.php
  10. a b Jornada Mundial da Juventude - História e cronologia (22/7/2013).
  11. Conheça as Jornadas Mundiais da Juventude.
  12. Baptismal Vigil with Young People. Vatican.va (1997-08-23). Página visitada em 2011-12-05.
  13. WYD08 FAQs - About... Q6
  14. New South Wales Parliament Hansard - [World Youth Day 2005] culminated in Pope Benedict XVI announcing on 21 August 2005 before 1.2 million people in Cologne, Germany
  15. Confira os números da Jornada Mundial da Juventude 2008. Canção Nova Notícias (21 de julho de 2008). Página visitada em 25 de agosto de 2013.
  16. Hundreds of Thousands gather for pope's youth finale - SBS News[ligação inativa]
  17. Cerca de un millón y medio de personas reciben al Papa en Cuatro Vientos. Europapress.es (2011-08-21). Página visitada em 2011-12-05.
  18. juan vicente boo / corresponsal en el vaticano (2011-08-21). Dos millones de oraciones. ABC.es. Página visitada em 2011-12-05.
  19. WYD: Looking back on the Pope's visit to Madrid. News.va (2011-08-24). Página visitada em 2011-12-05.
  20. Holy Father chooses themes for future World Youth Days. Catholicnewsagency.com (2008-12-16). Página visitada em 2011-12-05.
  21. "Brazil to host World Youth Day, pope announces", CNN, Al Goodman, August 21, 2011
  22. http://www.rio2013.com/pt/noticias/detalhes/3443/jmj-rio2013-alcanca-publico-recorde-de-3-7-milhoes-de-pessoas-em-copacabana
  23. Por causa da chuva, vigília e missa do papa são transferidas de Guaratiba para Copacabana
  24. http://www.news.va/pt/news/papa-escolhe-os-temas-das-tres-proximas-jornadas-m
  25. http://en.wikipedia.org/wiki/World_Youth_Day
  26. http://www.arquidiocesejuizdefora.org.br/downloads/documentos/5/Jornada_Mundial_da_Juventudedoc6.pdf
  27. http://www.news.va/pt/news/papa-escolhe-os-temas-das-tres-proximas-jornadas-m

Notas

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jornada Mundial da Juventude