LGM-30 Minuteman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
LGM-30 Minuteman
Minuteman I launch color.png
Foto colorida do Minuteman I
Tipo ICBM
Local de origem  Estados Unidos
História operacional
Em serviço 1962 (Minuteman I)
1965 (Minuteman II)
1970 (Minuteman III)
Utilizadores  Estados Unidos
Histórico de produção
Fabricante Boeing
Custo unitário US$ 7000000
Especificações
Peso 35,300 t (77 822 lb)
Comprimento 18,2 m (59,71 ft)
Diâmetro 1,7 m (5,58 ft)
Ogiva Nuclear W62, W78 ou W87 (2006)
Detonador explosão aérea
Poder explosivo 1 a 2 MT
Motor três motores a propelente sólido:
1º estágio Thiokol T-122 (M-55);
2º estágio Aerojet-General SR-19-AJ-1;
3º estágio Aerojet/Thikol SR73-AJ/TC-1
Alcance
Operacional
13,000 km (8,08 mi)
Altitude de vôo 1,200 km (0,75 mi)
Velocidade 24,100 km/h (Mach 23) fase final
Sistema de
orientação
Inercial
Precisão 200 m
Plataforma de
lançamento
Silo de míssil (MLCC)
Lançamento de um Minuteman III na base aérea de Vandenberg, Califórnia, Estados Unidos.

O LGM-30 Minuteman é um projeto de míssil balístico intercontinental (ICBM) nuclear dos Estados Unidos. Em 2006, ele é o único ICBM lançado do chão em serviço naquele país. É complementado pelo SLBM Trident II e por armas nucleares carregadas por bombardeiro estratégicos de longo alcance.

O Minuteman III possui três estágios, todos de propelentes sólidos. Seu alcance é de aproximadamente 10.000 km e a velocidade terminal chega a 7 km/s ou 24 100 km/h.

História[editar | editar código-fonte]

um dos primeiros minuteman

o LGM-30 minuteman foi feito em 1960 servindo ao Estados Unidos da América deste ano a 1997, as novas atualizações permitiram as os novos mísseis ficarem em serviço até 2025, essas atualizações são um propugnador de foguete sólido e um computador de voo digital ultramoderno, esse computador foi uma grande conquista pois era difícil fazer um que se ajustava em um projétil, e também por quê isso aumentou a chance de atingir o alvo bem distante com grande precisão na guerra fria, o computador além de acertar o alvo compensava a gravidade com a inclinação certa.

Etapas[editar | editar código-fonte]

Esquema que mostra os estágios de lançamento do míssil.

1: O míssil minuteman sai da base em algum lugar do país com o primeiro motor(A).

2: Aproximadamente 60 segundos depois da decolagem o primeiro motor se desprende e o segundo motor(B) acende, a mortalha míssil(E) é lançada.

3: Aproximadamente 120 segundos depois da decolagem o segundo motor se desprende e o terceiro motor(C) acende.

4: Aproximadamente 180 segundos depois da decolagem o terceiro motor dá o último empurrão as ogivas(D) e se desprende.

5: O veículo de poste-aumento (a porte de baixo do D) prepara o veicúlo de reentrada (ogivas) que saem da atmosfera, e são preparadas para atingir o alvo com muita precisão.

6: As ogivas são lançadas do veículo de poste-aumento.

7: As ogivas(que podem ser de vários modelos como:W88, W87, W78, W76...) reentram na atmosfera a altíssimas velocidades.

8: As ogivas que são geralmente colocadas em trios explodem na atmosfera ou ao penetrarem no solo no alvo selecionado, podendo atingir três alvos ao mesmo tempo já que as ogivas são colocadas em trios.

ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre mísseis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.