Mark 4

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mark 4
Mk4 Fat Man bomb.jpg

Tipo Arma nuclear
Local de origem  Estados Unidos
História operacional
Em serviço de 1949 à 1953
Utilizadores  Estados Unidos
Histórico de produção
Quantidade
produzida
550
Especificações
Peso 4,9 ton
Comprimento 3,3 m
Diâmetro 1,5 m
Carga explosiva urânio e plutônio
Poder explosivo 1 à 30 quilotons (variável)

Mark 4 foi uma linha de bombas de fissão dos Estados Unidos da América, como que na Segunda Guerra Mundial o Fat Man foi a bomba com maior poder, os projetos seguintes como este a W5 e a Mark 6, foram todos projetos semelhantes a o Fat Man, alguns variantes destes projetos eram tão parecidos com ele que foram considerados replicas quase perfeitas do Fat.

Este projeto tinha o mesmo tamanho a componentes(urânio e plutônio) do material físsil de um Mark 3(Fat), mas aplicaram técnicas mais modernas para facilitar a produção em massa. O Mark 4 tinha 1,5 m de diâmetro e 128 polegadas (3,3 m) de comprimento, as mesmas dimensões de base do Mark 3. Ele pesava pouco mais de 4,900 kg.

Além de serem mais fáceis de fabricar, o Mark 4 introduziu o conceito de inserção no vôo ou IFI , um conceito de segurança de armas que foi usado para um número de anos. Uma bomba IFI tem manual ou mecânico de montagem, que mantém o núcleo nuclear armazenados fora da bomba até certo ponto antes de ser lançado no alvo. Para armar a bomba, os materiais nucleares físseis são inseridos no núcleo da bomba, que logo depois é selada e lançada.

O Mark 4 teve as potências: 1, 3,5, 8, 14, 21, 22 e 31 quilotons.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referencias[editar | editar código-fonte]