Lev Kamenev

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lev Kamenev
Лев Каменев
Kamenev em 1918
Presidente do Comitê Executivo Central do Congresso dos Sovietes da República Socialista Federativa Soviética da Rússia
Período de governo 9 de novembro de 1917 - 21 de novembro de 1917
Antecessor(a) Nikolay Chkheidze
Sucessor(a) Mikháilovitch Sverdlov
Vida
Nascimento 18 de Junho de 1883
Shali, Império Russo
Morte 25 de agosto de 1936 (52 anos)
Moscou, República Socialista Federativa Soviética Russa
Nacionalidade russo
Dados pessoais
Cônjuge Olga Kameneva
Partido Partido Comunista da União Soviética
Religião Judaísmo ortodoxo e depois nenhuma (ateu)

Lev Borisovich Kamenev (em russo: Лев Борисович Каменев; em hebraico: לב בוריסוביץ' קמנייב) foi um revolucionário e político soviético, um dos líderes da facção bolchevique do Partido Comunista da URSS e um dos mentores da Revolução Russa de 1917. Seu sobrenome original era Rosenfeld (em russo: Розенфельд, em hebraico: רוזנפלד). Foi criado por uma família de agricultores e costureiros judeus ortodoxos e não-praticantes de Shali, uma cidade existente até hoje e que pode ser encontrada na região em que hoje é localizada a Chechênia.

Kamenev nasceu em Moscou, filho de um trabalhador ferroviário e uma ortodoxa russa mãe.[1] O dinheiro que seu pai havia adquirido foi usado para financiar uma boa educação para Lev. Ele frequentou a Universidade de Moscou, mas sua educação foi interrompida por uma prisão em 1902. Daquele ponto em diante, ele tornou-se um revolucionário profissional, trabalhando em St. Petersburgo, Moscou e Tbilisi. Kamenev se casou com uma colega marxista, a irmã de Leon Trotsky Olga Kameneva no início de 1900 e o casal teve dois filhos.

Uma breve viagem ao exterior em 1902 introduziu Kamenev aos líderes social-democratas russos que viviam no exílio, incluindo Vladimir Lenin, cujo associado ele se tornou.[2]

Em 1918, Kamenev se tornou presidente do Soviete de Moscou e logo depois de Lênin, vice-presidente do Conselho dos Comissários do Povo e do Conselho do Trabalho e da Defesa.[3]

Em agosto de 1936, depois de meses de preparativos cuidadosos e ensaios em prisões da polícia secreta soviética, Zinoviev, Kamenev e outras 14 pessoas, na sua maioria velhos bolcheviques, foram levados a julgamento novamente. Desta vez, com diversas acusações, incluindo a formação de uma organização terrorista que supostamente matou Kirov e tentou matar Joseph Stalin e outros líderes do governo soviético. Este processo foi um dos julgamentos de Moscou e preparou o palco para julgamentos posteriores, onde velhos bolcheviques confessaram crimes cada vez mais elaboradas e monstruosos, incluindo espionagem, envenenamento, sabotagem, e assim por diante. Como outros acusados, Kamenev foi considerado culpado e executado em 25 de agosto de 1936.

Kamenev, Zinoviev e seus co-réus foram formalmente inocentado de todas as acusações pelo governo soviético em 1988.

O destino da família[editar | editar código-fonte]

Após a execução de Kamenev, seus parentes sofreram um destino semelhante. O segundo filho de Kamenev, Yu Kamenev, foi executado em 30 de janeiro de 1938, com a idade de 17 anos. Seu filho mais velho, oficial da força aérea Al Kamenev, foi executado em 15 de julho de 1939, com a idade de 33. Sua primeira esposa, Olga, foi baleada em 11 de Setembro de 1941, na floresta Medvedev nas imediações de Oriol, juntamente com Christian Rakovski, Maria Spiridonova e 160 outros prisioneiros políticos de destaque.[4] Apenas o filho mais novo, Vladimir Glebov, sobreviveu as prisões de Stalin e campos de trabalho forçados, morrendo em 1994.

Referências

  1. Lindemann, Albert S.. Esau's Tears: Modern Anti-Semitism and the Rise of the Jews. [S.l.]: Cambridge University Press. p. 430. ISBN 0-521-79538-9.
  2. For a summary of Kamenev's revolutionary activities between 1901 and 1917, see Vladimir Lenin's Collected Wêorks, Volume XX, International Publishers, 1929, ISBN 1-4179-1577-3 p.353
  3. FROM THE CENTRAL COMMITTEE OF THE RUSSIAN SOCIAL-DEMOCRATIC LABOUR PARTY (BOLSHEVIKS) by V.I. Lenin, Written on November 5 or 6 (18 or 19), 1917, as published in From V. I. Lenin, Collected Works, 4th English Edition, Progress Publishers, Moscow, 1964 Vol. 26, pp. 303-307.
  4. Michael Parrish. The Lesser Terror: Soviet State Security, 1939-1953, Westport, CT, Praeger Publishers, 1996, ISBN 0-275-95113-8 p. 69.


Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.