Luis del Sol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luis del Sol
Luis del Sol.JPG
Informações pessoais
Nome completo Luis del Sol Cascajares
Data de nasc. 6 de Maio de 1935 (78 anos)
Local de nasc. Arcos de Jalón, Flag of the Second Spanish Republic.svg Espanha
Altura 1,69 m
Apelido Siete Pulmones, Cepillito
Informações profissionais
Posição Treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
19541960
19601962
19621970
19701972
19721973
Flag of Spain (1945 - 1977).svg Real Betis
Flag of Spain (1945 - 1977).svg Real Madrid
Itália Juventus
Itália Roma
Flag of Spain (1945 - 1977).svg Real Betis
040 00(6)
055 0(22)
228 0(20)
050 00(4)
017 00(0)
Seleção nacional
19601966 Flag of Spain (1945 - 1977).svg Espanha 016 00(3)
Times que treinou
19851986
20002001
Espanha Real Betis
Espanha Real Betis

Luis del Sol Cascajares (Arcos de Jalón, 6 de Abril de 1935) é um ex-futebolista espanhol. Também teve duas passagens como treinador do Real Betis.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nascido em Arcos de Jalón e criado em Sevilha, del Sol iniciou sua carreira nas categorias de base do Real Betis (também teve passagens por outros clubes de base), fazendo sua estreia uma temporada após sua chegada. Permaneceu no clube onde foi criado por sete temporadas (seis como profissional), sendo um dos principais jogadores da equipe, o que chamou a atenção do Real Madrid, maior força do futebol na época, para qual, acabou se transferindo.

Em Madrid, del Sol permaneceu apenas dois anos, mas atuou ao lado dos grandes nomes do futebol na época e, conquistou seus dois principais títulos na carreira: Copa dos Campeões e Copa Intercontinental. Por conta de seu desempenho no clube, acabou sendo contratado pela Juventus, da Itália.

Sua estreia pela Juventus aconteceu em 16 de setembro de 1962, contra o Genoa. Apesar de passar oito temporadas na Vecchia Signora, conquistou apenas dois títulos (um scudetto e uma Coppa Italia). Acabou se transferindo para a Roma, onde permaneceu por mais duas temporadas na Itália, sendo essas duas, como capitão da Roma, mesmo não tendo o mesmo futebol de antes. Acabou retornando para a Espanha, onde voltou a defender o Real Betis, quando encerrou sua carreira em 1973, anos trinta e oito anos.

Seleção Espanhola[editar | editar código-fonte]

Pela seleção da Espanha, disputou apenas dezesseis partidas, marcando três gols. Sua estreia aconteceu em 15 de maio de 1960 contra a Inglaterra (vitória por 3 a 0). Esteve presente em duas Copas do Mundo (1962 e 1966) e uma Eurocopa (1964), onde foi campeão. Sua última partida aconteceu em 15 de julho de 1966, contra a Suíça (vitória por 2 a 1).

Após se aposentar[editar | editar código-fonte]

Após se aposentar profissionalmente, teve duas passagens como treinador da equipe principal do Real Betis (1985-86 e 2000-01), fora isso, ainda esteve presente nas comissões técnicas do clube.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]