MS Oasis of the Seas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Oasis of the Seas
Oasis of the Seas.jpg
Oasis of the Seas em Nassau, Bahamas (2010).
Carreira RCI Flag.gif
Proprietário Royal Caribbean International
Operador Royal Caribbean International
Construção 2006
Lançamento 22 de novembro de 2008
Porto de registo  Bahamas, Nassau
Viagem inaugural 5 de dezembro de 2009
Estado Ativo
Características gerais
Classe Oasis
Custo 1 bilhão de dolares
Tonelagem 225 282 t
Velocidade 22,6 nós

Oasis of the Seas é um navio de cruzeiros que foi lançado ao mar em 30 de Outubro de 2009, em Turku, na Finlândia.[1] Pertecente à Royal Caribbean International, foi construído pela STX Europe e é o primeiro navio da nova Classe Oasis.[2] Maior navio do mundo na época de seu lançamento, foi superado pelo navio da mesma classe o MS Allure of the Seas.[3] O navio tem 225 282 toneladas e capacidade para transportar 5 450 viajantes, 16 andares e um parque de vegetação tropical ao ar livre do tamanho de um campo de futebol, chamado de Central Park.[4] Outra atração da embarcação será o "Rising Tide", um bar que se movimentará de cima a baixo pela superfície da embarcação [5] .

Recebeu o batismo a 30 de Novembro de 2009.

História[editar | editar código-fonte]

A embarcação foi encomendada em fevereiro de 2006 e projetada sob o nome Projeto Genesis. Sua quilha foi assentada em 12 de novembro de 2007 pela STX Europe, uma subsidiária do grupo sul-coreano STX Corporation, na cidade de Turku, na Finlândia. A empresa anunciou que o investimento total para o navio foi assegurado em 15 de abril de 2009.[6]

O nome Oasis of the Seas — em inglês: oásis dos mares — resultou de uma competição ocorrida em maio de 2008.[7]

Durante a primeira flutuação da embarcação, os rebocadores que o puxavam perderam momentaneamente o controle, e ele chocou-se com a doca. O acidente resultou apenas em danos menores e um pequeno amasso no casco — tudo foi reparado e não chegou a afetar o prazo de entrega.

O navio foi completado e entregue à Royal Caribbean em 28 de outubro de 2009. Dois dias depois, ele partiu da Finlândia para os Estados Unidos.

Na saída do Mar Báltico em 1 de novembro de 2009, o navio teve que passar por baixo da Ponte do Grande Belt, na Dinamarca. havia uma dificuldade a ser superada pois a ponte tem altura de passagem de 65 m acima do nível da água, enquanto o Oasis tem 72 m de altura. A passagem por baixo da ponte só foi possível recolhendo-se os exaustores superiores do navio, e aproveitando o fenômeno hidrodinâmico conhecido como efeito squat, onde uma embarcação tende a afundar na água quando acelerada. O navio, sendo acelerado à potência próxima da máxima das turbinas, conseguiu passar por baixo da ponte apenas com cerca de 60 cm de folga.

Ao passar pelo Canal da Mancha, o Oasis fez uma parada para que 300 homens que vinham trabalhando à bordo no acabamento desembarcassem, e partiu então em direção ao porto de Everglades, em Fort Lauderdale, na Flórida.[8] O navio chegou em 13 de novembro de 2009, onde plantas tropicais foram instaladas antes de algumas viagens de teste e sua viagem inaugural, ocorrida em 5 de dezembro de 2009.

Embora o chefe dos capitães da Royal Caribbean, William S. Wright, tivesse estado no comando do navio durante sua travessia pelo Oceano Atlântico e primeiras viagens, o comando do Oasis of the Seas é regularmente dos comandantes Trym Selvag e Thore Thorolvsen.

O navio passou por uma pequena reforma no inverno de 2011, com a adição de uma ação permanente de marketing da DreamWorks, onde os passageiros poderão interagir com personagens como Shrek. O navio também ganhou um cinema 3D. Há um agendamento para ida do Oasis of the Seas para o dique seco na primavera de 2014.

Destaques do navio[editar | editar código-fonte]

Sete praças diferentemente projetadas, incluindo:

BoardwalkSM[editar | editar código-fonte]

  • AquaTheater, um teatro ao ar livre que oferece espetáculos aquáticos, um show cómico de mergulho e fontes dançantes
  • Carrossel
  • A primeira tirolesa em alto-mar
  • Duas paredes de escalada
  • Salão místico Madame Zamara's Psychic e Tattoo
  • Lojas exclusivas para crianças e jovens
  • Restaurantes informais, incluindo o Seafood Shack, Johnny Rockets e The Donut Shoppe

Central ParkSM[editar | editar código-fonte]

A céu aberto, o parque oferece trilhos em torno de recantos de leitura tranquilos e outras surpresas ocultas.

  • Canopy Bar
  • Galeria Parkside e estúdio de fotografia Picture This
  • Park Café e Vintages
  • Restaurante exclusivo 150 Central Park
  • 334 com vista para o parque, 254 com varandas
O Oasis na Isle of Wight, Reino Unido (2009).

Royal Promenade[editar | editar código-fonte]

Maior do que nunca, apresenta uma mezanine com mais lojas, cafés e entretenimentos:

  • Rising Tide Bar – escalando três andares
  • Sorrento's Pizzeria, Mondo Café, Café Promenade
  • Salão latino Boleros
  • Schooner Bar e Champagne Bar
  • Karaoke On Air

Loft Staterooms[editar | editar código-fonte]

28 suítes estilo loft contemporâneas de dois andares

Dados do navio[editar | editar código-fonte]

  • Tonelagem bruta: 225 282[9]
  • Comprimento: 361,6 m (1,186.5 pés)
  • Largura máxima: 64,9 m (213 pés)
  • Calado: 9 m (30 pés)
  • Velocidade de cruzeiro: 22,6 nós (aproximadamente 45 km/h) [10]
  • Cabines: 2 700 [11]
  • Capacidade de passageiros: 5 400 de ocupação dupla
  • Convés: 16 superiores

Referências

  1. Jornal da Madeira: Royal Caribbean International já recebeu o Oasis of the Seas
  2. Maior navio de passageiros do mundo é batizado na Finlândia
  3. Maior navio do mundo inicia viagem inaugural. Revista Veja, Editora Abril (30 de outubro de 2010). Página visitada em 3 de junho de 2012.
  4. Top Galleries
  5. Royal Caribbean Fan. Oasis of the Seas, Facts. Página visitada em 3 de junho de 2010.
  6. Thanks a Billion (em inglês). Oasis of the Seas Chairman's Blog (15 de abril de 2009).
  7. Royal Caribbean's Genesis gets a name (em inglês). Travel Weekly (24 de maio de 2008).
  8. Huge cruise ship stops in Solent (em inglês). BBC News (2 de novembro de 2009).
  9. Oasis of the Seas. Royal Caribbean International. Página visitada em 3 de junho de 2012.
  10. Al. Felipe Costa (30 de março de 2010). MS Oasis of the Seas: o maior navio de passageiros do mundo. Sociedade Acadêmica da Marinha Mercante. Página visitada em 29 de dezembro de 2011.
  11. Royal Caribbean Press Room (15 de abril de 2008). Royal Caribbean begins coutdown to Preject Genesis. Página visitada em 28 de dezembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre MS Oasis of the Seas


Precedido por
MS Independence of the Seas
Maior navio de passageiro em operação
MS Oasis of the Seas

2009-2010
Sucedido por
MS Allure of the Seas
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.