Marcelo Samuel Berman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde maio de 2013). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Emblem-question.svg
Este artigo ou seção pode conter texto de natureza não enciclopédica.
Justifique o uso dessa marcação e tente resolver essas questões na página de discussão.
Editor, considere adicionar a data dessa marcação. Isso pode ser feito automaticamente substituindo essa predefinição por {{subst:não enc}}.
Marcelo Samuel Berman
Física, cosmologia, jornalismo Investigativo
Nacionalidade Argentina argentino
Brasil brasileiro
Nascimento 10 de abril de 1945 (69 anos)
Local Buenos Aires, Argentina
Atividade
Campo(s) Física, cosmologia, jornalismo Investigativo
Instituições Instituto Albert Einstein/Latinamerica
Alma mater Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto Tecnológico de Aeronáutica, Universidade da Flórida
Tese 1988
Orientador(es) Murari Mohan Som (Dr.),Fernando de Mello Gomide (M.Sc.)

Marcelo Samuel Berman (Buenos Aires, Argentina, 10 de abril de 1945) é um cosmólogo relativista argentino, com dupla nacionalidade, brasileira e argentina.[1] [2]

É diretor científico do Instituto Albert Einstein/Latinamerica,[3] doutorado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1988) em física teórica e matemática, jornalista profissional com registro no Ministério do Trabalho, e autor de vários livros e artigos científicos publicados nos Estados Unidos, Europa,Singapura, e Japão, nas áreas de relatividade geral, cosmologia relativística, buracos negros e teorias alternativas da gravitação. Lecionou em cursos de doutorado na Universidade da Flórida, Universidade do Alabama, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais e no Instituto Tecnológico de Aeronáutica.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Marcelo Samuel Berman nasceu em Buenos Aires, Argentina, filho de uma família judaica de origem centro-europeia. Cursou os primeiros anos da escola primária em Buenos Aires, imigrou com a família para Curitiba, Brasil, em março de 1955, onde terminou o ensino médio em 1962, ingressando no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em São José dos Campos, onde se formou em engenharia eletrônica. Trabalhou por um período na Universidade Federal do Paraná, de onde foi demitido após ter sido o autor de crime de homicídio cuja vitima foi o físico Hugo Frederico Kremer, de acordo com o processo 2004.01.41822 do Ministério da Justiça (Brasil). Voltando ao ITA, obteve o mestrado em física em 1981, e depois doutorado em física na Universidade Federal do Rio de Janeiro, em 1988. Fez o pós-doutorado no Departamento de Astronomia da Universidade da Flórida (1989-1990), tendo posteriormente lecionado em várias instituições de ensino superior no Brasil e nos Estados Unidos, como professor visitante.

Possui registro definitivo de jornalista no Ministério do Trabalho do Brasil.

Contribuições acadêmicas[editar | editar código-fonte]

Sua tese de doutorado, introduziu os modelos cosmológicos com parametro de desaceleração constante, do qual só se conheciam dois casos particulares antes de Berman, propor uma série infinita de tais modelos, que hoje são utilizados cotidianamente nos trabalhos científicos sobre Cosmologia. [4] Descobriu que o universo tem vorticidades (rotação universal), o que explica um retardamento das cápsulas espaciais da NASA.[5] O The New York Academy of Sciences Magazine atribuiu a Berman a solução deste problema da NASA.[6] Propôs também uma solução para o Programa Machiano de Einstein,[7] que implica reconciliar as ideias de Ernst Mach, pelas quais havia acelerações absolutas no universo, enquanto a Teoria da Relatividade Geral propugna só acelerações relativas.[8] [9] [10] Demonstrou que os buracos negros têm parte da energia não-confinada no interior e que a densidade de energia total do universo é zero, portanto, não pode ser infinita na origem dos tempos, ou seja, a singularidade inicial infinita não existe. Outrossim, demonstrou que é verdadeira a conjetura de Stephen Hawking e Alan Guth, segundo a qual o universo sai a partir de uma flutuação quântica e expande inflacionariamente (exponencialmente), provando o correspondente teorema, junto com L.A. Trevisan, seu aluno de pós-doutorado.[11] [12] Demonstrou, como perturbações na densidade, geram crescimento exponencial na fase inflacionaria, destarte mostrando como surgem as galaxias no Universo, durante a fase inflacionaria, na teoria escalar-tensorial da Relatividade generalizada.Outrossim, demonstrou que também na fase inflacionaria, amplificam-se as ondas gravitacionais, desde que se considere válida a Teoria Escalar-Tensorial, que generaliza a Relatividade Geral, com explicita adequação ao Principio de Mach, que estão neste preciso momento, em fase de verificação experimental.[13] Provou, junto com Newton da Costa, que o universo é estável, tanto localmente como globalmente.[14] Provou que o gravitomagnetismo aparece na linearização da Relatividade Geral, e que a energia gravitomagnética aparece nos buracos negros de Kerr-Newman.Ao calcular essa energia, notou que embora para observador infinitamente afastado, ela vale Mc², de acordo com a famosa equação de Einstein, para observador dentro do horizonte do buraco, ela tem um valor decrescente, a medida que o raio vai diminuindo, por colapso gravitacional, chegando ao ponto de se tornar zero.Como na sequencia, se continuasse o colapso, a energia se tornaria negativa, Berman afirma que a singularidade inicial, ou seja, o ponto de densidade de energia pontual infinita, nunca é atingido, pois o que acontece, é que, chegado ao ponto de energia zero, o buraco negro se torna um buraco branco, e reverte-se o colapso em expansão, surgindo um buraco-branco..[15] [16] Provou que na linearização da Relatividade Geral, aparece o termo de rotação universal.[17] , Demonstrou que, ao contrário do modelo isentrópico padrão, a entropia do universo cresce com sua expansão, o que faz uma ponte com as leis da termodinâmica[18] . Finalmente, estipulou a condição matemática pela qual a positividade da energia não gravitacional do universo fica assegurada.[19] . Provou que o Universo pode ser assemelhado a um buraco-branco (antítese do buraco-negro), donde sua estabilidade fica garantida também.[20] [21]

É membro da Academia de Ciências de Nova York.[carece de fontes?]

Linhas de pesquisa[editar | editar código-fonte]

Obras[editar | editar código-fonte]

Livros Publicados[editar | editar código-fonte]

  1. Ótica Geométrica: Estudo Programado. Com C.D.D. César. Curitiba: Gráfica e Editora DB, 1972
  2. Cálculo Tensorial e Relatividade Geral: Uma Introdução. 2ª edição. Com F.M. Gomide, São Paulo: McGraw-Hill, 1987. ISBN 0-07-450058-9
  3. Introdução à Cosmologia Relativística. 2ª edição. Com F.M. Gomide. São Paulo: McGraw-Hill, 1988. ISBN 978-8820738723
  4. Aprenda a Estudar Eficientemente. Curitiba: Editora Albert Einstein, 1993. 2ª Edição 2011. ISBN 978-85-85190-00-2
  5. Introduction to General Relativity and the Cosmological Constant Problem. Nova Science, Nova Iorque (2007) ISBN 978-1594547171
  6. Introduction to General Relativistic and Scalar-Tensor Cosmologies. Nova Science, Nova Iorque (2007) ISBN 978-1600210136
  7. A Primer in Black Holes, Mach´s Principle, and Gravitational Energy, Nova Science, Nova Iorque (2008) ISBN 978-1600217951
  8. Philosophy of Science: Brief History, com Fernando de Mello Gomide. Booksurge Publishing,Charleston. (2009) ISBN 978-1439276648
  9. General Relativity and the Pioneers Anomaly. Nova Science Publishers Inc ,Nova Yorque(2012) ISBN 978-1621000037
  10. Realization of Einstein´s Machian Program. Nova Science Publishers, Nova Iorque (2012) ISBN 978-1619421646

Capítulos de Livros Publicados[editar | editar código-fonte]

  1. Energy of Black-Holes and Hawking´s Universe, in Trends in Black-Hole Research”(Chapter 05)-pages 147-162, ed.Paul V. Kreitler,Nova Science, N.Y.(2006)-ISBN 1-59454-475-1
  2. Energy, Brief History of Black-Holes, and Hawking´s Universe, in "New Developments in Black Hole Research"Chapter 05, pages 185-202, ed. By Paul V. Kreitler, Nova Science,New York (2006)-ISBN 1-59454-641-X
  3. Rotation of the Expanding Zero-Energy Universe , Chapter 12, pp 285/0in Big Bang: Theory, Assumptions and Problems,edited by Jason R. O'Connell and Alice L. Hale, Nova Science Publishers, New York (2012). Co-author-F.M.Gomide.-- ISBN: 978-1-61324-577-4
  4. Entropy Growth in the Universe, Chapter 8, pp 229/242 in Big Bang: Theory, Assumptions and Problems, edited by Jason R. O'Connell and Alice L. Hale, Nova Science Publishers, New York (2012)-- ISBN: 978-1-61324-577-4

Editoria de Livros[editar | editar código-fonte]

Editor da versão brasileira do livro de Stephen Hawking (1997), “The Illustrated A Brief History of Time” (na versão brasileira, Editora Albert Einstein, Curitiba--ISBN 85-85190-035).

Artigos em Revistas Especializadas[editar | editar código-fonte]

Tem mais de cem artigos científicos publicados em revistas internacionais especializadas, além de cerca de 200 artigos em jornais brasileiros, dentre os quais,"O Estado de S. Paulo", "Folha de S. Paulo", "Gazeta Mercantil", e, "O Estado do Paraná".[2]

Referências

  1. Currículo Lattes
  2. a b Página pessoal
  3. Instituto Albert Einstein/Latinamerica
  4. Cosmological Models with Constant Deceleration Parameter. General Relativity and Grav., 20, nº 2, 191-198. Co-author: F.M. Gomide, USA, (1988)
  5. New Discovery: Our Universe “Rotates” (em inglês) American Press Association.
  6. The New York Academy of Sciences Magazine (em inglês) Spring 2008, página 3
  7. Realization of Einsteins Machian Program (em inglês) Astrophysics and Space Science, 337:477-481, 2012.
  8. Özgür Akarsu, Tekin Dereli. Cosmological models with linearly varying deceleration parameter. International Journal of Theoretical Physics, 51(2):612-621, 2012.
  9. C.P. Singh e S. Kumar. Bianchi Type-II inflationary models with constant deceleration parameter in general relativity. Pramana Journal of Physics, 68(5):707-720, 2007.
  10. M.K. Verma, Mohd. Zeyauddin, Shri Ram. Anisotropic Cosmological Model With Negative Constant Decelaration Parameter and Time-Decaying Term (em Inglês). Romanian Journal of Physics, 56(3-4):616-626, 2011.
  11. Berman, Marcelo Samuel. On the zero-energy Universe (em Inglês). International Journal of Theoretical Physics, 48(11):3278-3286, 2009.
  12. Berman, Marcelo Samuel e Trevisan, Luis Augusto. On the creation of the Universe out of nothing (em Inglês). International Journal of Modern Physics, D19:1309-1313, 2010.
  13. Berman,Marcelo Samuel (2007)-Introduction to General Relativistic and Scalar-Tensor Cosmologies (Nova Science Publishers, New York)
  14. Marcelo Samuel Berman e Newton C.A. da Costa. On the Stability of Our Universe (em Inglês). Journal of Modern Physics, 3(29):1211-1215, 2012.
  15. Berman, Marcelo Samuel (2007)-Energy,Brief History of Black-Holes, and Hawking´s Universe,in New Developments in Black Hole Research, edited by Paul Kreitler, Nova Science Publishers, New York.
  16. Marcelo Samuel Berman. Energy of Kerr-Newman Black-Holes and Gravitomagnetism (em Inglês).
  17. Marcelo Samuel Berman. The two pioneers anomalies and universal rotation (em Inglês). Astrophysics and Space Science. 336(2)337-339, 2011.
  18. Berman, Marcelo Samuel-A Primer in black-Holes, Mach´s Principle angd Gravitational Energy (2008)-Nova Science Publishers, New York
  19. .General Relativity and the Pioneers Anomaly, Nova Science Publishers Inc (1 April 2012) ISBN 978-1621000037
  20. Berman, Marcelo Samuel- Is the Universe a White-hole?. Astrophys. Space Science,311, 359-361,(2007). Los Alamos Archives, http://arxiv.org/abs/physics/0612007
  21. Governo Brasileiro-Ministerio da Ciencia e Tecnologia-Curriculo Lattes http://lattes.cnpq.br/1993974657456979