Maria Maya

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maria Maya
Nome completo Maria Antônia Gigliotti de Campos Maya
Nascimento 29 de junho de 1981 (32 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade Brasil Brasileira
Ocupação Atriz
IMDb: (inglês) (português)

Maria Antônia Gigliotti Campos Maya (Rio de Janeiro, 29 de junho de 1981) é uma atriz brasileira.

Biografia e carreira[editar | editar código-fonte]

É filha do diretor Wolf Maya e da também atriz e diretora Cininha de Paula, sobrinha-neta do humorista Chico Anysio, neta de Lupe Gigliotti, prima de segundo grau do comediante Nizo Neto e dos atores Marcos Palmeira e Bruno Mazzeo.[1]

Maria começou na telenovela Cara e Coroa em 1995, onde interpretou Nádia.[1] Em seguida fez Kelly Bola um de seus maiores personagens em Salsa e Merengue, em 1996.[1] Após a novela só veio a voltar a fazer novelas em 2003; à época casou-se com o ator Ernani Moraes, 25 anos mais velho do que ela, de quem está separada.[2]

Neste tempo fez três minisséries: Hilda Furacão, A Muralha e O Quinto dos Infernos.[1] Sua volta as novelas foi em Chocolate com Pimenta onde fez a hipocondríaca Lili,[1] secretária do médico Paulo (interpretado por Guilherme Piva). Depois fez sua personagens de maior destaque, Regininha, uma sambista exuberante em Senhora do Destino, de 2004.[1] Em 2006 fez Sandrinha, em Cobras e Lagartos.[1]

Em 2009, atuou em Caminho das Índias interpretando Inês, uma menina que usava roupas e maquiagens esquisitas e tentava alertar seus pais Melissa e Ramiro, interpretados por Christiane Torloni e Humberto Martins, sobre a doença do irmão, Tarso (Bruno Gagliasso). Também ajudava o avô a descobrir alguns segredos de família,[1] e participou dos filmes Se Eu Fosse Você 2 e Tempos de Paz. No mesmo ano e no ano seguinte atuou em duas peças, Play e A Loba de Ray-ban, na qual interpreta Fernanda Porto, que se apaixona por Júlia Ferraz (Christiane Torloni).[1]

Entre 2011 e 2012, fez parte do elenco da novela Aquele Beijo como a ambiciosa Raíssa.[3] Em 2013 retorna as novelas com Amor à Vida, onde interpreta a boliviana traiçoeira Alejandra.[4] [5]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
1995 Cara e Coroa Nádia
1996 Salsa e Merengue Kelly Bola
1998 Hilda Furacão Zora
1998 Você Decide ep: "Seria Trágico, Se Não Fosse Cômico"
2000 A Muralha Moatira
2001 Brava Gente Iracema ep: "Os Mistérios do Sexo"
2002 O Quinto dos Infernos Maria Lélia
2002 Sítio do Pica-Pau Amarelo Tonica Ventania Participação especial
2003 Chocolate com Pimenta Liliane Campos Soares (Lili)
2004 Senhora do Destino Regina Ferreira da Silva (Regininha)
2005 Levando a Vida Neidinha Especial de Fim de Ano
2006 Cobras & Lagartos Sandra Miranda Café (Sandrinha)
2007 Conexão Xuxa Ela mesma Participante da Nova Equipe Amarela
2008 Casos e Acasos Sílvia ep: "O Desejo Escondido"
2008 Toma Lá Dá Cá Mãe Iraci ep: "Na Boca do Sapo"
2009 Caminho das Índias Inês Cadore
2011 Aquele Beijo Raíssa Barbosa
2013 Amor à Vida Alejandra Reys Moreno

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
2009 Se Eu Fosse Você 2 Vendedora
2009 Tempos de Paz Enfermeira

Teatro[editar | editar código-fonte]

Título Papel
PLAY, sobre sexo, mentiras e videotape Cíntia
A Loba de Ray-Ban Fernanda Porto
Obituário Ideal

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.