Christiane Torloni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Christiane Torloni
Christiane em 2009
Nome completo Christiane Maria dos Santos Torloni[1]
Nascimento 18 de fevereiro de 1957 (57 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade  brasileira
Ocupação Atriz
Cônjuge Dênis Carvalho (1979-1991)
Ignácio Coqueiro (1995-2010)
IMDb: (inglês)

Christiane Maria dos Santos Torloni[1] (São Paulo, 18 de fevereiro de 1957) é uma atriz brasileira.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Estreou na Rede Globo aos 19 anos. Dentre os muitos personagens interpretados figuram as marcantes Jô Penteado, de A Gata Comeu (1985), Fernanda de Selva de Pedra, e Dinah de A Viagem. Em 1981, Christiane Torloni foi a filha da primeira Helena criada por Manoel Carlos na novela Baila Comigo, interpretada por Lilian Lemmertz. Vinte e dois anos depois, a atriz interpretou uma das Helenas do autor em Mulheres Apaixonadas (2003). Posou nua para a revista Playboy duas vezes na década de 1980.

No teatro trabalhou seguidamente com o diretor José Possi Neto em uma série de espetáculos em que buscava a expressividade corporal. [3]

La Torloni, como por vezes é chamada, sempre foi uma artista muito engajada, com participações históricas em eventos como as Diretas Já,[4] a luta pela democracia e o fim da ditadura; fez duras críticas ao governo Lula, classificando-o de "quadrilha" e declarando-se contra a reeleição no poder executivo.[5]

Dentre as causas sociais que conduz pessoalmente figuram as de relevância como o abaixo assinado, divulgado no site amazoniaparasempre.com.br,[6] para a preservação da Amazônia que pretende levar ao Congresso Nacional mais de um milhão de assinaturas; e a campanha bemquerermulher.com.br para o fim da violência contra a mulher.[7] Em 2011, concedendo uma entrevista durante o Rock in Rio para a televisão lançou a expressão "Hoje é dia de Rock, bebê!" que acabou entrando pra história do festival. Na edição seguinte do Rock in Rio em 2013 a frase, que havia virado meme nas redes sociais, virou uma camiseta oficial do evento.[8]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

É filha do casal de atores Monah Delacy e Geraldo Matheus, fundadores do Teatro de Arena, em 1953.[9]

É mãe do ator Leonardo Carvalho, fruto de seu casamento com Dênis Carvalho. Teve um filho gêmeo idêntico a Leonardo, Guilherme, que morreu em 1991, aos 12 anos, num acidente de carro. Logo depois, Christiane se divorciou de Dênis e foi morar em Portugal com Leonardo, retornando ao país em 1994. Ainda teve relacionamentos com o psiquiatra Eduardo Mascarenhas e com o artista plástico Luiz Pizarro.[10]

Em dezembro de 2010, encerrou um casamento de 15 anos com o diretor Ignácio Coqueiro, com quem nunca chegou a morar, o casal não teve filhos.[11]

Carreira[editar | editar código-fonte]

NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde Junho de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.

Televisão[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • 1979 - As Preciosas Ridículas
  • 1980 - Bodas de Papel
  • 1981 - As Lágrimas Amargas de Petra von Kant
  • 1984 - Tio Vânia
  • 1988 - O Lobo de Rayban … Júlia Ferraz
  • 1989 - Orlando
  • 1993 - 10 Elevado a menos 43 - Extasis (em Portugal)
  • 1994 - Hamlet
  • 1997 - Salomé … Salomé
  • 2000 - Joana D'Arc - A revolta … Joana D'arc
  • 2002 - Blue Room
  • 2004 - Paixão de Cristo: O Auto de Deus (João Pessoa, PB) - Virgem Maria
  • 2005 - Mulheres por um Fio … Elise
  • 2009/2010 - A Loba de Ray-Ban … Júlia Ferraz

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Festival Trabalho Notas
1994 Melhor atriz Troféu Imprensa A Viagem Indicado
1995 Melhor atriz Prêmio Contigo Cara & Coroa Venceu
1995 Melhor atriz Troféu Imprensa Cara & Coroa Indicado
2001 Melhor atriz Troféu APCA Um Anjo Caiu do Céu Venceu
2001 Melhor atriz Personalidade do Ano - Isto É Gente Um Anjo Caiu do Céu Venceu
2001 Melhor atriz Prêmio Qualidade Brasil - Rio de Janeiro Um Anjo Caiu do Céu Indicado
2003 Melhor atriz Prêmio Contigo Mulheres Apaixonadas Indicado
2003 Melhor atriz Prêmio Qualidade Brasil - Rio de Janeiro Mulheres Apaixonadas Indicado
2003 Melhor atriz Prêmio Leão de Ouro Mulheres Apaixonadas Indicado
2005 Melhor atriz Melhores do Ano do Domingão do Faustão América Venceu
2006 Melhor atriz Prêmio Contigo América Indicado
2006 Conjunto da obra Fantasporto - 26º Festival Internacional de Cinema do Porto carreira de atriz Homenageada
2008 Melhor atriz Troféu Super Cap de Ouro Beleza Pura Venceu
2008 Melhor atriz FESTNATAL - Os Favoritos do Público Beleza Pura Indicado
2009 Melhor atriz Troféu Super Cap de Ouro Caminho das Índias Venceu
2009 Melhor ambientalista Troféu Super Cap de Ouro Amazônia para Sempre (movimento encabeçado pela atriz e os atores Victor Fasano e Juca de Oliveira) Venceu
2010 Melhor atriz Prêmios Contigo de Teatro A Loba de Ray-Ban Venceu

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Christiane Torloni
Precedida por:
Marieta Severo
por Laços de Família
Troféu APCA de Melhor Atriz de Televisão
por Um Anjo Caiu do Céu

2002
Sucedida por:
Eliane Giardini
por O Clone