Betty Faria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde Julho de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Betty Faria
Betty Faria em 2006
Nome completo Elisabeth Maria Silva de Faria
Nascimento 8 de maio de 1941 (72 anos)
Rio de Janeiro, RJ
 Brasil
Nacionalidade  brasileira
Ocupação atriz
Atividade 1965 - atual
IMDb: (inglês) (português)

Elisabeth Maria Silva de Faria, mais conhecida como Betty Faria (Rio de Janeiro, 8 de maio de 1941), é uma consagrada atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Betty é filha única do militar Marçal Faria e da dona de casa Elza. É mãe da também atriz Alexandra Marzo, fruto do seu casamento com o ator Cláudio Marzo. Foi também casada com o consagrado diretor e ator Daniel Filho, com quem tem um filho, João de Faria Daniel.

Betty é ainda avó de Giúlia, filha de Alexandra, de Antônio e dos gêmeos Valentina e João Paulo, filhos de João de Faria Daniel.

Betty posou duas vezes para a revista Playboy: em agosto de 1978 e outubro de 1984.

Os seus melhores momentos no cinema brasileiro foram ao protagonizar A Estrela Sobe (1974), de Bruno Barreto, e Bye Bye Brasil (1979), de Cacá Diegues.

Na televisão, as suas participações de maior sucesso foram em Pecado Capital (1975), Água Viva (1980), Baila Comigo (1981) e Tieta (1989), esta última como protagonista.

A atriz assinou contrato com o SBT em 2009 por oito meses,[1] tendo sido uma das protagonista da novela Uma Rosa com Amor, um remake da novela homônima de Vicente Sesso, exibida pela Rede Globo em 1972.[2] [3] Em setembro de 2011, Betty esteve em Vitória (Espírito Santo), onde encerrou a 3ª edição do Circuito Banescard de Teatro.[4]

Após quatro anos afastada da Rede Globo, Betty foi recontratada para atuar como Pilar Alburquerque, mãe de Aléxia (Carolina Ferraz) em Avenida Brasil, de João Emanuel Carneiro.[5]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Telenovelas e telesséries
Seriados

Cinema[editar | editar código-fonte]

Livros[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.