Sandra Corveloni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sandra Corveloni
Nascimento 9 de maio de 1965 (48 anos)
Flórida Paulista, SP
Nacionalidade  brasileira
Ocupação Atriz
Festival de Cannes
Melhor Atriz Principal
2008 - Linha de Passe

Sandra Corveloni (Flórida Paulista, 9 de maio de 1965) é uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Com uma carreira voltada ao teatro, tendo se formado pelo TUCA na escola de atores do teatro da Universidade Católica de SP, Sandra estreou no cinema de longa-metragem com o filme Linha de Passe, de Walter Salles e Daniela Thomas, sendo consagrada logo em sua estréia com o prêmio de melhor atriz (Prix d'interprétation féminine) no Festival de Cinema de Cannes, em maio de 2008, por seu trabalho no papel de Cleuza, a mãe de quatro meninos pobres da periferia paulista, seu sonhos e suas expectativas frustradas.[1] [2] Em virtude da perda recente de um bebê, Sandra não compareceu ao Festival, sendo representada na premiação pelos diretores do filme.

Anteriormente, Sandra tinha atuado nos curtas-metragens Flores Ímpares (1996) e Amor! (1994).[3]

Integrante do Grupo Tapa, no qual atua, ensina e faz assistência de direção, atualmente ela se prepara para montar o espetáculo Amargo Siciliano, como diretora assistente de Eduardo Tolentino, fundador do grupo.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Prêmio[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.