Ana Lúcia Torre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ana Lúcia Torre
Ana Lúcia Torre, em outubro de 2010, em São Paulo.
Nome completo Ana Lúcia Torre Rodrigues
Nascimento 21 de abril de 1945 (70 anos)
Manaus, AM
Nacionalidade Brasil Brasileira
Ocupação Atriz
Atividade 1977 - presente
IMDb: (inglês)


Ana Lúcia Torre Rodrigues (Manaus, 21 de abril de 1945)[2] [3] é uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Na televisão iniciou sua carreira no ano de 1977, em Dona Xepa, onde viveu a grã-fina fútil e falida Glorita. Uma grande atriz de novelas que marcou nos últimos tempos como a inesquecível e diabólica Débora, a mãe protetora da vilã Cristina (Flávia Alessandra), em Alma Gêmea.

Participou de várias produções como a primeira versão de Ciranda de Pedra, Tieta, Renascer, A Indomada, O Cravo e a Rosa, Alma Gêmea, O Profeta, Sete Pecados, Caras & Bocas, Insensato Coração, onde obteve bastante destaque. Atuou em Amor Eterno Amor como a milionária Verbena Borges, que procura reencontrar o filho desaparecido há 30 anos.

Em 2013 atuou em Joia Rara, interpretando a micro-vilã Frau Gertrudes.

Na montagem para o teatro de Morte e Vida Severina, de João Cabral de Mello Neto, ganhou o primeiro lugar no Festival Internacional de Teatro Universitário em Nancy, na França.

Depois de viver sete anos na Europa, de volta ao Brasil, Ana Lúcia protagoniza várias peças como Seria Cômico se não fosse sério, espetáculo que lhe rendeu a indicação de melhor atriz ao prêmio Shell de 2010.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Novelas & Minisséries
Ano Título Papel Emissóra
1977 Dona Xepa Glorita Camargo Rede Globo
1977 Sinhazinha Flô Ermelinda Rede Globo
1979 Memórias de Amor Princesa Isabel Rede Globo
1979 Marron Glacê Stella Rede Globo
1980 As três Marias Norma Rede Globo
1981 Ciranda de Pedra Celina Rede Globo
1982 O Homem Proibido Olívia Rede Globo
1983 Pão Pão, Beijo Beijo Marisa Rede Globo
1984 Transas e Caretas Beatriz Rede Globo
1984 Corpo a Corpo Olga Rede Globo
1986 Selva de Pedra Helena Rede Globo
1987 Corpo Santo Marta Rede Manchete
1988 Olho por Olho Dra. Lúcia Rede Manchete
1989 Tieta Juraci Pitombo Rede Globo
1990 Brasileiras e Brasileiros Clara SBT
1993 Renascer Quitéria Rede Globo
1993 Sonho Meu Cris Rede Globo
1995 As Pupilas do Senhor Reitor Zefa Das Graças SBT
1997 A Indomada Cleonice Mackenzie Rede Globo
1998 'Serras Azuis Dona Osória Rede Bandeirantes
1999 Andando nas Nuvens Lucinha Rede Globo
2000 O Cravo e a Rosa Leonor Fernandes (Neca) Rede Globo
2001 Porto dos Milagres Salete Rede Globo
2002 O Beijo do Vampiro Dra. Sílvia Rede Globo
2004 Um Só Coração Sálua Rede Globo
2005 Alma Gêmea Débora Saboya Rede Globo
2006 O Profeta Inspetora Hilda Vieira Rede Globo
2007 Sete Pecados Anja Guilhermina Rede Globo
2008 Casos e Acasos Regina (episódio: O desejo escondido,
o cara reprimido e o livro roubado
)
Rede Globo
2008 Guerra e Paz Zora (episódio: Macho & Fêmea) Rede Globo
2008 Xuxa e as Noviças
Especiais de Fim de Ano
Sumara Rede Globo
2009 Caras & Bocas Esther Abraham Rede Globo
2011 Insensato Coração Tia Neném Brandão[4] Rede Globo
2012 Amor Eterno Amor Verbena Borges Rede Globo
2012 Louco por Elas Dra. Olga Rede Globo
2013 Joia Rara Frau Gertrude [5] Rede Globo
2015 Verdades Secretas Hilda [6] Rede Globo

Cinema[1] [editar | editar código-fonte]

Teatro[1] [editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado
2011 Prêmio Extra de TV Melhor atriz coadjuvante Tia Neném em Insensato Coração Indicado[7]

Referências

  1. a b c d e Caras - UOL. CARAS - Perfil:Ana Lúcia Torre (em português) CARAS. Visitado em 23 de janeiro de 2013.
  2. http://perfil.caras.uol.com.br/ana-lucia-torre
  3. Ana Lúcia Torre - Vida Contigo! - Famosos. Visitado em 13/08/2011.
  4. a b Jamal, Kelly (9 de agosto de 2010). Ana Lúcia Torre conta como foi filmar Reflexões de um Liquidificador (em português) R7. Visitado em 3 de janeiro de 2011.
  5. João Gabriel Batista. Joia Rara repete parte do elenco de Cordel Encantado. Visitado em 23 de junho de 2013.
  6. Flávio Ricco (15 de maio de 2015). Drica Moraes grava nesta sexta primeiras cenas de "Verdades Secretas" UOL Televisão. Visitado em 15 de maio de 2015.
  7. Redação Extra Online (29 de novembro de 2011). Prêmio Extra de TV: Deborah Secco fica com o prêmio de melhor atriz coadjuvant​e (em português) Extra Online. Visitado em 29 de novembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.