Ana Lúcia Torre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ana Lúcia Torre
Ana Lúcia Torre, em outubro de 2010, em São Paulo.
Nome completo Ana Lúcia Torre Rodrigues
Nascimento 21 de abril de 1945 (68 anos)
Manaus, AM
Nacionalidade Brasil Brasileira
Ocupação Atriz
IMDb: (inglês) (português)

Ana Lúcia Torre Rodrigues (Manaus, 21 de abril de 1945)[1] [2] é uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Na televisão iniciou sua carreira no ano de 1977, em Dona Xepa, onde viveu a grã-fina fútil e falida Glorita. Uma grande atriz de novelas que marcou nos últimos tempos como a inesquecível e diabólica Débora, a mãe protetora da vilã Cristina (Flávia Alessandra), em Alma Gêmea.

Participou de várias produções como a primeira versão de Ciranda de Pedra, Tieta, Renascer, A Indomada, O Cravo e a Rosa, Alma Gêmea, O Profeta, Sete Pecados, Caras & Bocas, Insensato Coração, onde obteve bastante destaque. Atuou recentemente em Amor Eterno Amor como a milionária Verbena Borges, que procura reencontrar o filho desaparecido há 30 anos. A atriz pode ser vista recentemente em Joia Rara.

Na montagem para o teatro de Morte e Vida Severina, de João Cabral de Mello Neto, ganhou o primeiro lugar no Festival Internacional de Teatro Universitário em Nancy, na França.

Depois de viver sete anos na Europa, de volta ao Brasil, Ana Lúcia protagoniza várias peças como Seria Cômico se não fosse sério, espetáculo que lhe rendeu a indicação de melhor atriz ao prêmio Shell de 2010.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Cinema[3] [editar | editar código-fonte]

Teatro[3] [editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado
2011 Prêmio Extra de TV Melhor atriz coadjuvante Tia Neném em Insensato Coração Indicado[6]

Referências

  1. http://perfil.caras.uol.com.br/ana-lucia-torre
  2. Ana Lúcia Torre - Vida. Contigo! - Famosos. Página visitada em 13/08/2011.
  3. a b c Caras - UOL. CARAS - Perfil:Ana Lúcia Torre (em português). CARAS. Página visitada em 23 de janeiro de 2013.
  4. a b Jamal, Kelly (9 de agosto de 2010). Ana Lúcia Torre conta como foi filmar Reflexões de um Liquidificador (em português). R7. Página visitada em 3 de janeiro de 2011.
  5. João Gabriel Batista. Joia Rara repete parte do elenco de Cordel Encantado. Página visitada em 23 de junho de 2013.
  6. Redação Extra Online (29 de novembro de 2011). Prêmio Extra de TV: Deborah Secco fica com o prêmio de melhor atriz coadjuvant​e (em português). Extra Online. Página visitada em 29 de novembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.