Ângela Vieira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde novembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ângela Vieira
Nome completo Ângela Regina Vieira
Nascimento 3 de março de 1952 (62 anos)
Rio de Janeiro, Brasil
Nacionalidade Brasil brasileira
Ocupação atriz
Cônjuge Miguel Paiva
IMDb: (inglês)

Ângela Regina Vieira (Rio de Janeiro, 3 de março de 1952) é uma atriz brasileira. Foi casada com o ator Roberto Frota, pai da sua única filha: Nina. Atualmente interpretou Branca, uma das vilãs da novela Em Família, de Manoel Carlos. Sua beleza é típica das mulheres do sul de minas, sobretudo da beleza natural de mulheres oriundas de cidades como Campo do Meio-MG.

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • 1979 - Chapeuzinho quase Vermelho - texto e direção de Luiz Sorel, teatro Aliança Francesa da Tijuca.
  • 1980 - A História é uma História - texto de Millôr Fernandes, direção de Jô Soares, tournée por vários estados do Brasil.
  • 1981 - A História é uma História - Teatro Municipal de Niterói
  • 1982 - A Nova Era (musical) - texto de Ronaldo Resedá, direção musical de Paulinho Machado, direção geral de Wolf Maya, teatro Papagaio Café Cabaré
  • 1982 - O Parto da Búfala - texto de Monah Delacy, direção de Roberto Frota, teatro Gláucio Gil.
  • 1984 - Encouraçado Botequim (musical) - texto de Paulo César Coutinho, direção musical de Paulinho Machado, coreografia de Priscila Teixeira, direção geral de Renato Coutinho, teatros Villa Lobos e Rival
  • 1985 - Um Beijo, um Abraço e um Aperto de Mão - texto e direção de Naum Alves de Souza, teatro Villa Lobos.
  • 1986 - O Peru - texto de Georges Feydeau, direção musical de Nelson Melim, coreografia de Graziela Figueiroa, direção geral de José Renato, Teatro Ginástico.
  • 1987 - Camas Redondas, Casais Quadrados - texto de J. Chapman, direção de José Renato, teatros Ginástico e da Praia
  • 1989 - Tem um Psicanalista na nossa Cama - texto de João Bittencourt, direção de Ary Coslov, teatros Vanucci, João Caetano e Glória, tournée por vários estados do Brasil.
  • 1990 - Somente entre Nós - texto de Reginaldo Faria, direção de Roberto Frota, Teatros Glória e Abel, tournée a Portugal – teatro do Casino Estoril, Lisboa.
  • 1991 - Ato Cultural - texto de José Inácio Cabrujas, direção musical de Caique Botkay, direção geral de Marcelo Souza, projeto cultural BNDES, teatro Cândido Mendes.
  • 1992 - Se Eu Fosse Você - texto de Maria Adelaide Amaral, direção de Roberto Frota, tournée por cidades do Rio de Janeiro, teatro da UFF
  • 1993 - Se Eu Fosse Você - Teatros Barra Shopping e Posto Seis
  • 1994 - Meus Prezados Canalhas - texto de João Uchoa Cavalcanti, direção de Gracindo Júnior, Teatro dos Quatro, Teatro Tuca (São Paulo), tournée pelo Brasil
  • 1997/98 - Salve Amizade - texto e direção de Flávio Marinho, tournée pelo Brasil
  • 2004 - A Presença de Guedes - texto de Miguel Paiva, direção de Irene Ravache, teatro Laura Alvim (RJ), tournée por cidades de São Paulo e Rio de Janeiro

Espetáculos[editar | editar código-fonte]

  • 1998 - João de todos os Sambas - texto de Benjamim Santos, direção musical de Benjamim Santos, direção de Ginaldo de Souza, teatro Rival
  • 2002 - Divina Saudade (participação de Zezé Motta) - Canecão
  • 2002 - Mania de Vocês (participação no CD de José Maurício Machline) - Mistura Fina
  • 2009 - Coral HSBC (Atriz convidada para a apresentção do Coral HSBC de final de ano em Curitiba/PR)

Trabalhos na televisão[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Espetáculos de rua[editar | editar código-fonte]

De 1982 a 2000 – Todos os espetáculos oficiais ligados à Rio Arte, Prefeitura do Rio de Janeiro e Arquidiocese do Rio de Janeiro, com direção de Ginaldo de Souza:

Produção teatral[editar | editar código-fonte]

  • 1992 - Se eu fosse você - texto de Maria Adelaide Amaral, direção de Roberto Frota, tournée pelo Estado do Rio de Janeiro Teatro da UFF, Teatro Barra Shopping e Teatro Posto Seis

Coreografia[editar | editar código-fonte]

  • 1985 - Astrofolias - texto de Ana Luiza Jobim, direção musical de Antônio Adolfo, direção de Lauro Góes, Teatro Villa Lobos e Teatro do Planetário da Gávea
  • 1985 - Zabadan - direção musical de Carlão, direção de Sérgio Carvalhal - Teatro América
  • 1988/1993 - São Pedro - texto de Benjamim Santos, direção de Ginaldo de Souza - Urca, Posto Seis e Colônia do Caju
  • 1989 - Cem Anos da República - texto de Benjamim Santos, direção musical de Roberto Nascimento, direção de Ginaldo de Souza - Arcos da Lapa

Referências

  1. teledramaturgia.com.br. Em Família (elenco) - Teledramaturgia. Página visitada em 11 de janeiro de 2014.
  2. Redação Rede Globo (26 de julho de 2011). Fina Estampa: Ângela Vieira vive atriz decadente na próxima novela das 9 (em português) globo.com. Página visitada em 6 de novembro de 2011.
  3. Terra Nostra Globo.com. Página visitada em 29 de dezembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote