Na Forma da Lei

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2010). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde outubro de 2012). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Na Forma da Lei
Informação geral
Formato Seriado
Duração aprox. 40 min
Criador(es) Antônio Calmon
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Wolf Maya
Elenco Ana Paula Arósio
Henri Castelli
Márcio Garcia
Luana Piovani
Carolina Ferraz
Luís Mello
José Wilker
Eva Wilma
Paulo José
Thiago Fragoso
ver mais
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil Rede Globo
Formato de exibição 1080i (HD)
480i (SD)
Transmissão original 15 de junho de 2010 - 3 de agosto de 2010
N.º de episódios 8[1]
Cronologia
Último
Último
-
A Cura
Próximo
Próximo

Na Forma da Lei é um seriado brasileiro exibido pela Rede Globo. A atração tem a autoria de Antônio Calmon, a colaboração de Leandra Pires e Guilherme Vasconcelos e a direção-geral e de núcleo de Wolf Maya. Estreou em 15 de junho de 2010, na segunda faixa de shows da emissora,e teve seu término no dia 3 de agosto de 2010.[2]

Ana Paula Arósio, Henri Castelli, Márcio Garcia, Leonardo Machado e Luana Piovani nos papéis principais.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Eduardo é covardemente assassinado e o culpado, filho de um político influente, permanece impune.[3] Os cinco amigos do rapaz, que presenciam o homicídio, querem fazer justiça, ainda que tardia. A promotora Ana Beatriz Tavares de Macedo, o juiz Célio Rocha, o advogado Edgar Mourão, a delegada Gabriela Guerreiro e o jornalista Ademir Rodrigues se reencontram anos depois e acreditam que ainda podem fazer Maurício Viegas pagar pelo crime que cometeu. A cada episódio, uma cartela de crimes acontece, muitos deles de certa forma ligados ao grande vilão da trama, Maurício. Os cinco amigos justiceiros intervêm nas investigações e desencadeamentos desses crimes, tentando vingar a morte de Eduardo. No entanto, embora a trama de todo o seriado envolva a corrida por tentar punir Maurício, as histórias dos episódios são independentes, com começo, meio e fim.

É maio de 2003. Eduardo e Ana Beatriz comemoram o noivado em uma grande festa “rave”, ao lado dos amigos Célio, Edgar, Gabriela e Ademir. São todos estudantes de Direito da mesma faculdade. O casal de noivos está se divertindo, quando Maurício se aproxima. Ana Beatriz o apresenta para seu namorado como amigo de família, mas Maurício faz questão de dizer que também já foi noivo de Ana. O que Eduardo não sabe é que o rapaz é obcecado por ela. Edgar percebe a movimentação e, por conhecer Maurício e seu histórico, trata logo de interromper a conversa dos três e relembrar ao colega que ele tem ordem judicial para não se aproximar de Ana Beatriz. Diz ainda que seu pai, o Senador João Carlos Viegas, não gostaria que ele arrumasse confusão. Enquanto Edgar conversa com Maurício, Célio (Leonardo Machado) retira Eduardo e sua noiva do local.

Na saída, no entanto, os estudantes são interceptados pelos amigos de Maurício. Começa a violência. Enquanto Ana Beatriz grita por ajuda, Eduardo é agredido sem chance de se defender. Todos entram na briga para tentar impedir que o pior aconteça, mas Maurício dá o golpe final, matando o noivo de sua ex. Eles fogem, enquanto Ana Beatriz, ao lado dos amigos, se desespera e chora, abraçando o corpo de Eduardo. Dois anos depois, em dezembro de 2005, ocorre a formatura dos alunos de Direito. Gabriela, oradora da turma, vai ao microfone e dedica a cerimônia a Eduardo Moreno, covardemente assassinado. Em um discurso comovente, ela conta que, embora o culpado pelo crime tenha sido inocentado, agora, formados, eles não podem deixar de acreditar que as leis devem ser respeitadas e não manipuladas pelo poder político ou econômico. Todo o auditório a aplaude.

Cinco anos depois, em setembro de 2010, Anselmo leva Denise amordaçada para uma mureta escura. Ele diz que a única forma de escapar é rezar pedindo perdão pelos pecados e entrega um terço à moça. Ela, desesperada, não consegue rezar e, de joelhos, é assassinada. A polícia se aproxima. Anselmo não consegue tirar o terço enroscado na mão de Denise e foge. Ademir, que se tornou jornalista investigativo, cobre o crime e descobre que por trás da sujeira está Maurício. O terço na mão de Denise (Ellen Roche) remete a outro assassinato que pode ter sido cometido pela família Viegas, em que o morto também tinha o objeto nas mãos e ligações fortes com o Senador.

Rapidamente, Ademir liga para seus amigos de faculdade. Ana Beatriz (Ana Paula Arósio) se tornou promotora. Célio, juiz. Gabriela, delegada federal. Edgar, advogado. Agora, juntos, eles têm novamente a chance de tentar fazer justiça pela morte de Eduardo. E, baseado em artifícios legais, vão buscar fazer com que Maurício pague pelos crimes cometidos.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Em ordem de abertura

Ator Personagem
Ana Paula Arósio Ana Beatriz Tavares de Macedo
Henri Castelli Edgar Mourão
Márcio Garcia Maurício Viegas[4]
Carolina Ferraz Maria Clara Viegas[4]
Maurício Mattar Delegado Pontes
Luana Piovani Gabriela Guerreiro
Leonardo Machado Célio Rocha
Samuel de Assis Ademir Rodrigues
Ailton Graça Delegado Moreira
Monique Alfradique Nininha
Luca de Castro Péricles
André Garolli Delegado Haroldo
Olivetti Herrera Luís Otávio
Participação especial
Ator Personagem
Ruth de Souza Velha Oxalá
José Wilker Dr. Mourão
Luís Melo João Carlos Viegas
Ângela Vieira Eunice Viegas
Paulo José Dr. José Pedro
As Crianças
Ator Personagem
Dario Del Carro Jesuíno
Miguel Arraes Alexandre Viegas

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]