A Diarista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Diarista
Informação geral
Formato Série
Gênero Comédia
Duração 28-32 minutos (aproximadamente)
Criador(es) Glória Perez
Desenvolvedor(es) Brasil Rede Globo
País de origem Brasil
Idioma original português
Produção
Director(es) José Alvarenga Jr.
Produtor(es)
executivo(s)
Daniel Vincent
Cinematografia Brasil Rio de Janeiro
Câmera multicâmara
Distribuída por Brasil Rede Globo
Estados Unidos ABC
Portugal SIC
Roteirista(s) Aloísio de Abreu Maria Mariana Bruno Mazzeo Emanoel Jacobina Margareth Boury João Avelino Mauricio Rizzo
Elenco Cláudia Rodrigues
Dira Paes
Helena Fernandes
Cláudia Mello
Sérgio Loroza
Renata Castro Barbosa
Tema de abertura "Dona da Banca"
Compositor da música tema Aleh
Empresa(s) de produção Rede Globo
Localização Brasil Rio de Janeiro
Exibição
Emissora de
televisão original
Rede Globo
Formato de exibição 4:3 (SDTV)
Formato de áudio Estéreo
Transmissão original 21 de dezembro de 2003 - 31 de julho de 2007

6 de maio de 2014 - presente (Canal Viva)

N.º de temporadas 4
N.º de episódios 123

A Diarista foi um seriado brasileiro do gênero comédia produzido e exibido originalmente pela Rede Globo, onde tinha o bairro da Abolição como cenário principal da série. Sua estréia ocorreu no dia 21 de dezembro de 2003, como um especial de fim de ano, escrito pela novelista Glória Perez, com colaboração de Aloísio de Abreu e Maria Mariana, e direção geral de Cininha de Paula.

O especial gerou um sucesso tão grande e teve tão boa audiência que, no dia 13 de abril de 2004, voltou a ser exibido, desta vez no formato de série, com o lugar de Glória Perez sendo ocupado por Bruno Mazzeo e o de Cininha de Paula por José Alvarenga Jr..

Foram produzidas quatro temporadas, todas contando como protagonista a comediante Cláudia Rodrigues, intérprete de Marinete, apresentando Dira Paes, Helena Fernandes, Cláudia Mello e Sérgio Loroza como os co-protagonistas, e Renata Castro Barbosa como a antagonista principal.

Em dezembro de 2009 iniciaram-se as gravações para a quinta temporada da série, que teria 12 episódios; a produção foi interrompida, no entanto, devido a problemas de saúde com Cláudia Rodrigues, e até meados de 2010 a estreia da nova temporada ainda era dúvida.[1]

A partir de 06 de maio de 2014, o seriado passou a ser reexibido pelo Canal Viva, novamente toda terça-feira, agora, às 22hrs, com reexibição às sextas, 21h15 e domingos, às 22h15.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Marinete ou Nete, como é chamada por suas amigas, não tem medo de trabalho. Ela é uma diarista e cada dia trabalha numa casa diferente com vários tipos de patrões (a maioria são malucos ou pães duros), durante suas diárias ela conhece novas pessoas e arranja muitas confusões. Suas amigas, Dalila (Cláudia Mello), Ipanema (Helena Fernandes), Solineuza (Dira Paes) e o chefe Figueirinha (Sérgio Loroza) sempre estão na área para ajuda-la ou tirá-la de uma confusão, que eles mesmos a colocaram. A série tem a Abolição como bairro do apartamento de Marinete.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Personagens fixos[editar | editar código-fonte]

Marinete dos Santos[editar | editar código-fonte]

Diarista barraqueira e de pavio curto da agência "Dia a Dia Diarista", no Rio de Janeiro, ela vive se metendo em roubadas, a maioria delas causada pelo seu chefe Figueirinha. Forró, cerveja gelada e churrasco são umas de suas coisas preferidas. Seus avôs morreram no dia de seu aniversário de 28 anos antes de ela apagar as velas, sendo esta uma das razões pelas quais odeia seus aniversários. Adora chamar sua amiga Solineuza de poia e, apesar de fazer isso e aparentar não gostar dela, quando pensou que ela tinha morrido, ficou muito triste e chorou bastante. Já conheceu vários famosos, tais como Fábio Júnior, Vladimir Brichta, Felipe Dylon, Sandy e Rita Cadillac.

Solineuza[editar | editar código-fonte]

Mora no mesmo prédio de Marinete, Dalila e Ipanema, considera elas suas melhores amigas, mesmo que Marinete viva chamando ela de poia ou songa monga, ela uma vez pensou que esta grávida mais refez o teste e deu negativo, quando ela fica muito nervosa começa a sacudir as mãos rapidamente, Marinete fala "O que é? Vai voar?", Solineuza é fofoqueira e também meio burrinha.

Dalila[editar | editar código-fonte]

Dalila mora no apartamento ao lado do de Marinete, e por isso sempre aparece por lá. Sempre que faz uma visita, aproveita para fazer uma boquinha. Dalila adora comer! Deve ser para esquecer seus problemas, pois tem um marido que, além de chato, ainda bate nela. Mas Dalila não deixa por menos: fortona, revida em dobro no coitado. Sem perder a animação, Dalila está sempre pronta para embarcar nas loucas aventuras.

Ipanema de Jesus[editar | editar código-fonte]

Ela é a bombeira mais gostosa do pedaço! Ipanema já está acostumada com as brincadeiras que o pessoal faz com o seu nome, já sofreu muito por causa de homem e, por isso, faz questão de não depender deles para nada. É ela quem conserta a pia, aquecedor, troca encanamento de casa e dirige uma kombi.

Apesar de usar um jeans imundo, é uma tremenda gata e faz de tudo para que sua vizinha Marinete se dê bem com os homens. Com Ipanema no pedaço não tem tempo ruim!

Figueirinha[editar | editar código-fonte]

Figueirinha toma conta da agência de diaristas mais inusitada do pedaço.Antes não era quem tomava conta da agência, ele veio substituir seu irmão Figueira, que foi demitido por dar em cima das candidatas. O cara adora cantar as tchutchucas que trabalham lá, especialmente Marinete. Apesar das negativas, ele sempre dá um jeito de arrumar um trabalho legal para ela. Os salários estão sempre atrasados, porque Figueirinha só solta a grana quando é para impressionar uma mulher. No final das contas, o negão é gente fina, ou melhor, gente boa e sempre ajuda Marinete a sair das enrascadas em que se mete.

Gislene[editar | editar código-fonte]

Ela é mentirosa e odeia trabalhar, sempre engana suas patroas inventando mentiras que vê em novelas, mas sempre se dá mau no final. Ela adora chamar Marinete de anã de jardim e sempre que ela a vê tenta atrapalhar a vida dela, Marinete só vive chamado ela de busuda ou bigode e também já deu uma surra nela.

Personagens secundárias[editar | editar código-fonte]

Seu Figueira[editar | editar código-fonte]

Ele foi o antigo chefe da agência dia dia diarista em que Marinete trabalha ele é o irmão mais velho de Figueirinha. Ele foi afastado de seu posto por seu pai( fundador da agência)por assediar sexualmente as suas funcionárias. Marinete já falou a figueirinha que nunca gostou dele porque seu antigo chefe sempre dava em cima dela.

Dona Solange[editar | editar código-fonte]

Dona Solange é a patroa de Gislene, mas nunca recebeu um serviço da empregada. Aos berros no telefone, ouve as calúnias contadas pela mentirosa, tais como a doença dos supostos oito filhos, a quebra de uma perna, etc. Sempre promete demiti-la, mas tem um bom coração, e acredita na falsa.

Maria Elizabeth[editar | editar código-fonte]

Má e egocêntrica, é a sósia de Marinete (a não ser pelo cabelo), mas não tem nada a ver com a diarista, pois é rica, bem-sucedida, esnobe e odeia os pobres. Por esse motivo, está sempre em guerra com Marinete. Sua característica mais desagradável é o seu gritinho agudo e fininho: "Saiii daquiii!".

Sônia Neiva[editar | editar código-fonte]

Sósia de Solineuza, é uma famosa advogada, amiga de Maria Elizabeth. Apesar de sua amiga ser quase uma irmã gêmea malvada de Marinete, Sônia Neiva não é nem um pouco cruel e inescrupulosa. Suas únicas diferenças de Solineuza são a voz, a inteligência e a maturidade.

Juliana[editar | editar código-fonte]

É patroa de Gislene e foi de Marinete, seu marido, Osvaldo, é um Policial. Juliana sempre cai nas mentiras de Gislene, que sempre inventa algo novo sobre um parente, que inventa roubando de uma novela.

Osvaldo[editar | editar código-fonte]

Osvaldo é um Policial que tem armas em seu guarda-roupa. Ele é marido de Juliana e patrão de Gislene.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagem Intérprete Período Tipo de personagem Primeiro episódio Último episódio
Marinete dos Santos (Nete) Cláudia Rodrigues 2003 - 2007 Protagonista Piloto Sangue Bom Pra Burro
Solineuza ("Sol"/"Pôia") Dira Paes 2003 - 2007 Co-protagonista Piloto Sangue Bom Pra Burro
Dalila Cláudia Mello 2004 - 2007 Co-Protagonista Piloto Sangue Bom Pra Burro
Ipanema de Jesus Helena Fernandes 2005 - 2007 Co-Protagonista Aquele do Paraguai - Parte I Sangue Bom Pra Burro
Figueirinha (Figueira Jr.) Sérgio Loroza 2005 - 2007 Co-Protagonista Separações Dia a Dia De Uma Dirista
Maria Elizabeth Cláudia Rodrigues 2004 - 2005 Antagonista Parece, mas não é Nete vira estrela de televisão
Gislene Renata Castro Barbosa 2004 - 2006 Antagonista Aquele com as algemas Aquele da nova chefe
Seu Figueira Leandro Firmino 2004 Antagonista Piloto Aquele da Volta da Sósia
Sônia Neiva Dira Paes 2004 Secundário Aquele das sósias Aquele da Pôia
Juliana Helena Fernandes 2004 Participação Aquele com as algemas Aquele do supermercado
Osvaldo Milhem Cortaz 2004 Participação Aquele com as algemas Aquele do supermercado
E ainda
A Diarista no canal Viva:

Em comemoração dos 4 anos do Canal Viva,decidiram reprisar os episódios de A Diarista,a partir do dia 6/05/2014.O canal irá reprisar todas as temporadas do seriado.

Canal Viva logo.png

Episódios

Temporada Número de episódios Episódio de início Episódio de fechamento
1ª Temporada 37 O lixo do luxo Aquele do Projac
2ª Temporada 35 Aquele do Paraguai Nete vira estrela de televisão
3ª Temporada 31 Aquele da calma Uma escória de Natal
4ª Temporada 16 Aquela que Volta das férias Sangue Bom pra Burro

Produtos[editar | editar código-fonte]

DVDs[editar | editar código-fonte]

  • 2004: A Diarista - O Melhor de 2004
  • 2005: O Melhor de A Diarista 2005
  • 2006: A Diarista - Os Melhores Momentos de 2006

Exibição internacional[editar | editar código-fonte]

Bastidores[editar | editar código-fonte]

O piloto do programa foi apresentado em dezembro de 2003, como um especial de fim de ano, para testar sua receptividade. Juntamente foram apresentados três outras propostas de sitcoms: Carol e Bernardo, Papo de Anjo e Sob Nova Direção. Deles, Carol e Bernardo e Papo de Anjo ficaram de fora da programação semanal da Rede Globo em 2004.

Cláudia Rodrigues vinha do humorístico Zorra Total, onde fazia personagens como Ofélia e Talía. Em A Diarista, a atriz apostou num tipo de humor bem diferente daquele que estava acostumada a fazer. "Em 8 anos de trabalho na TV Globo, só agora eu tenho a oportunidade de experimentar algo assim", ela comentou na época. "No Zorra, eu fazia humor rasgado. Em A Diarista eu faço dramaturgia com humor, o que é bem diferente. Minha personagem aqui não é tão caricata. Ela é muito mais próxima da vida real!".

Para criar sua personagem, Marinete, Cláudia Rodrigues se baseou numa grande pesquisa que a produção do programa fez junto a dezenas de diaristas de verdade. Mas uma de suas maiores inspirações é Neide, sua própria empregada: "Eu sempre lembro dela em cena. A Neide é muito profissional, totalmente na dela, embora tenha também seus momentos de intimidade.".

No site do seriado foi criada uma seção para que empregadas domésticas pudessem dar seus depoimentos. Vários desses depoimentos chegaram a inspirar alguns episódios.

O ator Leandro Firmino deixou A Diarista por conta do vínculo com a produtora Picante Pictures, que negociava um seriado independente com outras emissoras. Figueira (Leandro Firmino) foi substituído por Sérgio Loroza no seriado. Figueirinha, personagem de Loroza, chegou para assumir o emprego do irmão que fora demitido da agência de diaristas, porque dava em cima das candidatas.[2]

Cláudia Rodrigues já havia vivido uma empregada, a Sirene do Sai de Baixo.

Cada episódio trazia novas participações especiais. Além dos autores fixos, que se alternavam em grupos para escreverem cada episódio, participaram da equipe de roteiristas Euclydes Marinho, Maria Eduarda Mayrinck e Maria Mariana.

O programa esteve no auge de seu sucesso em 2004 e 2005, porém, em 2007, a audiência começou a cair e registrar números na casa dos 23 pontos, abaixo do esperado pela emissora. Não era apenas o seriado que possuía médias baixas neste ano. A novelinha Malhação, a série Sítio do Picapau Amarelo, o policial Linha Direta e outras grandes produções da época, tais como Eterna Magia, Desejo Proibido e Sete Pecados marcavam baixos pontos no Ibope. Por isso A Diarista teve seu término antecipado, sendo que ainda havia 3 episódios gravados que não foram ao ar. Logo foi substituído pelo Toma Lá Dá Cá, enquanto Cláudia Rodrigues passou a integrar o elenco do humorístico Casseta e Planeta substituindo Maria Paula que estava de licença maternidade. Ċ No último episódio da temporada de 2007, "Sangue Bom pra Burro", Cláudia Rodrigues comunicou que o programa sairia do ar, mas iria voltar em 2008, o que não ocorreu.

Foram lançados 3 DVDs da série, cada um intitulado como O Melhor de 2004, 2005 e 2006. Nenhum episódio da temporada 2007 chegou às vendas.

Desde junho de 2004, com o episódio Aquele da visita da mãe, a maioria dos episódios de A Diarista começavam com Aquele com/Aquele do (a). Entre todos os 123 episódios de A Diarista, 54 deles começava com Aquele com/do (a).

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

O episódio "Aquele dos Vizinhos" mostrou Marinete trabalhando na casa de patrões árabes, e, desastradamente, a empregada acaba quebrando alguns objetos culturais preciosos. A Rede Globo foi obrigada a pedir desculpas à comunidade árabe, pois caso contrário haveria um boicote a produtos brasileiros, como, por exemplo, a equipe de produção do Caldeirão do Huck não poderia mais viajar para os Emirados Árabes Unidos. O boato foi negado, e as negociações continuaram.[3]

Cancelamento e volta[editar | editar código-fonte]

Em razão da estréia do novo programa do canal, Toma Lá, Dá Cá, o programa saiu do ar com o último episódio exibido em 31 de julho de 2007, ainda com 3 episódios inéditos gravados.[4]

Muitos boatos apareceram para tentar explicar o motivo do término, como uma possível briga entre Cláudia Rodrigues e Dira Paes, que foi desmentida pelas duas.

A razão oficial para o cancelamento seria a queda de audiência e a renovação da programação do canal, mas segundo a própria Cláudia, o programa voltaria para a grade de 2008, mas com o elenco e direção reformulados. Apenas a protagonista, Sérgio Loroza e Cláudia Mello permaneceriam no elenco, e o cenário mudaria do Rio de Janeiro para São Paulo. O último episódio teve 23 pontos de audiência, abaixo da média de 24 pontos, na temporada.

Em outubro de 2007, foi anunciado que o canal havia decidido produzir uma 5ª temporada do programa, com 12 episódios, para estréia no 2º semestre de 2008, mas a atração não figura entre os seriados escolhidos para a grade de 2008.[5]

Em entrevistas recentes (2012), Claudia Rodrigues disse que esta totalmente curada de sua doença, e pronta pra trabalhar. Ela revelou que adoraria voltar a gravar A Diarista porem a Rede Globo ainda não a chamou. Como ela esta gravando para o Zorra Total como Talia e Ofélia, a atriz acredita que a estão testando para ver sua capacidade e assim, talvez chama-la para voltar a gravar a serie.

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

  • Tema de abertura: "Dona da banca", de Aleh.
  • Trilha incidental e produção musical: Marcio Lomiranda.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • 2004 - Troféu Imprensa.
  • 2005 - Prêmio Arte Qualidade Brasil.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]