Lampião e Maria Bonita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lampião e Maria Bonita
Informação geral
Formato Minissérie
Gênero Drama
Romance
Duração 50 minutos
Estado Finalizada
Criador(es) Aguinaldo Silva
Doc Comparato
Desenvolvedor(es) Rede Globo
País de origem  Brasil
Idioma original (português brasileiro)
Produção
Diretor(es) Paulo Afonso Grisolli
Luís Antônio Piá
Produtor(es) Paulo Afonso Grisolli
Câmera Multicâmera
Elenco Nelson Xavier
Tânia Alves
Roberto Bonfim
Regina Dourado
José Dumont
Cláudio Correa e Castro
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 26 de abril5 de maio de 1982
N.º de episódios 8
Cronologia
Último
Último
Avenida Paulista
Próximo
Próximo

Lampião e Maria Bonita é uma minissérie brasileira produzida pela Rede Globo, cuja exibição ocorreu entre 26 de abril e 5 de maio de 1982, em 8 capítulos. Escrita por Aguinaldo Silva e Doc Comparato, foi dirigida por Luís Antônio Piá e Paulo Afonso Grisolli. [1]

Nelson Xavier e Tânia Alves interpretaram os personagens principais, Lampião e Maria Bonita numa trama que narra os últimos meses de vida do cangaceiro Virgulino Ferreira da Silva.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A trama narra os últimos meses de Lampião e Maria Bonita. A história começa quando o bando de Lampião sequestra o geólogo inglês Steve Chandler. Usando Joana Bezerra como intermediária, o grupo exige do Governo da Bahia, 40 mil contos de réis como pagamento. O Sargento Libório passa o bilhete com a informação para o Governador, porém depois cai nas mãos do jornalista Lindolfo Macedo, que descobre o plano do Governador de sequestrar Argemiro, irmão honesto de Lampião e sem relação com o cangaço, pretendendo explorar o fato. Junto com a Embaixada da Inglaterra, o Governo envia o Tenente Zé Rufino, tradicional perseguidor de Lampião. Em determinado momento da trama, Maria Bonita desaparece, para fazer um aborto e, quando retorna doente, fica aos cuidados do geólogo que se apaixona pela moça. Após a recusa da Embaixada de pagar o resgate, a volante do Tenente Zé Batista encontra o casal, que ao amanhecer do dia 28 de julho de 1938, é metralhado sem qualquer condição de defesa. [2] [3]

Elenco[editar | editar código-fonte]

em ordem de abertura

Ator/Atriz Personagem
Nelson Xavier Lampião
Tânia Alves Maria Bonita
Roberto Bonfim Sargento Libório
Regina Dourado Joana Bezerra
Hileana Menezes Alice
Lu Mendonça Dadá
Antônio Pompeo Sabonete
Helber Rangel Lindolfo Macedo
Marco Antônio Soares telegrafista
Participação especial
Ator Personagem
José Dumont Tenente Zé Rufino
Arnaud Rodrigues Charles G. Leavitt
Cláudio Corrêa e Castro Euclides Fonseca
Jofre Soares Coronel Pedrosa
Atores convidados
Michael Menaugh como Steve Chandler
John Procter como Mr. Fry
Elenco de apoio
Ator/Atriz Personagem Ref
Henrique Costa Caixa de Fósforo [1]
Evandro Silva Novo Tempo
Sílvio Correia Lima Corisco
Jomba Manoel Severo
José Fernandes Argemiro
B. de Paiva caçador
Maria Alves Mabel
Armando Nascimento Getúlio Vargas
Marcus Vinícius Gavião
Gilson Moura Tenente Zé Batista
Teresa Cristina Cila
Jurandir de Oliveira Antônio de Engracia
Jurema Penna Mariinha
Leônidas Aguiar rastejador
Ilva Niño Odete
Anilda Leão Agregada
Adriana Barbosa Expedita
Nestor Capoeira Amarelo
Beto Leão sertanejo
Fernando Palitot Soldado Sandes
Sérgio Sampaio Feliciano
Sônia Borges Eufrásia
Wanda Katiuscia Cipriana
Rubens Araújo Dr. Eustáquio

Produção[editar | editar código-fonte]

Foi a primeira experiência no formato minissérie feita pela Rede Globo. A minissérie foi premiada com a medalha de ouro no Festival Internacional de Cinema e Televisão de Nova York. [4]

A Rede Globo reapresentou Lampião e Maria Bonita por cinco vezes: em março de 1984; em julho de 1988 (apenas para o Distrito Federal); em versão compacta de 5 capítulos, durante o Festival 25 anos, em 1990; em junho de 1991, na sessão Vale a Pena Ver de Novo com a mesma versão compacta de 5 capítulos, e em 22 de janeiro de 2015, no festival Luz, Câmera, 50 Anos, em uma edição especial, como telefilme, compactada em duas horas. [5] [6]

Referências

  1. a b Lampião e Maria Bonita - Fiche Técnica Memória Globo. Visitado em 25 de dezembro de 2014.
  2. Lampião e Maria Bonita- Trama Principal Memória Globo. Visitado em 25 de dezembro de 2014.
  3. Nilson Xavier. Lampião e Maria Bonita - Sinopse Teledramaturgia. Visitado em 25 de dezembro de 2014.
  4. Lampião e Maria Bonita - Prêmios Memória Globo. Visitado em 25 de dezembro de 2014.
  5. Nilson Xavier. Lampião e Maria Bonita - Bastidores Teledramaturgia. Visitado em 25 de dezembro de 2014.
  6. Lampião e Maria Bonita - Curiosidades Memória Globo. Visitado em 25 de dezembro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]