Felipe Camargo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Felipe Camargo
Nome completo Luiz Felipe de Camargo e Almeida Neto
Nascimento 1 de agosto de 1960 (54 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Ocupação ator
IMDb: (inglês)

Luiz Felipe de Camargo e Almeida Neto (Rio de Janeiro, 1 de agosto de 1960) é um ator brasileiro. É irmão do ator Eduardo Camargo.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Despontou para a fama ao protagonizar a clássica minissérie Anos dourados (1986), de Gilberto Braga, em que fez par romântico com Malu Mader. Em seguida, foi o protagonista da novela Mandala, de Dias Gomes e Marcílio Moraes quando conheceu e se apaixonou por Vera Fischer, sua companheira durante oito anos, em um casamento destacado por brigas e desentendimentos notórios.

Década de 1990[editar | editar código-fonte]

A década de 1990 foi marcada por um período de ostracismo em sua carreira. Além do seu envolvimento com as drogas e o casamento conturbado com Vera, envolveu-se em um acidente no qual o jovem de então 21 anos, Agostinho Dias Carneiro Júnior, veio a falecer.[1] Embora na época a imprensa tivesse relatado que, logo após o acidente, Agostinho tivesse sido agredido por Felipe ao invés de ter recebido socorro, até o momento não há referências disponíveis sobre este ocorrido.

Separação[editar | editar código-fonte]

Com a separação da atriz Vera Fischer, iniciou-se uma árdua batalha judicial pela guarda do filho do casal. Felipe, recuperado da dependência química, conseguiu legalmente a tutela de Gabriel, que já morava com o pai desde os quatro anos de idade, a partir de 1997.

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Participou de Andando nas Nuvens, de Euclydes Marinho, Um Anjo Caiu do Céu, de Antonio Calmon, Senhora do Destino, de Aguinaldo Silva, A Padroeira e Alma Gêmea, ambas de Walcyr Carrasco e Cobras e Lagartos, de João Emanuel Carneiro.

Em 1993 tentou a carreira de cantor gravando duas músicas e se apresentando em alguns programas, mas depois desistiu voltando à sua antiga profissão.

É adepto do Espiritismo (razão pela qual foi escolhido para ser o médico espiritual Dr. Julian Enck em Alma Gêmea) e primo do também ator Jorge Pontual.

Tem como hobbie a fotografia. 'Tenho muito mais prazer em fotografar do que ser fotografado' declarou o ator em 2010.

Em 2006, chegou a protagonizar Paixões Proibidas, telenovela de época da Rede Bandeirantes, onde interpretou o pirata Alberto.

Retomada[editar | editar código-fonte]

Após um ano sem trabalhos, já desistindo da carreira de ator no Brasil, o carioca preparava-se para viajar aos Estados Unidos. Felipe acredita que, se for pra fazer pequenos papéis, que sejam ao menos no exterior, onde ganha-se em dólar.

Nesse momento de grande angústia e uma incrível vontade de trabalhar, recebeu uma ligação do cineasta Fernando Meirelles, por quem foi convidado a protagonizar a minissérie Som & Fúria, uma parceria da Globo com a O2 Filmes. A atração é vista como a grande retomada de sua carreira. Da mesma maneira que estreou na TV, com um protagonista na Globo, Felipe ressurge a mídia, com destaque e em grande estilo.

Foi um dos co-protagonistas da nova novela das sete da Globo, Tempos Modernos, de Bosco Brasil, e em 2011 esteve no sucesso Cordel Encantado ganhando destaque como o misterioso Duque Petrus.

Em 2012 interpretou o cético médico Gabriel, na novela das seis Amor Eterno Amor e, em 2013 interpretou na trama das sete Sangue Bom, o frustrado artista plástico Péracio, par romântico da garçonete Rosemere (Malu Mader), revivendo a antiga parceira com a atriz iniciada na minissérie Anos Dourados.[2] [3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Especiais

Cinema[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [1].
  2. Rede Globo (08 de março de 2013). Sangue Bom: Malu Mader e Felipe Camargo revivem antiga parceria Rede Globo > sangue bom. Visitado em 13 de julho de 2014.
  3. Rede Globo (06 de março de 2013). Sangue Bom: Dennis Carvalho dirige Felipe Camargo na Liberdade, em SP Rede Globo > sangue bom. Visitado em 13 de julho de 2014.
  4. Gshow (04 de dezembro de 2012). Fiuk, ciúmes e mentirinhas: Léo enfrenta ex-rival e atrapalha namoro de Giovana O Programa - Louco por Elas. Visitado em 13 de julho de 2014.
  5. Globo Filmes. Filmes>Boa Sorte>Elenco. Visitado em 01 de fevereiro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]