Nuno Leal Maia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nuno Leal Maia
Nascimento 17 de outubro de 1947 (67 anos)
Bnadeira da Cidade de Santos Santos, SP
IMDb: (inglês)


Nuno Leal Maia (Santos, 17 de outubro de 1947) é um ator brasileiro que ficou conhecido pelos filmes da época da pornochanchada e pelos papéis marcantes nas telenovelas globais nos anos 80. O ator nasceu em Santos, mas foi criado em São Vicente, também do estado de São Paulo.

É ex-jogador de futebol, chegando a jogar pelo juvenil do Santos Futebol Clube, do qual é torcedor e foi treinador de futebol, atuando no Londrina Esporte Clube[1] , na Sociedade Esportiva Matsubara, ambos do estado do Paraná, no São Cristóvão de Futebol e Regatas do Rio de Janeiro e no Botafogo Futebol Clube, do estado da Paraíba.

Nuno estudou artes cênicas na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo. Na televisão, destacou-se bastante na figura do "paizão maneiro", "gente fina", do bicheiro "Tony Carrado", do surfista "Gaspar Kundera" e do divertido e cheio de ginga "Jurandir", graças às suas memoráveis atuações nas telenovelas A Gata Comeu, Top Model, Mandala, Vamp e História de Amor.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Telenovelas e Minisséries
Seriados

Cinema[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. No Londrina, Nuno Leal Maia como técnico Site Paraná-Online
  2. Pé de Vento Tele Dramaturgia.


Precedido por
José Mayer
por Perfume de Gardênia
Troféu Candango de Melhor Ator
por Louco por Cinema

1994
Sucedido por
Fernando Eiras
por O Mandarim
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.