Irandhir Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Irandhir Santos
Irandhir Santos em 2013
Nome completo Irandhir Gleriston Santos Pinto
Nascimento 22 de agosto de 1978 (35 anos)
Barreiros, Pernambuco
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação ator
Página oficial
IMDb: (inglês) (português)

Irandhir Gleriston Santos Pinto (Barreiros, 22 de agosto de 1978) é um ator brasileiro.[1] [2]

Um dos mais aclamados atores do Cinema Brasileiro na atualidade, Irandhir Santos é detentor de grande número de prêmios de Melhor Ator no Brasil e no exterior.[3]

No respeitado Cinema de Pernambuco atuou em filmes de cineastas consagrados do estado como Marcelo Gomes, Cláudio Assis, Hilton Lacerda e Kleber Mendonça Filho. Dos cineastas pernambucanos mais conhecidos, só não trabalhou com Guel Arraes, Heitor Dhalia, Lírio Ferreira e João Falcão. Por produções pernambucanas ganhou prêmios importantes como o Kikito de Melhor Ator do Festival de Gramado e o prêmio de Melhor Contribuição Artística do Festival de Havana.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido na cidade de Barreiros, Irandhir viveu em várias regiões do interior do estado de Pernambuco durante sua infância, pois seu pai, que era gerente de banco, frequentemente era transferido para uma nova agência. Residiu por um maior tempo no município de Limoeiro, no Agreste Pernambucano, onde seus pais Marcos Pinto e Helena Luz se estabeleceram.[4] [5] [6]

No Recife, já em 2003, graduou-se no curso de Licenciatura em Artes Cênicas da Universidade Federal de Pernambuco. Desde então, atuou em algumas peças teatrais e produções televisivas e em diversos filmes.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2014 Cataguases Luzimar
A Hora e a Vez de Augusto Matraga Quim
A História da Eternidade Joãozinho
2013 Tatuagem Clécio
Obra João Carlos
Deixem Diana em Paz Narrador Curta-metragem
2012 O Som ao Redor Clodoaldo
O Senhor do Labirinto Wanderley
A Luneta do Tempo Lampião
Permanência Ivo
2011 A Febre do Rato Zizo
2010 Tropa de Elite 2 Diogo Fraga
Quincas Berro D'Água Cabo Martin
2009 Besouro Noca de Antônia
Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo Zé Renato
Olhos Azuis Nonato
Azul Curta-metragem
2008 Décimo Segundo Curta-metragem
A Vida é Curta Curta-metragem
2007 Amigos de Risco Joca
2006 Baixio das Bestas Maninho
2005 Cinema, Aspirinas e Urubus Manoel

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Emissora
2014 Meu Pedacinho de Chão Zelão Rede Globo
Amores Roubados João da Silva Rede Globo
2007 A Pedra do Reino Quaderna/Quaderna Velho Rede Globo

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Peça Direção
2004 Quem tem, tem medo! Júnior Sampaio
2003 Flash Clown Carlos Bartolomeu
O Rapto de Rodolfo Isabel Concessa
2000 Ai, serpente! Roberto Lúcio
A ver estrelas João Falcão e Magdale Alves
Alheio Leidson Ferraz
Cenas de uma paixão Irandhir Santos
1999 A importância de ser prudente André Cavendish
1997 Duos: um olhar sobre o amor André Cavendish
1996 Liberdade, liberdade André Cavendish

Prêmios e homenagens[editar | editar código-fonte]

Em 2006, Irandhir Santos conquistou o Troféu Candango no Festival de Cinema de Brasília como Melhor Ator Coadjuvante, por sua atuação no premiado Baixio das Bestas, de Cláudio Assis.[7] No ano de 2008 recebeu dois prêmios na categoria Melhor Ator, um no Festival Cine Ceará e outro no Vitória Cine Vídeo, ambos por sua atuação no curta-metragem Décimo Segundo, de Leonardo Lacca. Em 2009, desta vez por seu trabalho em Olhos Azuis, de José Joffily, Irandhir conquistou o Troféu Menina de Ouro do Festival Paulínia de Cinema, como Melhor Ator Coadjuvante.[8]

No ano de 2010, suas atuações em Olhos Azuis e Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo, este último dirigido por Marcelo Gomes e Karin Aïnouz, garantiram-lhe o prêmio de Melhor Ator no Festival de Cinema Brasileiro em Paris,[9] sendo tal prêmio compartilhado com o ator norte-americano David Rasche, protagonista do citado Olhos Azuis. Também em 2010, e em razão do mencionado trabalho junto a Gomes e Aïnouz, Irandhir recebeu o prêmio de Melhor Ator no Festival de Cinema de Triunfo. A atuação de Irandhir em Olhos Azuis garantiu-lhe mais três prêmios, ainda no ano de 2010: o de Melhor Ator no Festival de Cinema Brasileiro de Miami, o de Melhor Ator Coadjuvante no FestCine Goiânia e o de Melhor Ator Coadjuvante no FestNatal.

No início de 2011, Irandhir Santos foi agraciado com o Troféu Barroco, sendo o ator homenageado da 14ª Mostra de Cinema de Tiradentes, a qual também homenageou o cineasta Paulo César Saraceni. A 14ª Mostra aconteceu de 21 a 29 de janeiro e exibiu, dentro da sua extensa programação, quatro filmes dos quais Irandhir participou: os curtas Azul e Décimo Segundo e os longas Olhos Azuis e Tropa de Elite 2. Em julho de 2011, o juri oficial do Festival de Paulínia concedeu a Irandhir Santos seu segundo Troféu Menina de Ouro. Irandhir recebeu o prêmio de Melhor Ator em decorrência de sua atuação em Febre do Rato, filme de Cláudio Assis. Em agosto do mesmo ano, foi um dos atores homenageados no 4º Festival de Cinema de Triunfo, recebendo seu segundo Troféu Careta. Também no ano de 2011, desta vez em setembro, Irandhir foi escolhido pelo júri oficial do Prêmio Contigo de Cinema como o Melhor Ator Coadjuvante do ano, por sua atuação em Tropa de Elite 2, filme de José Padilha.

Em março e setembro de 2012, a personagem "Nonato", de Olhos Azuis, rendeu a Irandhir mais dois prêmios: o primeiro deles, de Melhor Ator, veio do Festival Anápolis de Cinema; e o segundo, de Melhor Ator Coadjuvante, decorreu do Araxá Cine Festival. Ambos os eventos reuniram filmes anteriormente premiados em outros festivais. Em agosto de 2012, com a exibição de Febre do Rato na quinta edição do Festival de Cinema de Triunfo, Irandhir Santos recebeu mais um Troféu Careta, o terceiro de sua trajetória.

Em abril de 2013, Irandhir Santos recebeu, do júri oficial do Festival SESC Melhores Filmes, o prêmio de Melhor Ator por seu trabalho em "Febre do Rato". Em maio, Irandhir foi um dos homenageados do III Festival Anápolis de Cinema. Em junho do mesmo ano, o júri do Prêmio FIESP/SESI de Cinema concedeu a Irandhir o troféu de Melhor Ator por sua atuação em "Febre do Rato". Já em agosto, o júri oficial do Festival de Cinema de Gramado premiou Irandhir com o Kikito de Melhor Ator, agora por sua participação decisiva no longa-metragem "Tatuagem", do diretor Hilton Lacerda.[10] Em dezembro de 2013, "Tatuagem" também concedeu a Irandhir umas das mais importantes distinções do cinema: o "Premio Coral a la mejor contribución artística" oferecido pelo júri oficial do Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano de La Habana, de Havana, Cuba.[11]

Em Janeiro de 2014, o VII Festival Vale Curtas homenageou Irandhir Santos pelo conjunto de sua obra, concedendo a ele o Troféu Cari e exibindo, nas cidades de Petrolina e Juazeiro, diversos dos seus filmes, como "Febre do Rato", "Décimo Segundo" e "Tatuagem".[12] Em fevereiro do mesmo ano, o júri do Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá concedeu a Irandhir o prêmio de Melhor Ator por sua atuação em "Tatuagem".[13] . No mês seguinte, "Tatuagem" trouxe a Irandhir Santos mais um prêmio significativo: o prêmio "Mauricio Litman de mejor actor", por ocasião do Festival Internacional de Cinema de Punta del Este, no Uruguai.[14]

Ano Categoria Festival Trabalho Resultado
2014 Melhor Ator Festival Internacional de Cinema de Punta del Este Tatuagem Vencedor
Melhor Ator Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá Tatuagem Vencedor
Homenageado Vale Curtas Conjunto da obra Vencedor
2013 Melhor contribuição artística Festival de Havana Tatuagem Vencedor
Melhor Ator Festival de Gramado Tatuagem Vencedor
Melhor Ator Prêmio FIESP/SESI de Cinema Febre do Rato Vencedor
Homenageado Festival Anápolis de Cinema Conjunto da obra Vencedor
Melhor Ator Festival SESC Melhores Filmes Febre do Rato Vencedor
2012 Melhor Ator Coadjuvante Araxá Cine Festival Olhos Azuis Vencedor
Melhor Ator Festival de Cinema de Triunfo Febre do Rato Vencedor
Melhor Ator Festival Anápolis de Cinema Olhos Azuis Vencedor
2011 Melhor Ator Coadjuvante Prêmio Contigo de Cinema Tropa de Elite 2 Vencedor
Homenageado Festival de Cinema de Triunfo Conjunto da obra Vencedor
Melhor Ator Festival Paulínia de Cinema Febre do Rato Vencedor
Homenageado Mostra de Cinema de Tiradentes Conjunto da obra Vencedor
2010 Melhor Ator Coadjuvante FestNatal Olhos Azuis Vencedor
Melhor Ator Coadjuvante FestCine Goiânia Olhos Azuis Vencedor
Melhor Ator Brazilian Film Festival of Miami Olhos Azuis Vencedor
Melhor Ator Festival de Cinema de Triunfo Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo Vencedor
Melhor Ator Festival de Cinema Brasileiro de Paris Olhos Azuis e Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo Vencedor
2009 Melhor Ator Coadjuvante Festival Paulínia de Cinema Olhos Azuis Vencedor
2008 Melhor Ator Vitória Cine Vídeo Décimo Segundo Vencedor
Melhor Ator Cine Ceará Décimo Segundo Vencedor
2006 Melhor Ator Coadjuvante Festival de Brasília Baixio das Bestas Vencedor

Referências