João Miguel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde junho de 2013) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
João Miguel
João Miguel na TV Brasil
Nascimento 1 de janeiro de 1970 (44 anos)
Salvador, Bahia
Ocupação Ator
IMDb: (inglês)


João Miguel (Salvador, 1 de janeiro de 1970) é um ator brasileiro filho do politico Domingos Leonelli e da artista plástica Magali Serrano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Iniciou a carreira de ator aos 9 anos na televisão no programa Bombom Show, de Nonato Freire. Com 13 ou 14 anos, estreia como ator principal na peça A viagem de um barquinho, com direção de Pety. Depois trabalhou em circo, e, junto às crianças de rua, apresentou peças em escolas, hospitais públicos e favelas de Salvador e do interior da Bahia. Aos 17 anos foi para o Rio de Janeiro e teve a sua formação como ator na Casa de Arte das Laranjeiras (CAL), onde conheceu Luiz Carlos Vasconcelos, ator e diretor do Grupo Piolim. Em seguida, foi para João Pessoa, onde aperfeiçoou sua arte circense com Luiz Carlos, e depois viajou o Brasil e o mundo acompanhando a peça O Vau da Sarapalha.

Depois de muito trabalho, finalmente foi consagrado com o monólogo O bispo, que conta a história do grande artista Arthur Bispo do Rosário, rendendo-lhe vários prêmios e o convite para estrear no cinema no filme Aspirinas e Urubus, com o qual ganha muitos prêmios, inclusive no Festival de Cinema de Cannes. Hoje, com cerca de 15 longas-metragem rodados e várias participações em especias da televisão, João Miguel é um dos maiores nomes do cinema brasileiro.

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Novelas & Minisséries
Ano Título Papel Notas Emissora
2002 Pastores da Noite Chico Pinóia Rede Globo
2005 Carandiru, Outras Histórias Edelso Rede Globo
2007 Amazônia, de Galvez a Chico Mendes Heraldo Rede Globo
Te Quiero América Francisco Protagonista Rede Globo
A Grande Família Plínio Participação Especial Rede Globo
Antônia Edmundo Rede Globo
2008 Casos e Acasos Teles Rede Globo
Ó Paí Ó Mário Rede Globo
2009 O Louco dos Via-Dutos Jeremias TV Cultura
2011 Cordel Encantado Belarmino Rede Globo
Força Tarefa Carlos Henrique Participação Especial Rede Globo
2012 Xingu Cláudio Villas Bôas Protagonista Rede Globo
2013 O Canto da Sereia Só Love Coadjuvante Rede Globo
Gonzaga - de Pai pra Filho Miguelzinho Coadjuvante Rede Globo
A Teia Jorge Macedo[1] Protagonista Rede Globo

Cinema[editar | editar código-fonte]

Longas & Curta-Metragens
Ano Título Papel Notas
2005 Eu Me Lembro Edgard Navarro
Cidade Baixa Edvan
Cinema, Aspirinas e Urubus Ranulpho
2006 O Céu de Suely João
2007 Deserto Feliz Mão de Veia
Mutum Pai Participação Especial
Estômago Nonato
2008 Bonitinha, Mas Ordinária. Edgard
2009 Se Nada Mais Der Certo Wilson
Hotel Atlântico Sebastião
2010 Jardim das Folhas Sagradas Póla Ribeiro
Ex Isto René Descartes
2012 Xingu Cláudio Villas Bôas Protagonista
A Beira do Caminho João
Era Uma Vez Eu, Verônica Gustavo
Gonzaga - de Pai pra Filho Miguelzinho
2013 Éden Pastor Naldo[2] [3]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Nos Palcos
Ano Título Papel Notas
2008-2009 Zeluda Zeluda Protagonista
2010 Ranulpho

Referências

  1. TV Globo. A Teia: assista a uma prévia da nova série policial, que estreia neste ano. Página visitada em 12 de agosto de 2013.
  2. Ficha técnica completa de "Éden. Página visitada em 09 de junho de 2013.
  3. Ficha técnica completa de Éden no IMDb. Página visitada em 09 de junho de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]