MiG Alley

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa mostrando a "alameda dos Migs" (o círculo).

"MiG Alley" (em português: "Alameda dos MiGs") foi o nome dado pelos pilotos das forças da ONU a porção norte do território da Coreia, próximo a fronteira com a China, onde o Rio Yalu desagua no Mar Amarelo. Durante a Guerra da Coreia, foi um lugar onde vários combates aéreos foram travados entre pilotos de caça dos Aliados, liderados pelos Estados Unidos, e da Coreia do Norte (incluindo tripulações e aviadores soviéticos) e China.[1]

A área ganhou este apelido pois era dominada e constantemente patrulhada por caças Mikoyan-Gurevich MiG-15, de fabricação russa. Esta aeronave foi uma das mais usadas no conflito entre as Coreias. Na alameda dos Migs, foi registrados algumas das primeiras batalhas entre jatos da história. O principal adversário do MiG-15 soviético era o caça F-86 Sabre, de fabricação americana.[2]

No final da Guerra da Coreia, ambos os lados se consideraram vitoriosos. Os americanos afirmaram que para cada avião seu perdido, eles conseguiram derrubar 10 inimigos. Os soviéticos afirmam que para cada aeronave sua derrubada, 3 dos Aliados foram abatidos. O verdadeiro total de mortos permanece desconhecido, mas no final os Estados Unidos e Sul-coreanos conseguiram manter alguma superioridade aérea sobre a região (embora não tenha conseguido impedir o tráfego aéreo inimigo). O piloto russo Nikolai Sutyagin foi, teoricamente, o que conquistou mais vitórias em combate, derrubando 21 caças inimigos. Já do lado dos americanos, Joseph C. McConnell afirmou ter 16 vitórias aéreas. Estes dois foram alguns dos vários ases que surgiram nesta guerra.[3]

Fotos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Dogfights: MIG Alley. The History Channel. Página visitada em 8 de abril de 2014.
  2. Davis, Larry. MiG Alley Air to Air Combat over Korea. Warren, Michigan: Squadron/Signal Publications Inc., 1978. ISBN 0-89747-081-8.
  3. Mesko, Jim. Air War over Korea. Carrollton, Texas: Squadron/Signal Publications Inc., 2000. ISBN 0-89747-415-5.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]