Mikoyan-Gurevich MiG-15

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
MiG-15
MiG-15UTI
MiG 15 da Força Aérea Polaca
Descrição
Fabricante Mikoyan-Gurevich
Entrada em serviço 1949
Missão Caça
Tripulação 1 piloto
Dimensões
Comprimento 10.11 m
Envergadura 10.8 m
Altura 3.7 m
Área (asas) 20.6 m²
Peso
Tara 3 580 kg
Peso total 4 960 kg
Peso bruto máximo 6 105 kg
Propulsão
Motores 1× Klimov VK-1 turbojet
Performance
Velocidade máxima 1075 km/h
Alcance 1 200 km
Teto máximo 15 500 m
Relação de subida 50 m/s
Armamento
Metralhadoras 2 canhões Nudelman-Rikhter NR-23KM e 1 Canhão de 37 mm NL-37D
Mísseis/Bombas 2 x 100 Kg de bombas, tanques suplementares ou foguetes não-guiado

O Mikoyan-Gurevich MiG-15 (em russo: Микоян и Гуревич МиГ-15) (código NATO "Fagot") foi um avião de caça desenvolvido para a União Soviética por Artem Mikoyan e Mikhail Gurevich. O MiG-15 um dos primeiros aviões a jacto de asas em flecha bem sucedido, alcançou a fama nos céus da península Coreana onde o seu desempenho ultrapassava todos os caças inimigos e ficou em pé de igualdade com o F-86 Sabre. O MiG-15 também serviu como ponto de partida para o desenvolvimento do mais avançado MiG-17 o qual se oporia aos caças Norte-Americanos na Guerra do Vietname na década seguinte. Pensa-se que o MiG-15 foi o avião a jacto construído em maior número, com cerca de 12 000 unidades construídas, não contando com as unidades construídas sob licença, fora da União Soviética, as quais poderão atirar os valores para 18 000 unidades.[1] O Mig-15 continuou seu serviço até meados dos anos 1990 em serviço, nos países aliados à Rússia.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O Mig-15 foi concebido em 1946 para um requerimento soviético que requisitava um interceptador para grande altitude e de alta capacidade para abater alvos estratégicos. O projeto concebido na Mikoyan Gurevich foi de uma aeronave de asa enflechada, o que mostrou uma grande quantidade de ideias alemãs no projeto. Até 1947 não havia um motor adequado para o Mig-15, até que o governo inglês vendeu 25 motores Rolls Royce Nene para a Rússia. Os russos prontamente colocaram-se para criar um motor de força similar.

Aeronaves similares[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.nasm.si.edu/research/aero/aircraft/mig15.htm
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.