Museu dos Mosaicos do Grande Palácio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Museu dos Mosaicos.
Piso de mosaico com mulher levando um vaso (g. século V).
Piso de mosaico com menino e um burro (c. século V).

O Museu dos Mosaicos do Grande Palácio (em turco Büyük Saray Mozaikleri Müzesi) está situado próximo da praça de Sultanahmet, em Istambul, na Turquia. O museu abriga mosaicos do período bizantino, encontrados no sítio arqueológico do Grande Palácio de Constantinopla.

História[editar | editar código-fonte]

Acredita-se que o Grande Palácio de Constantinopla foi construído durante o reinado de Justiniano I (527-565). O Mosaico do Grande Palácio foi a maiorea mais bela paisagem na Antiguidade (século VI d.C.). Em parte alguma do mundo da Antiguidade tardia podemos encontrar um edifício com um pavimento em mosaico de dimensão semelhante e perfeição da obra. Provavelmente foi feito por uma oficina imperial liderada por um mestre artista, que deve ter utilizado os melhores artífices de todos os cantos do Império Bizantino. Nesta circunstância que se torna difícil comparar a peça com criações e, por consequência, a data, por meio de tipologica e métodos estilísticos. Compondo o pavimento térreo, com os seus muitos coloridos visgos, terracota e cubos de vidro de 5 mm. Um metro quadrado de espaço consumiu cerca de 40 000 cubos, o que contribui para 80 000 000 de tesselas para toda área. O mosaico foi trazido à conhecimento só na fragmentação de seções, que juntos formam-se, cerca de setenta um porcento da expansão do original, mas estas são suficientes para mostrar que é uma das mais belas composições conhecidas por nós a partir de mosaico arte antiga.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Museu dos Mosaicos do Grande Palácio