Porto de Eleutério

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Porto de Eleutério
Eleutherion, Portus Eleutherius,
Portus Theodosiacus, Porto de Teodósio
Peças arqueológicas encontradas no Porto de Eleutério
Localização atual
Porto de Eleutério está localizado em: Istambul
Porto de Eleutério
Localização do Porto de Eleutério em Istambul
Coordenadas 41° 0' 17" N 28° 57' 8" E
País  Turquia
Cidade Istambul
Dados históricos
Fundação 6 500 a.C.
Notas
Escavações 2004
Peso de balança esculpido descoberto durante as escavações do Porto de Eleutério

O Porto de Eleutério (em grego: λιμήν Ἐλευθερίου; em latim: Portus Eleutherius), também conhecido pelo seu nome posterior de Porto de Teodósio (em grego: λιμήν Θεοδοσίου; em latim: Portus Theodosiacus), foi um dos portos da antiga Constantinopla, a capital do Império Bizantino. Situava-se na margem do Mar de Mármara, no sul da península da parte muralhada de Cosntantinopla, no que é hoje o bairro de Yenikapı do distrito de Fatih de Istambul, Turquia.[nt 1]

Os outros portos antigos da cidade eram os de Juliano, o pequeno porto do Palácio de Bucoleão, ambos na margem sul da península, no Mar de Mármara, e os portos de Neorion e Prosphorion, no lado norte, na embocadura do Corno de Ouro, na extremidade do Bósforo.[nt 1]

Decrição[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2004, os trabalhadores do Marmaray, um túnel ferroviário em construção ligando as duas margens do Bósforo, descobriram os restos assoreados do porto no local previsto para a nova estação de Yenikapı. As escavações provaram que os vestígios são do Porto de Eleutério.[1] [nt 1] As escavações no local converteram-se numa das maiores investigações na Europa, pela dimensão e pelo número de naufrágios encontrados desde a descoberta inicial.[1] O porto comercial, em uso entre os séculos V e X era uma alternativa às instalações portuárias principais, situadas ao largo da entrada do Corno de Ouro.[2] Está prevista a construção de um museu perto da nova estação para acolher as obras descobertas.[1] [nt 2]

As escavações estão a contribuir muito para o alargamento do conhecimento da história de Istambul, que afinal é mais antiga do que se pensava, remontando a 6 500 a.C. Foram descobertos esqueletos com 8 000 anos em quatro sepulturas pré-históricas. À medida que os trabalhos de escavação avançam, têm sido desenterrados mais túmulos, os quais revelam que Istambul é o local de assentamentos muito antigos da Idade da Pedra.[3] [nt 2]

Além de esqueletos, durante as escavações foram descobertos restos de 36 navios de guerra dos séculos VI a X, incluindo quatro galés ligeiras do tipo galea.[4] Os barcos foram conservados na Universidade de Istambul e no Instituto de Investigação Submarina de Bodrum.[nt 2]

Foram também encontrados restos daquilo que são consideradas as muralhas mais antigas de Istambul. Cerca de 500 peças[3] descobertas durante as escavações foram exibidas no Museu Arqueológico de Istambul.[nt 2]

Notas

  1. a b c Artigo «Harbour of Eleutherios» na Wikipédia em inglês (acessado nesta versão).
  2. a b c d Artigo «Estación y sitio arqueológico de Yenikapı» na Wikipédia em espanhol (acessado nesta versão).

Referências

  1. a b c Covington, Richard (janeiro 2009). Uncovering Yenikapi (em inglês). www.saudiaramcoworld.com. Saudi Aramco World. Página visitada em 2010-07-27. Cópia arquivada em 2010-07-27.
  2. Hammond, Norman (2007-12-31). Nautical archaeology takes a leap forward (em inglês). www.timesonline.co.uk. The Sunday Times. Página visitada em 2010-07-27. Cópia arquivada em 2010-07-27.
  3. a b A never-ending story of Istanbul's 8,500-year history (em inglês). arama.hurriyet.com.tr. Hürriyet Turkish Daily News (2009-02-10). Página visitada em 2010-07-27. Cópia arquivada em 2010-07-27.
  4. Delgado 2011, p. 188–191

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Delgado, James P (2011), "Ships on Land", in Catsambis, Alexis; Ford, Ben; Hamilton, Donny L., The Oxford Handbook of Maritime Archaeology, Oxford University Press, pp. 182–191, ISBN 978-0-19-537517-6 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Porto de Eleutério