Natural Born Killers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Natural Born Killers
Assassinos Por Natureza (PT)
Assassinos Natos (BR)
 Estados Unidos
1994 • cor • 119 min 
Direção Oliver Stone
Roteiro Quentin Tarantino
Oliver Stone
Dave Veloz
Richard Rutowski
Elenco Woody Harrelson
Juliette Lewis
Robert Downey, Jr.
Tom Sizemore
Tommy Lee Jones
Gênero crime
Idioma inglês (em inglês)
Página no IMDb (em inglês)

Natural Born Killers (Assassinos Por Natureza (título no Brasil) ou Assassinos Natos (título em Portugal)) é um filme policial satírico de 1994 dirigido por Oliver Stone, com roteiro de Quentin Tarantino e estrelando Woody Harrelson e Juliette Lewis. Possui aparições de Rodney Dangerfield, Robert Downey Jr., Tom Sizemore, e Tommy Lee Jones. Um filme de extrema violência, dirigido pelo sempre polêmico Oliver Stone, "Assassinos por Natureza", retrata a violência que existe na sociedade contemporânea, do século XX, que se estende até hoje, já em pleno século XXI.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Mickey Knox (Woody Harrelson) e Mallory Knox (Juliette Lewis) se uniram pelo desejo que um sente pelo outro e por amarem a violência. Eles mataram algumas dezenas de pessoas em 3 semanas, mas sempre deixam alguém vivo para contar quem fez os crimes. Mickey e Mallory viram atração através da imprensa sensacionalista e o repórter Wayne Gale (Robert Downey Jr.), o principal responsável, os coloca no programa de televisão American Maniacs. Mesmo a captura deles pela polícia só aumenta a popularidade enorme dos criminosos, o que motiva Gale em transformar tudo num grande circo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Woody Harrelson - Mickey Knox
  • Juliette Lewis - Mallory Knox
  • Tom Sizemore - Detetive Jack Scagnetti
  • Rodney Dangerfield - Pai de Mallory
  • Edie McClurg - Mãe de Mallory
  • Everett Quinton - Deputado Warden Wurlitzen
  • Tommy Lee Jones - Warden Dwight McClusky
  • Robert Downey Jr. - Wayne Gale
  • Lanny Flaherty - Earl
  • O-Lan Jones - Mabel
  • Richard Lineback - Sonny
  • Kirk Baltz - Roger
  • Maria Pitillo - Deborah
  • Melinda Renna - Antonia Chavez
  • Dale Dye - Dale Wrigley
  • Lorraine Farris - Pinky
  • Steven Wright - Dr. Emil Reingold
  • Joe Grifasi - Xerife Duncan Homolka
  • Robert Swan - Deputado Napalatoni
  • Russell Means - Índio velho
  • Jared Harris - Garoto de Londres
  • Mark Harmon
  • Rachel Ticotin
  • Denis Leary
  • Pruitt Taylor Vince

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

  1. "Waiting For The Miracle" - Leonard Cohen
  2. "Shitlist" - L7
  3. "Moon Over Greene County" - Dan Zanes
  4. "Rock N Roll Nigger" - Patti Smith
  5. "Sweet Jane" - Cowboy Junkies
  6. "You Belong To Me" - Bob Dylan
  7. "The Trembler" - Duane Eddy
  8. "Burn" - Nine Inch Nails
  9. "Route 666" - Brian Berdan
  10. "Totally Hot" - Remmy Ongala And Orchestre Super Matimila
  11. "Back In My Baby's Arms" - Patsy Cline
  12. "Taboo" - Peter Gabriel And Nusrat Fateh Ali Khan
  13. "Sex Is Violent" - Jane's Addiction/Diamanda Galas
  14. "History Repeats Itself" - A.O.S.
  15. "Something I Can Never Have" - Nine Inch Nails
  16. "I Will Take You Home" - Russel Means
  17. "Drums A Go-Go" - Hollywood Persuaders
  18. "Hungry Ants" - Barry Adamson
  19. "The Day The Niggaz Took Over" - Dr. Dre
  20. "Born Bad" - Juliette Lewis
  21. "Fall Of The Rebel Angels" - Sergio Cervetti
  22. "Forkboy" - Lard
  23. "Batonga In Batongaville" - Budapest Philharmonic Orchestra
  24. "A Warm Place" - Nine Inch Nails
  25. "Allah, Mohammed, Char, Yaar" - Nusrat Fateh Ali Khan And Party
  26. "The Future" - Leonard Cohen
  27. "What Would U Do?" - The Dogg Pound

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Inicialmente seria Rand Vossler o diretor de Assassinos por Natureza. Vossler não deixou o projeto após o interesse de Oliver Stone em dirigi-lo, tornando-se um dos co-produtores. A história da troca de diretores foi narrada no livro "Killer Instinct", escrito pela produtora Jane Hamsher.
  • Assassinos por Natureza foi baseado no 1º roteiro de longa-metragem escrito por Quentin Tarantino. O roteiro foi reescrito durante as filmagens, sendo que tantas pessoas declararam que o roteiro original era melhor que o filme que o próprio Tarantino decidiu lançar seu roteiro em livro.
  • Michael Madsen esteve cotado para interpretar Mickey Knox mas foi descartado por executivos da Warner Bros, que queriam um nome mais famoso devido ao orçamento do filme.
  • Brad Pitt foi convidado a interpretar Mickey Knox, mas recusou o papel.
  • Robert Downey Jr. passou algum tempo com o repórter australiano Steve Dunleavy, como forma de se preparar para seu personagem em Assassinos por Natureza. Quando retornou para as filmagens Downey tinha adquirido sotaque australiano, que foi mantido para o personagem.
  • Oliver Stone convidou o ator Rodney Dangerfield antes de ter a participação de seu personagem escrita no roteiro. Stone disse ao ator que, caso ele aceitasse o papel, poderia escrever os diálogos do personagem. Dangerfield aceitou o convite e realmente escreveu os diálogos que fala em cena, mesmo não sendo creditado como um dos roteiristas.
  • Durante as filmagens a atriz Juliette Lewis realmente quebrou o nariz de Tom Sizemore, ao rodar uma cena em que sua personagem batia a cabeça do personagem de Sizemore junto ao muro.
  • A entrevista de Mickey na prisão foi inspirada na verídica entrevista concedida por Charles Manson na prisão, ao repórter Geraldo Rivera.
  • A coloração azul dos cabelos da mãe de Mallory é uma referência a Laranja Mecânica (1971), onde a mãe do protagonista Alex também tinha cabelos desta cor.
  • O casal Mickey e Mallory mata aproximadamente 50 pessoas ao longo de Assassinos por Natureza.
  • As filmagens duraram 56 dias.
  • O irmão de Mallory Knox é interpretado pelo filho de Oliver Stone
  • Adrien Brody faz uma ponta no filme
  • Cerca de 150 cenas foram cortadas ou refeitas, com o objetivo de conseguir uma censura mais branda para o lançamento do filme nos Estados Unidos. A edição levou 11 meses até ser concluída.
  • Em 1994 o filme foi proibido de ser lançado nos cinemas da Irlanda. Anos mais tarde foi obtida uma liminar judicial que autorizava a exibição do filme, que ocorreu sem praticamente nenhuma publicidade.
  • O senador republicano Bob Dole denunciou publicamente o filme por promover a violência. Posteriormente o próprio senador admitiu jamais ter assistido ao filme.
  • Os produtores de Assassinos por Natureza foram processados nos Estados Unidos pelo fato de um casal ter visto o filme antes de cometer um crime. O casal tinha usado LSD quando assistiu o filme, com uma das vítimas alegando que o filme os havia inspirado a cometer o crime.
  • O orçamento de Assassinos por Natureza foi de US$ 50 milhões.[2]
  • Há um episódio da série animada Os Simpsons chamado "Natural Born Kissers", em referência ao filme.
  • Há uma música da banda Avenged Sevenfold chamada "Natural Born Killer", em referência ao filme, que é um dos preferidos do vocalista M. Shadows.

Referências

  1. "25 Most Controversial Movies Ever", Entertainment Weekly, August 27, 2008. Página visitada em 2008-08-27.
  2. Curiosidades sobre o filme

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Natural Born Killers