Inglourious Basterds

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Inglourious Basterds
Sacanas Sem Lei (PT)
Bastardos Inglórios (BR)
Pôster de divulgação.
 Estados Unidos
 Alemanha

2009 • cor • 153 min 
Direção Quentin Tarantino
Produção Lawrence Bender
Roteiro Quentin Tarantino
Narração Samuel L. Jackson
Elenco Brad Pitt
Christoph Waltz
Michael Fassbender
Eli Roth
Diane Kruger
Daniel Brühl
Til Schweiger
Mélanie Laurent
Género Ação
Guerra
Drama
Idioma inglês
alemão
francês
italiano
Cinematografia Robert Richardson
Edição Sally Menke
Estúdio A Band Apart
Studio Babelsberg
Distribuição The Weinstein Company
Universal Pictures
Lançamento França 20 de maio de 2009
Alemanha 20 de agosto de 2009
Estados Unidos 21 de agosto de 2009
Portugal 27 de agosto de 2009
Brasil 9 de outubro de 2009
Orçamento US$ 70.000.000[1]
Receita US$ 320.351.773[2]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Inglourious Basterds (no Brasil, Bastardos Inglórios; em Portugal, Sacanas Sem Lei) é um filme estadunidense de 2009, dirigido por Quentin Tarantino e estrelado por Brad Pitt, Christoph Waltz, Mélanie Laurent e Diane Kruger. O filme conta a história de dois planos para assassinar os líderes políticos da Alemanha nazista, um planejado por uma jovem francesa judia proprietária de cinema (Laurent), e o outro por um grupo de soldados judeus aliados liderados pelo tenente Aldo Raine (Pitt).[3]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Em 1941, o Coronel da SS Hans Landa chega a uma fazenda de leite na França ocupada pelos nazis com o intuito de interrogar Perrier LaPadite sobre rumores de que ele estaria a esconder uma família judaica chamada Dreyfus. Landa faz com que fazendeiro confesse que ele os esconde debaixo da casa. Landa ordena que os soldados da SS entrem na residência e disparem sobre o soalho do chão. A família é toda morta, com exceção da adolescente Shosanna, que Landa deixa escapar.

Na primavera de 1944, o Primeiro-tenente Aldo Raine é incumbido da tarefa de selecionar uma equipa de oito soldados judeu-americanos para uma missão atrás das linhas inimigas, que consiste em aterrorizar os soldados alemães. Ele informa os seus soldados de que cada um lhe deve 100 escalpos de nazis. Eles não fazem prisioneiros e acabam por ser conhecidos como os "Bastardos". O único sobrevivente de um dos ataques dos Bastardos, um soldado de nome Butz, é chamado para um encontro com Adolf Hitler. Butz conta ao Führer que ele e a sua companhia foram atacados, e que o seu sargento foi espancado até a morte com um taco de baseball pelo Sargento Donny Donowitz, conhecido pelos alemães como "O Urso Judeu". Butz revela-lhe que Raine cravou uma suástica na sua testa com uma faca.

Em junho de 1944, Shosanna assumiu a identidade de "Emmanuelle Mimieux" e gere um cinema em Paris. Ela encontra Fredrick Zoller, um fuzileiro de elite alemão cuja história será relatada no filme de propaganda nazi chamado de Stolz der Nation (O Orgulho da Nação). Zoller fica atraido por Shosanna e convence Joseph Goebbels a efetuar a estreia do filme no cinema de Shosanna. Ela percebe que a presença da vários oficiais da alta patente nazi lhe irá proporcionar uma oportunidade perfeita para a sua vingança e decide que irá incendiar o cinema durante a estréia, matando todos os grandes mestres do regime nazi aí presentes. Para isso ela resolve usar a sua coleção de filmes de nitrato, extremamente inflamáveis. Os britânicos descobrem tudo sobre a estreia e selecionam o tenente Archie Hicox para se infiltrar no evento com a ajuda dos Bastardos e uma atriz alemã que trabalha como agente dupla, Bridget von Hammersmark. Hicox e dois alemães membros dos Bastardos encontram Hammersmark numa taberna onde o major Dieter Hellstrom, da Gestapo, percebe o estranho sotaque de Hicox. Hicox consegue convencer o major de que o seu sotaque é, na verdade, influência do dialeto da sua terra natal nas montanhas mas acaba por se denunciar, mais tarde, ao pedir três copos de forma errada. A situação gera um tiroteio, deixando todos mortos, com a exceção de Hammersmark. Raine interroga-a e, quando descobre que Hitler vai comparecer na estreia, desenvolve um plano em que ele, Donny e Omar se vão apresentar como acompanhantes italianos dela na estréia. Landa mais tarde inspeciona a taberna e identifica o guardanapo autografado de Hammersmark e o seu sapato.

Na estreia, Landa solicita que Hammersmark vá com ele, a sós, para uma sala onde ele faz que ela experimente o sapato. Convencido, para sua satisfação, de que ela está com os Bastardos, ele estrangula-a até a morte. Ele então manda que Raine e Utivich sejam presos. Landa faz um acordo com o oficial-comandante de Raine para receber uma pensão militar e cidadania americana, em troca de deixar Donny e Omar, ainda no cinema, matarem todos os oficiais nazis. Durante o filme, Zoller vai à sala de projeção para ver Shosanna e confrontá-la sobre as várias rejeições que ele sofreu desde o início. Quando ele está de costas, ela alveja-o múltiplas vezes, porém ele consegue disparar sobre ela antes de morrer. O filme é interrompido por um close-up de Shosanna informando o público de que eles serão mortos por uma judia. Ao mesmo tempo, o empregado e amante franco-africano de Shosanna, Marcel, que havia trancado todas as saídas da sala, incendeia os filmes de nitrato atrás da tela. Omar e Donny conseguem atacar e matar Hitler e Goebbels e, então, disparam sobre o público em pânico até que as suas bombas explodem, matando todos.

Landa e o seu operador de rádio levam Raine e Utivich até as linhas americanas, e segundo o acordo, rendem-se-lhes. Para a surpresa de Landa, Raine mata o seu operador de rádio e manda Utivich cortar o seu escalpo. Raine então crava um suástica na testa de Landa dizendo, "Acho que essa pode ser minha obra-prima".

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Papel
Brad Pitt Tenente Aldo Raine
Mélanie Laurent Shosanna Dreyfus/

Emmanuelle Mimieux

Christoph Waltz Coronel Hans Landa
Michael Fassbender Tenente Archie Hicox
Eli Roth Sargento Donny Donowitz
Diane Kruger Bridget von Hammersmark
Daniel Brühl Fredrik Zoller
Til Schweiger Sargento Hugo Stiglitz
Jacky Ido Marcel
Gedeon Burkhard Cabo Wilhelm Wicki
B.J. Novak Soldado Smithson Utivich
Martin Wuttke Adolf Hitler
Sylvester Groth Joseph Goebbels
Mike Myers General Ed Fenech
Julie Dreyfus Francesca Mondino
Rod Taylor Sir Winston Churchill
Omar Doom Soldado Omar Ulmer
August Diehl Major Hellstrom
Denis Menochet Perrier LaPadite

Produção[editar | editar código-fonte]

O desenvolvimento de Inglourious Basterds começou em 1998, quando Tarantino escreveu o roteiro para o filme. Tarantino "empacou" no fim do enredo e decidiu adiar as filmagens, preferindo dirigir o filme de duas partes Kill Bill. Após dirigir Death Proof em 2007 (como parte da sessão dupla Grindhouse), Tarantino voltou a trabalhar em Inglourious Basterds. As filmagens começaram em outubro de 2008, na Alemanha, com um orçamento inicial de 70 milhões de dólares. Inglourious Basterds estreou em 20 de maio de 2009, no 62º Festival de Cannes, onde competiu pela prestigiosa Palma de Ouro. Foi lançado nos Estados Unidos e na Europa em agosto de 2009 pela The Weinstein Company e Universal Studios.

Pré-produção e filmagem[editar | editar código-fonte]

Tarantino juntou-se com a The Weinstein Company para preparar a produção do que ele planejou ser sua obra-prima épica.[4] Em julho de 2008, Tarantino e os produtores executivos Harvey e Bob Weinstein criaram um cronograma de produção acelerado para ser concluído a tempo para o lançamento no Festival de Cannes de 2009, onde o filme iria concorrer ao Palma de Ouro.[5] [6] A The Weinstein Company co-financiou o filme e o distribuiu nos Estados Unidos, assinou ainda um contrato com a Universal Pictures para financiar o restante do filme e distribuí-lo internacionalmente.[7] [8] Alemanha e França foram escolhidas como locais de filmagem e a gravação do filme começou em outubro de 2008 em locações na Alemanha.[9] [10] [11]

Recepção[editar | editar código-fonte]

O filme foi um sucesso de bilheteria, arrecadando 320.351.773 de dólares em cinemas do mundo todo, tornando-o o segundo filme de maior bilheteria de Tarantino até hoje. O filme recebeu vários prêmios e indicações, incluindo oito indicações ao Oscar. Pela sua atuação como Hans Landa, Christoph Waltz ganhou o Prêmio de Melhor Ator no Festival de Cannes, bem como o BAFTA, o Globo de Ouro e o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.[12]

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Assim como outros filmes de Quentin Tarantino, o longa é dividido em 5 capítulos.

Ordem do Filme
Capítulo 1: Era uma vez na França ocupada por nazistas
Capítulo 2: Bastardos Inglórios
Capítulo 3: Noite alemã em Paris
Capítulo 4: Operação Kino
Capítulo 5: A vingança do rosto gigante

Premiações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Ator
Oscar Melhor ator coadjuvante Christoph Waltz
Globo de Ouro Melhor ator coadjuvante Christoph Waltz
SAG Awars Melhor ator coadjuvante / melhor elenco Christoph Waltz e elenco
BAFTA Melhor ator coadjuvante Christoph Waltz

Referências

  1. Weinstein Co. Up Against the Wall (em inglês) Variety. Visitado em 30-06-2011.
  2. Inglourious Basterds (em inglês). Visitado em 30-06-2011.
  3. Bastardos Inglórios (em português) Veja São Paulo. Visitado em 02-07-2011.
  4. Maher, Kevin (19 de abril de 2007). Has Tarantino been flushed away? (em inglês) The Sunday Times. Visitado em 1 de agosto de 2010.
  5. Tarantino Prepping "Bastards" for an October Start (em inglês) Mymovies.net (9 de julho de 2008). Visitado em 1 de agosto de 2010.
  6. Tarantino up for top Cannes prize (em inglês) BBC News (23 de abril de 2009). Visitado em 1 de agosto de 2010.
  7. Cieply, Michael (7 de junho de 2009). Weinstein Company Takes Step to Ease Debt (em inglês) The New York Times. Visitado em 1 de agosto de 2010.
  8. Kit, Borys (29 de julho de 2008). Universal, Weinstein Co. negotiating 'Bastards' (em inglês) The Hollywood Reporter. Visitado em 1 de agosto de 2010.
  9. Fotos e vídeo das filmagens de "Inglourious Basterds" em Paris (em francês) kdbuzz.com (18 de dezembro de 2008). Visitado em 13 de agosto de 2010. Cópia arquivada em 1 de fevereiro de 2010.
  10. Fleming, Michael (29 de julho de 2008). Universal eyes Tarantino's 'Bastards' (em inglês) Variety. Visitado em 13 de agosto de 2010. Cópia arquivada em 1 de fevereiro de 2010.
  11. Quentin Tarantino's "Inglourious Basterds" Began Principal Photography (em inglês) WorstPreviews.com (15 de outubro de 2008). Visitado em 13 de agosto de 2010. Cópia arquivada em 1 de fevereiro de 2010.
  12. Ator de Quentin Tarantino ganha prêmio de melhor interpretação

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Inglourious Basterds