Mark Wahlberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mark Wahlberg
Wahlberg em Sydney (2012)
Nome completo Mark Robert Michael Wahlberg
Outros nomes Marky Mark
Nascimento 5 de junho de 1971 (42 anos)
Boston, Massachusetts
 Estados Unidos
Ocupação Ator, produtor e cantor
Cônjuge Rhea Durham (2009-presente)
Atividade 1991 - presente
Prémios Screen Actors Guild
Melhor Elenco no Cinema
2006 - The Departed
Página oficial
IMDb: (inglês) (português)

Mark Robert Michael Wahlberg (Boston, 5 de junho de 1971) é um ator, rapper e produtor de cinema e televisão estadunidense. Conhecido no início de sua carreira como Marky Mark, ficou famoso como músico de rap em sua estreia de 1991 com a banda Marky Mark and the Funky Bunch.

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Nascido na região de Dorchester de Boston, Massachusetts, Wahlberg é o mais novo de nove irmãos (entre eles Robert e Donnie Wahlberg), filhos de Alma Elaine (nascida McPeck), uma bancária e assistente de enfermagem, e Donald E. Wahlberg, um sindicalista que trabalhou como motorista de caminhão. Teve uma educação católica, e frequentou a Copley Square High School (sem chegar a se formar) na Newbury Street, em Copley Square, Boston, no atual campus da Escola Internacional Muriel Snowden.[1]

Quando adolescente Wahlberg se envolveu em diversos atos de violência e vandalismo. Aos quinze anos fazia parte de um grupo que arremessou pedras num grupo de estudantes afro-americanos que faziam uma excursão, ferindo diversos deles, ao mesmo tempo em que fazia ofensas raciais.[2] No ano seguinte, Wahlberg assaltou uma farmácia depois de ter feito uso de PCP; durante o crime, teria também usado de violência e ofensas raciais, deixando um homem vietnamita inconsciente e cegando outro permanentemente de um dos olhos antes de ser preso pela polícia.[3] Wahlberg foi julgado como um adulto e acusado de tentativa de homicídio; após admitir-se culpado pela acusação menor, de agressão, foi sentenciado a dois anos na cadeia na Casa de Correção Deer Island, de Boston, dos quais cumpriu 45 dias.[4] Em outro incidente, Wahlberg, então com 21 anos, fraturou a mandíbula de um vizinho num ataque gratuito.[5]

Carreira musical[editar | editar código-fonte]

Wahlberg conquistou alguma fama como irmão mais novo de Donnie Wahlberg, membro da boy band de sucesso nos anos 80 e 90, New Kids on the Block. Mark, Então com 13 anos, havia sido um dos membros originais do grupo, juntamente com Donnie, Danny Wood, Jordan Knight e Jonathan Knight. Após perder o interesse pelo bubblegum pop do grupo e por sua imagem de garotos bonzinhos, abandonou a banda, cedendo seu lugar a Joe McIntyre.

Wahlberg começou a gravar como Marky Mark and the Funky Bunch, e conseguiu um hit com "Good Vibrations", single do álbum Music for the People. O disco foi produzido pelo seu irmão, Donnie, e chegou à primeira posição na parada de sucessos da revista Billboard, a Billboard Hot 100, e recebeu posteriormente o single de platina. O segundo single, "Wildside", chegou à quinta posição na parada Hot Singles Sale, da Billboard, e à décima na The Billboard Hot 100,[6] e recebeu o single de ouro. Marky Mark abriu os show do New Kids on the Block durante sua última turnê. O segundo LP de Marky Mark, You Gotta Believe, não teve tanto sucesso quanto o anterior, conseguindo apenas um sucesso com a faixa-título. Wahlberg colaborou posteriormente com o cantor de reggae / ragga Prince Ital Joe, que gerou os singles "Happy People", "United", "Life in the Streets" e "Babylon".

Envolveu-se rapidamente em mais controvérsias ao parecer apoiar os comentários homofóbicos feitos pelo rapper Shabba Ranks quando ambos apareceram como convidados no talk show britânico The Word. A personalidade arrogante e "das ruas" de Mark contribuiu para sua fama; durante suas apresentações tornou-se notório por ficar apenas em suas cuecas, exibindo-se em meio à insinuações sexuais. Em seu livro de 1992, Marky Mark, escrito em co-autoria com a fotógrafa Lynn Goldsmith, Wahlberg escreveu no prefácio: "Gostaria de dedicar este livro ao meu pau".

Carreira na publicidade[editar | editar código-fonte]

Wahlberg é conhecido por sua impressionante forma física, exibida pela primeira vez no videoclipe de "Good Vibrations", e numa série de anúncios publicitários de cueca feitos para a Calvin Klein[7] fotografados por Herb Ritts, aos quais se seguiram propagandas na televisão. Em 1992 o outdoor da Calvin Klein na Times Square, em Nova York, mostrava exclusivamente Wahlberg, enquanto aparecia em matérias de revistas e televisão da época, sozinho ou acompanhado pela modelo Kate Moss. Annie Leibovitz fotografou-o, também em roupas de baixo, para a edição anual de 'Hall da Fama' da revista Vanity Fair.[8] Lançou também um vídeo de ginástica intitulado The Marky Mark Workout: Form… Focus… Fitness.[9]

Carreira cinematográfica[editar | editar código-fonte]

Wahlberg na estreia do filme Shooter, em Londres (março de 2007).

Wahlberg começou uma carreira como ator, estreando no filme para a televisão de 1993 The Substitute. Sua estreia no cinema veio no ano seguinte, com o filme Renaissance Man, com Danny DeVito. Fanático por basquete, Wahlberg chamou a atenção dos críticos após aparecer no filme The Basketball Diaries, em 1995, no papel de Mickey, ao lado de Leonardo DiCaprio, numa adaptação cinematográfica do livro homônimo de Jim Carroll. Wahlberg também estrelou o suspense de 1996 de James Foley, Fear.

Conquistou muitas críticas positivas depois de filmes de sucesso como Boogie Nights (como Dirk Diggler), Three Kings, The Perfect Storm, The Italian Job e Four Brothers. Sua performance em I ♥ Huckabees foi eleita a melhor performance de um ator coadjuvante no ano de 2004 na sondagem com críticos feita pela revista Village Voice. Wahlberg foi escalado originalmente para o papel de Linus Caldwell em Ocean's Eleven; Matt Damon, no entanto, acabou ficando com o papel. Ambos participariam, dois anos mais tarde, do mesmo filme, em The Departed.[10] Wahlberg também foi considerado para um papel no filme Brokeback Mountain, que protagonizaria juntamente com Heath Ledger, porém Wahlberg alegou sentir-se desconfortável com as cenas de sexo do filme e seu papel acabou indo para Jake Gyllenhaal.[11]

Wahlberg estrelou o drama sobre futebol americano Invincible, baseado na história real do barman que entrou para o Philadelphia Eagles, Vince Papale, e apareceu como o detetive boquirroto da Polícia Estadual de Massachusetts em The Departed, suspense de Martin Scorsese aclamado pela crítica, papel que lhe rendeu o Prêmio da National Society of Film Critics por melhor ator coadjuvante e indicações ao Golden Globe Award de melhor ator coadjuvante e ao Oscar de melhor ator coadjuvante.[12] Atualmente é produtor executivo da série Entourage, do canal a cabo HBO, que é baseada vagamente nas suas experiências em Hollywood.

Wahlberg confirmou em 2007 que foi procurado para estrelar uma sequência de The Departed, que ainda estaria em desenvolvimento. O filme giraria em torno do seu personagem, o sargento Dignam, porém o projeto até hoje não saiu do papel por problemas envolvendo sua produção.[13]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Wahlberg é um católico praticante.[14] Teve envolvimentos amorosos com as atrizes Jordana Brewster e China Chow, sua co-protagonista no filme The Big Hit (br: Tiro e Queda / pt: Equipa Mortal), porém desde 2001 está com a modelo Rhea Durham , com quem tem quatro filhos. Ambos casaram-se em 1 de agosto de 2009 numa cerimônia privada na igreja católica Good Shepherd em Beverly Hills, Califórnia[15] , que contou com a presença dos filhos do casal (Ella Rae, Michael e Brendan Joseph) e de apenas doze amigos próximos[16] . Em 13 de janeiro de 2010 nasceu sua quarta filha, batizada de Grace Margaret.[17]

Envolvido ativamente em caridade, Wahlberg fundou a Mark Wahlberg Youth Foundation ("Fundação Mark Wahlberg para a Juventude") em maio de 2001, com o propósito de levantar e distribuir fundos para serviços de auxílio a jovens carentes.[18]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Marky Mark
Informação geral
Também conhecido(a) como Monk D
Gênero(s) Hip hop
Ocupação(ões) Rapper
Período em atividade 1991 — 1997
Gravadora(s) Interscope/Atlantic
Afiliação(ões) The Funky Bunch
Prince Ital Joe
Donnie Wahlberg
New Kids on the Block

With the Funky Bunch[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Posições nas paradas
US US Hip-Hop Heatseekers
1991 Music for the People 21 - 1
1992 You Gotta Believe 67 66 -
"—" indica que o álbum não conseguiu atingir as paradas ou não foi lançado

Com Prince Ital Joe[editar | editar código-fonte]

Year Album
1994 Life in the Streets
1995 The Remix Album

Filmografia[editar | editar código-fonte]

como ator[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Papel Notas
1993 The Substitute Ryan Westerberg Papel na TV como "Marky Mark"
1994 Renaissance Man Private Tommy Lee Haywood
1995 The Basketball Diaries Mickey
1996 Fear David McCall
1997 Traveller Pat O'Hara
Boogie Nights Eddie Adams/Dirk Diggler Indicado — Screen Actors Guild Award por melhor elenco
1998 The Big Hit Melvin Smiley
1999 The Corruptor Detetive Danny Wallace
Three Kings Troy Barlow
2000 The Yards Leo Handler
The Perfect Storm Robert "Bobby" Shatford
2001 Planet of the Apes Capitão Leo Davidson
Rock Star Chris "Izzy" Cole
2002 The Truth About Charlie Joshua Peters
2003 The Italian Job Charlie Croker
2004 I Heart Huckabees Tommy Corn
2005 Four Brothers Robert "Bobby" Mercer
2006 Invincible Vincent "Vince" Francis Papale
The Departed Sargento Sean Dignam National Board of Review Award de melhor elenco
National Society of Film Critics Award de melhor ator coadjuvante
Indicado — Oscar de melhor ator coadjuvante
Indicado — Golden Globe Award de melhor ator coadjuvante
Indicado — Online Film Critics Society Award de melhor ator coadjuvante
Indicado —

Screen Actors Guild Award de melhor elenco

2007 Shooter GySgt. Bob Lee Swagger
We Own the Night Capitão Joseph "Joe" Grusinsky
2008 The Happening Elliot Moore
Max Payne Max Payne
2009 The Lovely Bones Jack Salmon
2010 Date Night Holbrooke Grant
The Other Guys Terry Hoitz
2011 The Fighter "Irish" Micky Ward
Indicado — Golden Globe Award de Melhor Ator - Drama
2012 Ted John
2013 Pain and Gain Daniel Lugo
2 Guns Michael 'Stig' Stigman
Lone Survivor Marcus Luttrell Post-produção
2014 Transformers: Age of Extinction Cade

como produtor[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Cargo Obs.
2004 Juvies Produtor Documentário
2004—2008 Entourage Produtor-executivo 46 episódios
Prêmio BAFTA de 2007 para melhor programa internacional
Indicado — 2007, 2008 — Primetime Emmy Award de melhor série de comédia
2007 We Own the Night Produtor
2008 In Treatment Produtor-executivo 43 episódios
2010 Boardwalk Empire Produtor
Vencedor — 2011 — Golden Globe Award de Melhor Série Dramática

Referências

  1. Snowden International School. Boston.k12.ma.us. Arquivado do original em 2002-12-12. Página visitada em 2008-10-27.
  2. Commonwealth of Massachusetts v. Michael Guilfoyle, Derek Furkart, and Mark Wahlberg. Página visitada em 29-9-2007.
  3. Commonwealth v. Mark R. Wahlberg. Página visitada em 29-9-2007.
  4. ABC News: A Candid Chat With Mark Wahlberg. Abcnews.go.com. Página visitada em 27-10-2008.
  5. Crehan vs. Mark Wahlberg and Derek McCall. Página visitada em 29-9-2007.
  6. The Billboard Hot 100.
  7. WMarky Mark's Calvin Klein Ads. Arquivado do original em 4-9-2006. Página visitada em 12-11-2008.
  8. Annie Leibovitz / Jossip. Jossip.com. Página visitada em 27-10-2008.
  9. ISBN 1-55510-910-1.
  10. filmfodder.com: archive: ocean's 11. Filmfodder.com. Página visitada em 27-10-2008.
  11. 'Brokeback Mountain' Script 'Creeped Out' Mark Wahlberg - Starpulse Entertainment News Blog. Starpulse.com (28 de fevereiro de 2007). Página visitada em 27-10-2008.
  12. The Departed (2006) - Awards. Imdb.com. Página visitada em 27-10-2008.
  13. No Departed 2 Just Yet - Sequel buzz premature? - IGN.com, 5 de fevereiro de 2007..
  14. The religion of Mark Wahlberg, singer and film actor. Adherents.com. Página visitada em 27-10-2008.
  15. Mark Wahlberg Gets Married!. EGO Notícias (1 de agosto de 2009). Página visitada em 19-1-2011.
  16. Mark Wahlberg se casa com mãe de seus três filhos. People (1 de agosto de 2009). Página visitada em 2-8-2009.
  17. Mark Wahlberg dá boas-vindas ao seu quarto filho. uol (13 de janeiro de 2010). Página visitada em 19-1-2011.
  18. The Mark Wahlberg Youth Foundation. Markwahlbergyouthfoundation.com. Página visitada em 27-10-2008.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Mark Wahlberg
Commons
O Commons possui multimídias sobre Mark Wahlberg