Oceano da Cruz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Oceano
Informações pessoais
Nome completo Oceano Andrade da Cruz
Data de nasc. 29 de julho de 1962 (52 anos)
Local de nasc. São Vicente, Portugal Cabo Verde
Altura 1,77 m
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Meio-campo
Clubes de juventude
Almada Atlético Clube
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1978-1980
1980-1982
1982-1990
1990-1994
1994-1998
1998-1999
Portugal Almada
Portugal Nacional
Portugal Sporting
Espanha Real Sociedad
Portugal Sporting
França Toulouse FC
 ? (?)
 ? (?)
264 (20)
96 (17)
137 (28)
30 (6)
Seleção nacional
1985-1998 Flag of Portugal.svg Portugal
Flag of Portugal.svg Portugal Sub21
54 (8)
4 (0)
Times que treinou
2009-2010
2012
Portugal Portugal sub-21
Portugal Sporting CP (interino)

Oceano Andrade da Cruz (São Vicente, Cabo Verde, 29 de Julho de 1962) é um antigo jogador de futebol português, jogava na posição de meio-campo, sendo considerado um dos grandes centro-campistas portugueses nas décadas de 1980 e de 1990.

A sua família imigrou de Cabo Verde para Portugal quando ele era uma criança.

Teve um longo namoro com a actriz Marina Mota.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou no Almada Atlético Clube, antes de se mudar para o Nacional da Madeira, onde teve boas atuações e boa força física, sendo mais tarde contratado pelo Sporting.

Foi jogador do Sporting nas épocas de 1982/1983 a 1989/1990, e de 1994/1995 a 1997/1998, onde se mostrou ser um jogador concentrado e muito constante, apesar de nunca ter ganho um campeonato. ganhou a taça de Portugal na época de 1994/1995. Depois mudou-se para o campeonato espanhol, alinhando pela Real Sociedad de 1990/1991 a 1993/1994, sendo um dos melhores jogadores da Liga Espanhola.

Jogou 54 vezes pela Selecção Portuguesa de Futebol, marcando 8 golos, desde a sua estreia a 30 de Janeiro de 1985, num jogo frente á Roménia que saiu derrotado por 2-3, até á sua última partida em 22 de Abril de 1998, num jogo frente à Inglaterra, que saiu derrotado por 0-3. Contudo, a sua presença habitual na seleção foi só atingida na década de 1990, sendo um jogador fundamental no Campeonato Europeu de Futebol de 1996, onde Portugal chegou aos quartos-de-final, perdendo para a República Checa, 0-1. Esteve presente igualmente nas qualificações para o Campeonato do Mundo de 1998, o qual Portugal falhou.

Depois de deixar o Sporting, passou o final da época de 1998/1999 no Toulouse FC, onde terminou a sua carreira com 36 anos.

Oceano pertenceu aos quadros da Federação Portuguesa de Futebol, assumindo o cargo de seleccionador nacional de Sub-21 em 2009.[1]

A 5 de Outubro de 2012, o conselho de administração do Sporting Clube de Portugal anunciou que Oceano Cruz substituiria interinamente o treinador Ricardo Sá Pinto, despedido depois de uma sucessão de maus jogos, enquanto não fosse escolhido um novo treinador.[2] A 24 de Outubro de 2012, a escolha recaiu sobre Franky Vercauteren, dessa forma terminando o curto período de Oceano à frente do Sporting.[3]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]