Renault 8

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde Fevereiro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Em Junho de 1962 a Renault apresentou o Renault R8. Este foi um modelo baseado no Dauphine (modelo este que já derivava do 4CV). Isto significa que o R8 tinha o mesmo chassis que o Dauphine, com motor traseiro, um pequeno passo atrás se considerarmos que o R4 com motor dianteiro e corpo "hatchback" tinha sido lançado um ano antes. Mas mesmo assim este modelo tornou-se muito popular, tal como o Simca 1000, introdizido em 1961, que se tornaria o grande rival do R8.

Características[editar | editar código-fonte]

Renault 8 Gordini
Renault 8

Ao contrario do Dauphine, que tinha um corpo muito arredondado, o R8 tinha um desgin muito angular. O carro tinha, como a maior parte dos modelos franceses, quatro portas. Com este corpo o R8 tinha uma aparencia bastante moderna.

O R8 recebeu um motor novo, com 956 cm³ e 44 CV de potência. Este motor era fabricado em Cléon (Norte de França), e consequentemente estes motores são denominados de «Cléon». Era um motor moderno, com cinco rolamentos principais, cabeça de motor em liga metálica, camisas de piston lubrificadas, e um sistema de referigeração selado e pressurizado. Este sistema tinha tido a sua estreia num automóvel um ano antes, no R4. O R8 tinha discos de travão nas rodas da frente e de trás, uma novidade naqueles dias. Podia-se optar com uma caixa de 3 velocidades, de série, ou uma de 4 velocidades, opcional. A maior parte destas inovações técnicas, foram introduzidas uns meses antes no renovado modelo Floride - Caravelle.

Em 1964 o novo modelo foi apresentado, o R8 Major. Este carro tinha um motor maior, com 1108 cm³ e 50 CV, e caixa de 4 velocidades de série. Este modelo estava melhor equipado que o R8 normal: detalhes cromados no exterior, pneus de perfil branco, chão do carro revestido em tecido, bancos forrados em vinil com as as costas ajustáveis, descansos para os braços nos lugares da frente, cinzeiros atrás, tapetes em alcatifa e luz no espelho interior.

Outra novidade em 1964 foi o R8 Gordini. Este carro tinha o mesmo motor de 1108 cm³, mas com 90 CV. Este carro tinha a suspensão um pouco rebaixada. O R8G foi apenas fornecido em azul (a cor Francesa de corridas), com duas riscas brancas no cappot, tejadilho e traseira.

Em 1965 foi disponibilizada em caixa de velocidades eléctrica. Esta era a caixa de série de 3 velocidades, agora comandada electricamente através de botões no painel.

Em 1967 o R8G recebeu um motor de 1255 cm³, com 103 CV. O carro também recebeu dois faróis extra, bem como uma caixa de 5 velocidades.

Em 1968 uma nova versão do R8 foi apresentada, o R8S. Esta foi uma versão mais desportiva do R8, com um motor mais potente de 60 CV e 1108 cm³. Este modelo só estava disponivel em amarelo, e também tinha os dois faróis extra. O conta-rotações foi inserido e fornecido de série.

Renault R8 1130 1963

A produção do R8G acabou em 1970, em 1971 chegou o fim da produção do R8S. O ultimo R8 foi vendido em 1973. A produção continuou apenas na Espanha mas por poucos anos. Os ultimos R8 tinham para-chóques novos e luzes traseiras maiores, bem como tambores de disco nas rodas traseiras.

No total 1,3 milhões de R8 foram construidos. O Gordini 1108 chegou às 2.626 unidades, e o R8G 1255 às 8.981.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Renault 8

Amicale Renault 8 (em francês)