Renault Twingo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Renault Twingo
Renault Twingo front 20080402.jpg
Visão Global
Produção 1993 — presente
Fabricante Renault
Modelo
Classe veículo pequeno
Carroceria hatch 3 portas
Designer Patrick Le Quément
Ficha técnica
Motor 55cv
Transmissão Manual
Modelos relacionados
Citroën C1
Peugeot 107
Ford Ka
Volkswagen Fox
Kia Pîcanto
Volkswagen Up!
Cronologia
Último
Último
Renault
Próximo
Próximo

O Twingo é um modelo citadino da Renault. O Renault Twingo é um citadino de porte mini da Renault Surgido em 1993, este mini-automóvel veio revolucionar as cidades europeias. Inicialmente foi concebido para apenas possuir um tipo de carroçaria uma versão e um motor. A carroçaria é de 3 portas tipo monovolume (foi este modelo que impulsionou outras marcas a fazerem citadinos tipo monovolume). O nome Twingo é uma mistura de "Twist" e "Tango".

1993[editar | editar código-fonte]

Twingo primeira geração.

A versão inicial apenas possuía como opção o Ar Condicionado, o tecto de abrir panorâmico e estava disponível em várias cores claras e alegres. Os seus bancos traseiros rebatiam e deitavam, o que juntamente com os da frente, tornavam-no uma cama.

O seu motor era o fiável 1237 c.c. e 55cv. Contudo a boa receptividade do público e a necessidade de criar um Twingo à medida de cada um trouxeram vários pacotes de equipamento (Pack - Vidros eléctricos, fecho central de portas com telecomando, retrovisores eléctricos... por ex.). Foram também fabricadas várias séries limidadas com interiores e estofos relativos a cada série (Zoom, Spring, Kenzo, Alizé etc.) e normalmente equipados com o Pack, tendo algumas séries incluído airbag e ar condicionado (Kenzo).

Outra revolução do Twingo foi a versão Easy em que a caixa de quatro velocidades era manual, mas com embraiagem pilotada (dispensa o pedal de embraiagem), é uma boa opção para quem necessita de um carro só com 2 pedais mas não quer uma caixa automática.

1996[editar | editar código-fonte]

Em 1996 a motorização foi renovada pelo novo motor D7F com 1149c.c. de 60cv. Surgiram também novos interiores e passou a ter também 3ª luz de stop na tampa da mala. Com este novo motor o Twingo tornou-se mais económico e mais potente e reforçou os argumentos perante as novas ameaças do mercado (Ford Ka, Lancia Y). Porém, o Twingo conseguiu sempre manter-se na liderança associado a preços competitivos, conforto e qualidade de construção.

1998[editar | editar código-fonte]

Snow in 2001.jpg

No final de 1998 um reestyling trouxe-lhe novas ópticas, pára-choques e farolins. O interior também foi totalmente renovado: novos bancos e tabliê, passou a incluir duplo Airbag de série e Airbags laterais em opção. Foi adicionado à lista de opcionais a possibilidade do tecto de abrir panorâmico em vidro. Foi chamado de Twingo 2.

Surgiu a versão Initiale Paris, com o interior em tons de bege, bancos em pele, volante em pele, Rádio CD com comando satélite, Ar condicionado, Direcção assistida, pintura metalizada exclusiva, jantes especiais e faróis de nevoeiro.

2001[editar | editar código-fonte]

O ano de 2001 trouxe novidades ao pequeno Renault: O novo motor 1149 c.c. com cabeça 16v passava a contar com 2 motores com 60cv e 75cv. Os faróis também foram substítuidos por faróis de vidro liso, vieram novas cores e interiores que têm ajudado o Twingo a manter-se muito actual 13 anos depois.

2007[editar | editar código-fonte]

Recentemente as vendas têm vindo a decrescer, portanto a marca decidiu que seria o momento certo para lançar o novo Twingo, mas com um visual completamente renovado. A produção do anterior modelo foi terminada em 2006. Sendo esperado o novo modelo: Twingo II, em meados de 2007.

Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.