SRAM

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde setembro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.

Memória SRAM (Static Random Access Memory, que significa memória estática de acesso aleatório em Português) é um tipo de memória de acesso aleatório que mantém os dados armazenados desde que seja mantida sua alimentação, não precisando que as células que armazenam os bits sejam atualizadas (de tempos em tempos) usualmente chamada de refreshing, como é o caso das memórias DRAM.

Apesar de não precisar ser atualizada, ela ainda pode ter a característica de ser volátil ou seja, após um tempo sem energia a informação guardada por ela é perdida.Outra desvantagem é que são mais caras, complexas e são menos densas, ocupando mais espaço, quando comparadas às DRAM. Elas são menos densas pois utilizam mais componentes para garantir a sua estabilidade.

Mas as vantagens de terem um tempo de acesso menor e, consequentemente, serem bem mais rápidas, justifica seu uso em certos nichos, como em cache L1 e L2. Além disso, as memórias estáticas consomem mais energia e aquecem mais que as DRAM. Memórias estáticas usam circuitos no modelo flip-flop.

Tipos de SRAM[editar | editar código-fonte]

Não volátil[editar | editar código-fonte]

SRAM não volátil ou nvSRAM (non-volatile SRAMs) possuem a capacidade de armazenar informações mesmo quando a fonte de alimentação é interrompida, garantindo assim a preservação de informação.

nvSRAM são utilizadas em várias situações - redes, aeronáutica, medicina, entre outros - especialmente onde a preservação da informação seja indespensável e baterias sejam impráticas.

Ícone de esboço Este artigo sobre hardware é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.