Modem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Protocolos Internet (TCP/IP)
Camada Protocolo
5.Aplicação HTTP, SMTP, FTP, SSH, Telnet, SIP, RDP, IRC, SNMP, NNTP, POP3, IMAP, BitTorrent, DNS, Ping ...
4.Transporte TCP, UDP, RTP, SCTP, DCCP ...
3.Rede IP (IPv4, IPv6) , ARP, RARP, ICMP, IPsec ...
2.Enlace Ethernet, 802.11 WiFi, IEEE 802.1Q, 802.11g, HDLC, Token ring, FDDI, PPP,Switch ,Frame relay,
1.Física Modem, RDIS, RS-232, EIA-422, RS-449, Bluetooth, USB, ...
Um fax modem antigo (1994).

A palavra Modem vem da junção das palavras modulador e demodulador.[1] [2] É um dispositivo eletrônico que modula um sinal digital numa onda analógica, pronta a ser transmitida pela linha telefónica, e que demodulador o sinal analógico e reconverte-o para o formato digital original.[2] Utilizado para conexão à Internet, BBS, ou a outro computador.

O processo de conversão de sinais binários para analógicos é chamado de modulação/conversão digital-analógico. Quando o sinal é recebido, um outro modem reverte o processo (chamado demodulação). Ambos os modems devem estar a trabalhar de acordo com os mesmos padrões, que especificam, entre outras coisas, a velocidade de transmissão (bps, baud), nível e algoritmo de compressão de dados, protocolo, etc.

O prefixo Fax deve-se ao facto de que o dispositivo pode ser utilizado para receber e enviar fac-símile.

Os primeiro modems analógicos eram externos. Ligados através das interfaces paralelas, onde a velocidade de transmissão era de 300 bps (bits por segundo) e operavam em dois sinais diferentes, um tom alto que representava bit 1, enquanto o tom baixo representava o bit 0.[2]

Tipos de modems[editar | editar código-fonte]

Basicamente, existem modems para o acesso discado e banda larga.

Um modem ADSL T-DSL moderno.

Os modems para acesso discado geralmente são instalados internamente no computador (em slots PCI) ou ligados em uma porta serial, enquanto os modems para acesso em banda larga podem ser USB, Wi-Fi ou Ethernet. Os modems ADSL diferem dos modems para acesso discado porque não precisam converter o sinal de digital para analógico e de analógico para digital porque o sinal é sempre digital (ADSL - Asymmetric Digital Subscriber Line).[3] O exemplo mais familiar é uma banda de voz modem que transforma os dados digitais de um computador pessoal em modulados sinais elétricos na frequência de voz do alcance de um telefone canal. Estes sinais podem ser transmitidos através de linhas telefônicas e demodulado por outro modem no lado do receptor para recuperar os dados digitais. Os modems são geralmente classificados pela qualidade de dados que pode enviar em um determinado unidade de tempo, normalmente medido em bits por segundo (bit/s ou bps). Eles também podem ser classificados pela taxa de símbolos medido em bauds, o número de vezes que o modem muda o estado do sinal por segundo. Por exemplo, o ITU V.21 padrão utilizado-shift keying frequência de áudio, tons aka, para transportar 300 bits/s usando 300 baud, enquanto o padrão ITU V.22 original permitia 1.200 bit / s com 600 baud usando modulação de fase .

Referências

  1. MODulator/DEModulator - Modem (html) (em inglês). Compurhope.com. Página visitada em 6 de fevereiro de 2010.
  2. a b c Neto, Fernando Melis. "OS SEGREDOS DOS MODEMs", CURSO DINÂMICO DE HARDWARE, nº 09, p.33, 34.
  3. IEC: On-Line Education: WPF: Asymmetric Digital Subscriber Line (ADSL) (asp) (em inglês). IEC.org. Página visitada em 6 de fevereiro de 2010.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Modem
Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.