Extensible Messaging and Presence Protocol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Extensible Messaging and Presence Protocol (XMPP) (conhecido anteriormente como Jabber[1] ) é um protocolo aberto, extensível, baseado em XML, para sistemas de mensagens instantâneas, desenvolvido originalmente para mensagens instantâneas e informação de presença formalizado pelo IETF. Softwares com base XMPP são distribuídos em milhares de servidores através da internet, e usados por cerca de dez milhões de pessoas em todo mundo, de acordo com a XMPP Standards Foundation[2] .

Introdução[editar | editar código-fonte]

Jeremie Miller iniciou o projecto Jabber em 1998; a principal versão pública ocorreu em Maio de 2000. O produto principal do projecto é o jabberd, um servidor em que os clientes XMPP se ligam para comunicar. Este servidor pode criar uma rede privada XMPP (por detrás de um firewall, por exemplo) ou pode se juntar à rede XMPP global e pública. o XMPP surgiu como alternativa aos protocolos fechados de comunicação predominantemente utilizados em aplicações com ICQ, MSN Messenger, etc. Por ser um protocolo aberto, o desenvolvimento de aplicações que fazem uso do mesmo pode ser feito sem a necessidade de permissões especiais ou pagamento de royalties.

Um conceito chave do sistema XMPP são os transportes, também conhecido como gateways, que permite aos utilizadores acederem a redes usando outros protocolos - tais como o AIM, o ICQ (usando o OSCAR), MSN Messenger e Windows Messenger (usando o .NET Messenger Service), SMS ou E-mail. Ao contrário dos clientes de multiprotocolo, como o Trillian ou Pidgin, XMPP fornece este acesso no nível de servidor comunicando via serviços especiais de gateway em um computador remoto. Qualquer utilizador XMPP pode se registrar com uma destas gateways fornecendo a informação necessária para aceder a essa rede, e pode então comunicar-se com os utilizadores dessa rede como se fossem utilizadores de XMPP. Isto significa que qualquer cliente que suportar inteiramente o protocolo XMPP pode ser usado para aceder a qualquer rede em que exista uma gateway, sem necessitar de código extra no cliente.

Por ser um padrão aberto, o XMPP favorece a interoperabilidade. Usuários podem escolher a aplicação que mais lhe convém desde que ela compreenda o protocolo. Existem diversas aplicações que usam XMPP como Pidgin, Miranda, Kopete, Adium, etc.

Jabber, agora administrado pela XMPP Standards Foundation (conhecido anteriormente como Jabber Software Foundation), foram aceitas pela IETF como padrão sob o nome XMPP, com RFC número 3920. É frequentemente considerado como estando na competição com o SIMPLE, baseado no protocolo do SIP, como protocolo padrão da notificação de presença e de instant messaging; no entanto, o design do XMPP tem por finalidade fornecer uma plataforma de interface mais geral entre aplicações.

Em agosto de 2005, a empresa Google lançou o Google Talk, baseado em XMPP, o que ajudou a popularizar o protocolo, em função da grande quantidade de usuários deste produto. Mais tarde o protocolo continuou sendo usado nos outros serviços de comunicação da empresa, mais precisamente, os serviços de comunicação instantânea embutidos no Gmail e Orkut.

Clientes XMPP[editar | editar código-fonte]

XMPP apenas[editar | editar código-fonte]

Nome Plataforma Licença
Akeni Jabber Client Multi-plataforma Proprietária, gratuito para uso não-comercial
Coccinella Multi-plataforma GPL
Exodus Windows GPL
Gabber Linux/Unix, Gnome GPL
Google Talk Windows Proprietária, gratuito
Gossip Linux/Unix, Gnome GPL
Jabbear Web and desktop Messenger Windows, Web Proprietária
Jabber Instant Messenger Windows Proprietária
JabberFox Mac OS X BSD
Jabbin Linux/Windows GPL
JAJC Windows Proprietária
JBother Java GPL
Jeti Java GPL
Nitro Mac OS X GPL
Pandion Windows GPL
Psi Multi-plataforma GPL
Tkabber Multi-plataforma GPL
Gajim Multi-plataforma GPL

Multi-protocolo, com suporte XMPP[editar | editar código-fonte]

Nome Plataforma Licença
Adium Mac OS X GPL
Bitlbee via IRC Multi-plataforma Freeware
Centericq Multi-plataforma GPL
Empathy Linux/Unix, Gnome GPL
Fire Mac OS X GPL
Jitsi Multi-plataforma Windows, Mac OSX, Linux e outros) LGPL
Pidgin Multi-plataforma GPL
Gush ? Creative Commons
Kopete Linux/Unix GPL
Miranda IM Windows GPL
Trillian ? Proprietária
SIM Multi-plataforma GPL
Spark Multi-plataforma GPL

Servidor Multi-protocolo, com suporte XMPP[editar | editar código-fonte]

Nome Plataforma Licença
DJabberd Multi-plataforma GPL
ejabberd Multi-plataforma GPL
iChat Server Mac OS X GPL
jabberd14 Multi-plataforma GPL
jabberd2 Multi-plataforma GPL
Openfire Multi-plataforma Apache License
Prosody Multi-plataforma MIT
psyced Multi-plataforma GPL
Tigase Multi-plataforma GPL

Exemplo de comunicação cliente-servidor usando o protocolo XMPP[editar | editar código-fonte]

Um cliente (kuusipuu) se liga a um servidor XMPP (amessage.de porta 5222/tcp), envia uma mensagem (Assunto: "teste 1449" e Corpo: "teste 1449") a um outro cliente (tero) e se desliga.

kuusipuu:

<?xml version="1.0"?>
<stream:stream xmlns:stream="http://etherx.jabber.org/streams"
xmlns="jabber:client" to="amessage.de">

amessage.de:

<stream:stream xmlns='jabber:client'
xmlns:stream='http://etherx.jabber.org/streams' from='amessage.de'
id='1461777714'>

kuusipuu:

<iq type="set" id="auth_2" to="amessage.de" >
  <query xmlns="jabber:iq:auth">
    <username>kuusipuu</username>
    <password>mypassword</password>
    <resource>Work</resource>
   </query>
</iq>

amessage.de:

<iq from="amessage.de" id='auth_2' type='result'/>

kuusipuu:

<message to="tero@exemplo.com" >
  <subject>teste 1449</subject>
  <body>teste 1449</body>
</message>
<presence type="unavailable" >
  <status>Logged out</status>
</presence>
</stream:stream>

amessage.de:

</stream:stream>

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.